Minha Primeira Tatuagem Literária

Hey pessoal, tudo bem?

Semana passada decidi me aventurar e fiz minha primeira tatuagem literária. Já queria fazer uma tattoo há algum tempo e já tinha ideia de qual desenho/frase iria utilizar, só me faltava dinheiro e tomar coragem para avisar minha mãe de que ia fazer uma. Sim, eu tenho 23 anos, já exerço minha profissão, e ainda tenho medo de falar esse tipo de coisa para minha mãe pois ela disse uma vez que mesmo que eu já tenha esposa e filhos, se eu fizesse uma tatuagem ela arrancava com a unha. O.O

Olha que coisa linda *__* (não, não é a minha).

Adivinha o que aconteceu? Ela não só gostou da ideia, como convenceu meu pai a fazer uma junto com ela, e o melhor... ele até pagou a minha, ou seja, Submarino que me aguarde! *__*

Por incrível que pareça, tudo isso foi a parte fácil. Muita gente acha que para fazer uma tatuagem basta vontade e dinheiro, e isso não é verdade. Essa é a intenção desse post, não só dizer como foi minha experiência, como também dar algumas dicas para quem tem intenção de fazer a sua primeira tatuagem literária. Vamos lá:

1 - Pense bem.

Esse é um dos fatores principais para se fazer uma tatuagem. Nunca faça algo no momento, por impulso, ou sob efeito de álcool, pois você estará marcando seu corpo PARA SEMPRE. Sim, existem cirurgias para remover a tatuagem, mas são procedimento caros e que em vários casos podem deixar cicatriz. Por isso, antes de fazer a sua tattoo, pense bem se isso é o que você realmente quer. 

2 - A escolha do desenho e do local. 

Pronto, você decidiu fazer uma tatuagem e agora vem uma das piores partes, a indecisão quanto ao desenho/frase e o local(parte do corpo) onde ela será feita. Demorei muito para escolher, pois queria que minha primeira tattoo fosse algo que tivesse um significado que vai além do próprio desenho e da tradução da frase escolhida, queria que fosse algo que tivesse um grande papel na minha vida. O resultado foi que escolhi o símbolo das Relíquias da Morte e uma frase de Harry Potter e a Pedra Filosofal - "It does not do to dwell on dreams and forget to live" que significa "Não vale a pena viver sonhando e se esquecer de viver".

O segundo fator a ser levado em conta é o local onde você irá fazer sua tatuagem. Escolha sabiamente e de acordo com seu limite de dor, afinal, quem fala que tatuagem não dói está mentindo. A diferença é que, dependendo do local onde ela será feita, a dor pode ser mais suportável ou não; ou você pode ter uma tolerância a dor maior naquele local do que em outro. Eu escolhi um dos locais que é tido como um dos mais dolorosos (parte interna do antebraço) e a dor que senti não foi nada além do esperado. Locais como peito do pé, centro das costas, atrás da orelha, parte interna das coxas, parte interna do braço/antebraço e pescoço são áreas mais sensíveis e por isso a dor pode ser maior. Mas, como disse, isso é muito relativo, pois duas pessoas podem ter diferentes tipos de pele e maior ou menor capacidade de aguentar a dor. Por isso, escolha com cuidado. 

3 - A escolha do artista.

NUNCA, JAMAIS, NEVER, EM HIPÓTESE ALGUMA escolha preço no lugar de qualidade. Tatuagens são caras e por isso muitas pessoas cometem o erro de se deixar seduzir por estúdios e tatuadores que prometem um preço camarada e parcelamento em até 72x, mas se esquecem de que o que estão fazendo é uma micro cirurgia que irá marcar seu corpo para o resto da sua vida. Quando decidi o desenho e o local onde iria fazer, procurei o estúdio de um dos tatuadores mais renomados da minha cidade (Felipe Lithg, do Libertários Tattoo Studio), e não me arrependi. Além de ser um excelente profissional, seu estúdio era completamente limpo e bem organizado, e as agulhas e tintas utilizadas foram tiradas das embalagens na minha frente, para que eu visse que estava tudo novo e em perfeito estado. Até o lixo do estúdio tem uma coleta específica (eu estava lá conversando com o tatuador quando o pessoal da coleta especial entrou para pegar os resíduos). Por isso, tenha em mente aquele ditado "o barato que sai caro" e não vá na ilusão de que algo muito barato será algo de qualidade. Abaixo vocês podem conferir algumas fotos que tirei no Libertários Tattoo Studio.

