Em Busca de Cinderela - Collen Hoover

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Em busca de Cinderela é um spin-off da série Hopeless. Inicialmente foi publicado gratuitamente na internet como forma de agradecer aos fãs o apoio que a autora vem recebendo, contudo, ela não esperava que vários deles começassem a solicitar uma versão para enfeitar suas estantes. Passaram-se alguns meses antes que ela tomasse a decisão de lançar a versão impressa.




Neste conto da bem-sucedida e adorada série Hopeless, o leitor conhecerá melhor dois personagens secundários de "Um caso perdido". Daniel está no breu do armário de vassouras da escola – o perfeito esconderijo para quem quer fugir do mundo real –, quando uma garota literalmente cai em cima dele. Às cegas, os dois vivem um curto romance, mesmo sem acreditar muito no amor. No fim a garota foge, como se realmente fosse a Cinderela e tivesse uma carruagem prestes a virar abóbora. Um ano depois, Daniel e sua princesa se reencontram, e percebem que é possível nutrir um amor de conto de fadas por alguém completamente real. Juntos, os dois irão perceber que fora do faz de conta, ficar juntos é bem mais difícil e os problemas de um casal são muito reais.






Após descobrir que teria uma aula livre no quinto horário durante todo o semestre, Daniel passa a se esconder no armário do zelador para tirar cochilos. Durante um desses seus momentos, uma garota acaba entrando acidentalmente no quarto escuro e caindo em cima dele. Após alguns minutos de conversa ele sente necessidade de apagar a evidente tristeza na voz da moça, e a apelida de Cinderela.

Uma semana se passa desde o ultimo encontro entre Daniel e sua princesa, mas quando ela decide voltar ao local onde se encontraram pela primeira vez os dois confessam que jamais se apaixonaram e decidem fingir que se amam somente para saber como é a sensação. Alguns beijos depois, eles acabam fazendo sexo, mas ao final do horário a moça deixa o armário sem sequer dizer o próprio nome. Assim se inicia a busca por Cinderela.

Qual será o verdadeiro nome de Cinderela?

Fico pensando no comentário dela por um tempinho. É estranho, pois ela parece uma versão feminina de mim. Não sei se sou tão contra namoros quanto ela, mas é bem verdade que nunca disse para uma garota que a amava e espero que leve bastante tempo até que isso aconteça.
Pág.: 25

Antes de iniciar a história, Collen Hoover conta um pouco sobre sua vida e isso é bem interessante, pois ela sempre quis ser escritora mas acreditava que seu sonho era algo inatingível, irreal e infantil, e ela sempre buscava ser uma pessoa realista. Sua experiência serve de exemplo para todos aqueles que acreditam que não vale a pena seguir os próprios desejos.

Os protagonistas são bastante cativantes, nos demais livros da série não conhecemos Six muito bem porque ela está em um intercambio e não participa ativamente da história, mas Daniel foi um dos personagens que mais me divertiu. Nesse volume podemos descrever o envolvimento deles como algo que nos garante boas risadas. Também temos uma amostra do quanto Holder é protetor em relação a Six somente por ela ser amiga de Sky.

Autora

Ela volta a rir e de repente não estou nem ligando se ela é uma bruxa ou não. Se foi uma espécie de feitiço que lançou em mim, espero que nunca acabe.
Pág.: 71

Inicialmente achei o envolvimento dos personagens algo bastante precoce e pouco convincente, ao olhar para Six, Daniel já se sente apaixonado, e a forma como ele encara o fato de Holder ser contra o envolvimento deles como um desafio só serviu para fixar a ideia de que a relação deles era algo superficial. Contudo, após algumas páginas, me vi envolvida pelo carisma desse casal e passei a torcer por eles. A principal característica da escrita de Hoover é sempre surpreender o leitor com uma revelação inesperada, e isso ocorre neste volume (não entrarei em detalhes por ser spoiler).

A capa é segue um padrão parecido com as demais dessa série. As páginas são de papel amarelado, a diagramação é de tamanho mediano e há bom espaçamento entre as linhas. Leitura recomendada.