O Coração do Leão - Mia Sheridan

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Quando peguei a série Signos do Amor, acreditei que seria mais relacionada com horóscopo, porém a ligação com a astrologia é pouca e pode passar despercebida se não procurarmos saber um pouco a respeito do signo retratado. Apesar de possuir alguns pontos negativos e clichês, acredito que este seja um bom romance New Adult para levar dentro da bolsa.

Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre.
Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.
Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está.
Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?


Após sofrer maus tratos em casa, Evie foi enviada para o orfanato onde conheceu Leo, um rapaz que também tivera uma vida de sofrimentos e traumas. A amizade deles se tornou amor com o passar dos anos e, apesar de nunca terem se beijado, eles mantinham uma relação de carinho e ciúmes. Quando Leo foi adotado aos quinze anos ele prometeu que quando sua amada fosse maior de idade ele retornaria à casa de adoção para buscá-la, mas que até lá enviaria cartas para que os dois mantivessem contato. Dia após dia Evie esperou por notícias que nunca chegaram.

Aos vinte e dois anos Evie se tornou uma mulher independente que trabalha em dois empregos para manter o modesto apartamento em que vive, aos dezoito ela havia deixado o orfanato e passado por muitas dificuldades para construir uma vida sozinha. A única coisa capaz de abalá-la era nunca ter tido notícias de seu amor de infância, mas quando um homem chamado Jake Madson surge em sua vida alegando ter sido enviado por Leo, ela percebe que seu destino está prestes a passar por uma reviravolta.

 O mundo todo é um circo. Às vezes você escolhe seu número e às vezes ele lhe é determinado.

Leo me olha intensamente agora, como se pudesse ler a minha mente. E é claro que pode. Talvez eu seja um livro aberto, ou talvez o amor seja como uma lupa com a qual o dono do nosso coração enxerga o fundo da nossa alma.
Pág.: 10

A escrita de Mia Sheridan é um pouco previsível, após algumas páginas já conseguimos imaginar qual será o final, porém, a construção de cada capítulo torna o desfecho interessante e nos impulsiona a querer terminar a leitura. O envolvimento entre os protagonistas ocorre de forma rápida, mas a relação que eles constroem é bem trabalhada e composta por várias cenas de sexo. Este romance é perfeito para ler em curtos intervalos de tempo, pois os capítulos são pequenos e a narrativa não apresenta um elemento novo a cada página, característica que acaba prendendo os leitores por mais tempo fazendo com que leiam vários capítulos de uma vez.

Os protagonistas não me surpreenderam, casais formados por um cara rico, excêntrico e dominador que se apaixona e decide mimar uma moça humilde, batalhadora e virgem, já se tornaram extremamente clichês. Quando abro um livro e me deparo com esse estilo de personagem sinto um déjá vu ao prever as atitudes deles que quase sempre são assim: o rapaz vai querer mimar a moça; ela vai se fazer de difícil, se sentir ofendida, mas por fim vai aceitar; tudo vai ocorrer bem até uma revelação abalar o relacionamento deles. Não tem nada de criativo nisso e dá para citar uma dezena de livros que seguem esse padrão, se a intenção das autoras é arrancar suspiros, é melhor elas perceberem que tal tática já está ultrapassada e saturada.

 Autora

Fico olhando para ele. Para o meu Leo. Como as coisas mudaram tão rápido? Será que me apaixonei por ele tão lentamente que nem me dei conta? Leo pega a minha mão, me tira do balanço e começamos a caminhar de volta... E meu coração passa a bater enlouquecido no peito. Nesse momento percebo que cair, seja de cara no chão ou de amores por alguém, é sempre um pouco assustador, mesmo que aconteça lentamente.
Pág.: 122

Como disse no começo da resenha, a ligação da história com o signo pode passar despercebida, isso ocorre porque o protagonista é dominador, fiel, generoso e carinhoso, e estas são as principais características dos leoninos de acordo com zodíaco. Esse livro possui alguns pontos negativos, mas foi bem trabalhado, exceto pelo que fora mencionado no parágrafo anterior, e a escrita de Mia Sheridan, apesar de ser previsível, é suave e cativante.

A capa segue o mesmo padrão do volume anterior, é em preto em branco com a lombada e o título coloridos. A diagramação é simples e agradável aos olhos, a fonte é grande e há um bom espaçamento entre as linhas. Esse é o segundo volume da série, mas pode ser lido separadamente porque não tem nenhuma ligação com o anterior. Leitura recomendada para quem curte esse estilo.