Troféus de 1º Lugar que ele ganhou em campeonatos de Tatuagem.

Recepção e foto de um dos posters com ideias para tatuagem. 

4 - Cuidados.

Parabéns! Você agora tem uma tatuagem *__*. Contudo, o trabalho está apenas começando e você agora precisa ter uma série de cuidados para com a sua tatuagem. Cada tipo de pele demanda um tipo de cuidado e por isso aconselho sempre buscar a opinião e instruções do seu tatuador, pois, se você seguiu o que eu falei no item 3, ele provavelmente já é experiente no mercado. Mas alguns cuidados básicos se aplicam a todos os tipos de pele, que são: nos primeiros dias após a realização da tattoo sempre lavar o locam com sabonete antibacteriano (estou usando o Protex Vitamina E), usar alguma pomada cicatrizante (normalmente usa-se a Bepantol, contudo, como fiz uma cirurgia há pouco tempo, estou usando a mesma pomada que usei nela, que é a Nebacetin; sim, eu perguntei ao tatuador se poderia usá-la), evitar sol, piscina, sauna, e jamais coçar ou arrançar a casquinha no período de cicatrização. Sério pessoal, os itens listados aqui não são brincadeira e caso não sejam seguidos podem ocasionar: queloides, infecções, sua tatuagem pode ficar borrada ou desforme e ela pode perder a cor e ficar desbotada. Todo cuidado é pouco. ^_^

Minha Experiência

Vamos agora falar de um assunto que adoro.... eu. HAHAHAHA Brincadeira, vamos falar agora um pouco da minha experiência, que por incrível que pareça, foi muito breve. 

Cheguei no estúdio no horário marcado e fui muito bem recebido, tanto pelo tatuador quanto por sua equipe. Em seguida, ele fez a esterilização do local onde iria fazer a tatuagem e efetuou a raspagem dos pelos do braço para que eles não atrapalhem na hora de fazer o traçado. Em seguida ele aplicou sobre a pele uma especie de desenho em carbono que ele havia feito anteriormente (eu mandei para ele o desenho e a frase que queria por e-mail um dia antes), para em seguida abrir todos os aparelhos, tintas e agulhas na minha frente, tudo com muita transparência e qualidade. 

Pedi que ele começasse pela perna da última letra da frase, pois assim eu teria uma noção da dor que iria sentir, pois, dependendo do nível, eu ainda poderia desistir sem que o estrago tenha sido muito grande. Acabou que não doeu quase nada, exceto na região próximo à dobra do braço (ali doeu como se tivessem pingado plastico derretido na pele T__T). Durante todo o processo ele foi conversando comigo sobre amenidades e sobre o significado da minha tatuagem, para que assim eu não ficasse concentrado na dor, e acabou que deu super certo pois ele conseguiu fazer tudo em menos de uma hora e eu nem vi o tempo passar. Olha o resultado: 

Minha tattoo! o/

Ela está parecendo um pouco torta em algumas letras e no desenho, mas é que eu tirei no exato momento em que ele terminou de fazer, então estava mega inchado. Hoje já está normal, mas ela está protegida com bandagens (aconselhável nos 3 primeiros dias para evitar a entrada de bactérias e sujeira).

Abaixo deixo algumas dicas de tatuagens literárias para quem tem intenção de um dia fazer. Lembrando que ela não precisa ser idêntica, basta você pegar a ideia principal, levar no tatuador que você escolheu, e ele pode fazer uma arte única sem que o desenho perca o significado. 









Então, o que acharam? Ficaram com medo, ou morrendo de vontade de fazer uma também? ;)