Trabalhando Em Uma Livraria

Hey pessoal, tudo bem?

Sei que muitos de vocês sonham em trabalhar nesse tempo maravilhoso chamado Livraria, e foi pensando nisso que decidi conduzir uma mini entrevista com Nicholas Calabria, um blogueiro que conseguiu o emprego dos sonhos *__*.




VdL: Como é trabalhar em uma livraria?
Nicholas: Tem aquele dia que você quer gritar pra todo mundo que você trabalhava em uma livraria e que ama demais os livros. Já tem outros em que você só queria ser um simples cliente, comprar um livro e ir para casa lê-lo debaixo das cobertas. Eu ultimamente tenho tido uma relação de amor e ódio com a livraria que eu trabalho. Mas no final tudo acaba bem. rs

VdL: Qual a melhor coisa sobre trabalhar em uma livraria?
Nicholas: Eita! Poderia enumerar várias coisas ótimas nessa resposta. Mas, acho que para mim, a melhor coisa é você indicar um livro pra pessoa, e essa pessoa voltar na livraria e te agradecer e bater um papo com você sobre o que ela achou da obra. MELHOR SENSAÇÃO! Se for um livro que eu sou super fã, dá vontade de pedir o whatsapp e chamar a pessoa pra tomar um café (já fiz isso, oi?).

VdL: Seu salário fica todo lá?
Nicholas: Já ficou mais. Ultimamente eu compro mais online por causa do preço.

VdL:  Você pode comprar livros antes do lançamento oficial?
Nicholas: Sim, se eles chegarem na livraria antes (o que as vezes nem acontece, só chega um dia antes do lançamento), aí sim.

VdL: Você já teve que consultar uma bola de cristal para descobrir qual o livro que o cliente estava procurando? Como foi? 
Nicholas: VÁRIAS VEZES! O cliente sempre acha que você já leu todos os livros que tem na livraria (o que é humanamente impossível). E ocorre de ele chegar dizendo que uma amiga viu o livro em um programa de TV, mas que ela não lembra o nome do autor, nem do livro e nem a sinopse. Só sabe que passou na TV, mas também não lembra o nome do programa. TIPO???? Juro que nesse dia eu joguei no Google de todas as formas possíveis e não consegui ajudar a pessoa. 

VdL: Indica muitos livros para os clientes? Qual indica mais?
Nicholas: Sempre! Gosto de indicar livros dos gêneros que mais leio, como YA contemporâneo, romances e chick-lits. Tenho indicado muito "Aristóteles e Dantes Descobrem o Segredo do Universo" e um que não se encaixa nos gêneros que citei acima, que é "Persépolis". 

VdL: Qual o estilo literário que mais vende?
Nicholas: Ultimamente são os Young Adults e livros de Youtubers.

VdL: Na sua livraria ocorrem eventos literários?
Nicholas: Não muitos, e quando ocorrem é porque eu lutei muito para que acontecesse. Percebo que as livrarias da minha cidade relutam muito quando o assunto é evento. 

VdL: Já ficou com vergonha quando alguém foi procurar um livro bem hot? Se sim, conte-nos um pouco sobre a experiência.
Nicholas: Nunca. Não sou de ler esse gênero literário, porém, sei de muitos livros e autoras por ler muitas resenhas. Então acabo indicando alguns sem vergonha alguma.

Espero que tenham gostado desse bate papo, afinal, o que seríamos sem nossos queridos livreiros?