As Aventuras de Wonder Woman na Super Hero High - Lisa Yee

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Eu adoro histórias fofas, e essa ganhou um espacinho especial em minha estante porque a protagonista é uma das minhas super-heroínas favoritas. Enquanto aguardo ansiosamente o lançamento do filme da Mulher Maravilha, me deliciei com sua versão adolescente.



Wonder Woman é uma guerreira e princesa amazona. Criada na Ilha Paraíso, ela sempre sonhou em ser uma super-heroína – a melhor de todas as super-heroínas. As aventuras de Wonder Woman na Super Hero High é o primeiro livro da série DC Super Hero Girls, bem-sucedido projeto multiplataforma da DC Comics, com websérie no YouTube, jogos e aplicativos, além de uma linha de bonecas e fantasias. Escrita pela premiada Lisa Yee, a série apresenta os clássicos heróis da DC Comics – entre eles Wonder Woman, Batgirl, Green Lantern e Arlequina – para uma nova geração de leitores. Com foco nas jovens heroínas, a autora leva os personagens para uma escola especial onde eles aprendem a usar seus poderes e vivem grandes aventuras, enquanto passam por situações e dilemas típicos da adolescência. Uma nova roupagem para ícones da cultura pop que agrada tanto aos velhos fãs quanto aos mais novos.




Antes de saírem salvando o mundo, os super-heróis precisam frequentar a escola e aprender como se portar, quais trajes usar e passar por uma série de treinamentos necessários para moldar a personalidade. Apesar de adorar viver na Ilha Paraíso, Wonder Woman anseia por novas experiências e acredita que a Super Hero High tem o necessário para torna-la uma heroína melhor. Comandada por Amanda Waller, o colégio reúne diversos tipos de heróis e humanos com inteligência e talentos notáveis. O maior desafio de Wonder será aprender regras básicas de convivência com outros adolescentes.

Alunas da Super Hero High

O brilho de boas vindas da Amethyst atraiu Wonder Woman, e, quando ela viu a Super Hero High, soube em seu coração que ali era o seu lugar.
Pág.: 13

Não ligo para o fato de ser um pouco “velha” demais para essas coisas, além de ler o livro eu ainda vi o desenho, amei ambos, mas posso afirmar que o livro é um pouco melhor por ser mais rico em detalhes. A linguagem é infantilizada e de fácil compreensão, há a constante repetição de nomes e expressões, mas acredito que essa estratégia visa melhorar a compreensão do texto, já que a carga literária de uma criança é mais reduzida do que a de um adulto.

Os nomes dos personagens não receberam a tradução pela qual muitos os conhecem, achei isso um pouco falho, já que o público alvo não terá tanta facilidade para assimilar com os dos desenhos e quadrinhos, Cheetah (Mulher-Leopardo), Beast Boy (Mutano), Hawkgirl (Mulher-Gavião), são apenas alguns deles. Já imaginaram os vilões mais odiados da DC frequentando uma escola que visa formar heróis? É o que acontece, mas eles estão sempre aprontando pequenas maldades, e assim o leitor poderá conhecer a maior parte dos personagens da DC.

Conheçam a escola.

Nada mais foi o mesmo para Wonder Woman depois disso. Por outro lado, quando um dia é igual ao anterior? Amigos e inimigos – e os que ficavam entre um e outro – estavam claros. Pelo menos por ora.
Pág.: 245

A proposta da DC, em parceria com Lisa Yee, de criar essa história é maravilhosa, pois é destinada a um público mais jovem e traz enfoque nas personagens femininas. É notável que esse universo de super-heróis é mais voltado aos meninos, basta ver a quantidade de brinquedos, roupas e acessórios que visam atingi-los ao utilizar esse tema, por isso é bom ver que isso está mudando, pois nós também gostamos e queremos ser heroínas. Agora só falta a DC parar de criar uniformes sexistas, já fizeram isso nessa nova série, mas não queremos que essas futuras fãs fiquem confusas quando verem as outras versões das roupas das protagonistas, não é?

A capa é maravilhosa, todas as vezes que tirava o livro de dentro da bolsa alguém parava para admirá-lo. A diagramação é agradável aos olhos, as páginas contêm ilustrações que remetem ao estilo cartoon e são amareladas, a fonte é grande. Esse volume é focado na Mulher Maravilha, acredito que o próximo irá retratar a Supergirl. Leitura recomendada.