Sobrenatural - Paige Mckenzie e Alyssa Sheinmel

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

The Haunting of Sunshine Girl é uma série de sucesso no YouTube produzida e estrelada por Paige Mckenzie, ela tem dezesseis anos e através de vídeos caseiros interpreta Sunshine, uma garota que vive em uma casa assombrada por fantasmas. Infelizmente a série não possui versão legendada, mas o selo Fábrica 231 trouxe para o Brasil o livro baseado nela e em breve poderemos conferir nos telões do cinema o filme que também será inspirado nas aventuras de Sunshine.



Aos 16 anos, Paige Mckenzie criou, produziu e estrelou uma série no YouTube que virou um hit na internet e ganhou milhões de seguidores em seu canal The Haunting of Sunshine Girl. Primeiro livro da websérie de sucesso, que também será adaptada para o cinema, Sobrenatural – The Haunting of Sunshine Girl chega ao Brasil pelo selo Fábrica231. Escrito em parceria com Alyssa Sheinmel, o livro conta a história de Sunshine, uma garota de 16 anos que se muda com a mãe da ensolarada Austin, no Texas, para a chuvosa Ridgemont, no estado de Washington. Mas a poeira e o aspecto sombrio do lugar logo se tornam os menores dos problemas de Sunshine. Vozes no meio da noite, portas se fechando sozinhas, risadas... aos poucos a garota percebe que ela e sua mãe correm sérios riscos ali. E ela terá que encarar seus maiores medos antes que seja tarde demais.




Ao se mudar do ensolarado Texas para uma cidade fria e chuvosa em Washington, Sunshine acreditava que seu maior problema seria um quarto inteiramente cor de rosa em uma casa de aparência assustadora que, além de cheirar a mofo, possui cômodos gelados. Ela ainda não tinha descoberto que a temperatura e o cheiro incômodo eram os principais indícios de que ela e a mãe não seriam as únicas a habitar aquele local.

Passos, risadas de criança e objetos fora do lugar logo se tornam rotina na vida de Sunshine, porém,  sua mãe acredita que a ciência pode explicar cada um desses acontecimentos que ela considera sobrenatural. A única pessoa disposta a acreditar que há um fantasma em seu lar é seu colega de classe, Nolan, e juntos eles tentarão descobrir quem é o espírito que a está atormentando e o que ele deseja. A cada nova descoberta que eles fazem em direção a identidade do fantasma, mais próximos ficam de descobrir que o problema que estão enfrentando é bem mais complexo do que imaginavam.

Trailer da série que originou o livro.

Mamãe estava só me provocando quando perguntou se eu me sentia segura em ficar sozinha em uma casa assombrada. Mas agora eu sei: depois que você se muda para uma, você nunca mais fica sozinha.
Pág.: 31

Quando iniciei a leitura de Sobrenatural acreditei que se tratava de um infanto-juvenil, afinal a protagonista e uma das autoras são jovens, contudo, a cada página lida fui percebendo que os típicos dilemas adolescente cediam espaço para um enredo aterrorizante. Todos os capítulos recebem um título, aconselho que evitem ler o “Terrores Noturnos” antes de dormir, pois minha experiência não foi nada boa >_<. A escrita de Paige Mckenzie e Alyssa Sheinmel é viciante, elas criaram uma trama cheia de reviravoltas e descobertas chocantes e eu só conseguia largar o livro quando estava amedrontada e a ponto de acreditar que qualquer som fora do normal era na verdade um espírito querendo se comunicar comigo.

Os personagens são muito bem construídos. Nolan e Sunshine me cativaram da primeira até a ultima página e acredito que um dos fatores que será tratado nos próximos volumes é um possível envolvimento amoroso entre eles, é evidente que os dois se gostam apesar de Sunshine se sentir mal toda vez que o toca. Além dos capítulos que descrevem a trajetória da protagonista, há alguns que mostram que ela está sendo observada e que seu vigilante planeja algumas coisas para seu futuro, estou louca descobrir um pouco mais a respeito desse personagem.

Booktrailer 

No centro da foto, no centro do meu quarto, cercada por jogos de tabuleiro e bichos de pelúcia, há a sombra muito nítida, bem distinta, absolutamente inegável de uma garotinha.
Pág.: 91

Todos os acontecimentos nos levam a um final capaz de nos deixar ansiosos para o lançamento da continuação, muita coisa ainda não foi explicada e não tenho dúvidas de que vários enigmas nos aguardam. A narrativa é capaz de nos deixar assustados, confesso que nunca pensei que fosse sentir tanto medo de uma risada de criança O_O. O contexto é interessante, bem fundamentado e envolvente.

A capa é linda e combina bastante com a proposta da história. A diagramação é agradável aos olhos, as páginas são de tom amarelado e a fonte é mediana. Não há erros de revisão e a tradução feita por Edmundo Barreiros é impecável. Eu simplesmente amei este livro, mas, como diz Wes Craven ''Leia se tiver coragem, mas não diga que eu não avisei.''