Soppy - Philippa Rice

Hey pessoal, tudo bem?

Apesar do livro ser completamente diferente do que imaginei, Soppy conseguiu me cativar de um jeito simples e único. Contendo pouquíssima comunicação verbal, a obra conta com várias ilustrações do dia-a-dia das pessoas e passa a mensagem de que o amor está nos pequenos detalhes.   



Soppy os pequenos detalhes do amor, de Philippa Rice, é uma reunião de bem-humoradas tirinhas criadas a partir de momentos da vida real da designer britânica com seu namorado. Bastante popular na web, com mais de meio milhão de postagens no Tumblr, Soppy conquistou as redes sociais com declarações de amor escondidas nos detalhes do cotidiano de um relacionamento, como dividir uma xícara de chá, a leitura de um livro ou comentários irônicos à frente da TV numa tarde chuvosa. As charmosas ilustrações capturam com delicadeza a experiência universal de dividir uma vida a dois, e celebram a beleza de encontrar o amor em todo lugar. Soppy chega às prateleiras pelo Fábrica231, o selo de entretenimento da Rocco, a tempo de se tornar uma ótima opção de presente para o Dia dos Namorados.




O livro traz aquela ideia de simplicidade na vida a dois, em como as pequenas coisas podem se tornar muito marcantes quando divididas com a pessoa amada, como uma mensagem de boa noite um pouco antes de dormir; a primeira correspondência endereçada ao casal, mesmo que seja uma conta de gás; ler juntos; ou até mesmo curtir um momento à luz de velas quando acaba a energia elétrica. 


As ilustrações em si são lindas e bem feitas, sendo todas em preto, vermelho e branco. Philippa conseguiu me cativar das primeiras às últimas páginas, pois jamais pensei que um livro tão simples e quase sem textos conseguiria passar uma mensagem tão bonita.


A edição está muito bem elaborada, a capa traz a imagem do "casal sem nome" e o título possui verniz localizado. O papel cartão que compõe a capa é ilustrado no verso, o que dá um charme a mais ao livro. As ilustrações são feitas em cores vibrantes e não possuem uma sequência específica, ou seja, em algumas páginas temo uma única imagem que ocupa todo o espaço, ao passo que em outras temos um estilo parecido com os quadrinhos, narrando várias cenas contínuas. O livro saiu pelo selo Fábrica231, da Rocco, e a tradução foi feita por Gustavo Figueiredo. Leitura recomendada.