Legend - Marie Lu


Hey pessoal, tudo bem?

Há algum tempo venho lendo resenhas e comentários positivos sobre a série Legend, da autora Marie Lu, e confesso que mesmo assim minha vontade de ler ainda não tinha sido despertada. Eis que surgiu a oportunidade e finalmente consegui entender o motivo de tanto elogios, já que Legend é uma obra prima da literatura atual e passou a ser uma referencia minha quando o assunto é "distopias".





Legend é ambientado na República, instalada numa região outrora conhecida como costa oeste dos Estados Unidos, e conta a história de June, uma garota de 15 anos nascida numa família de elite e que possui impressionantes habilidades militares, e Day, um garoto pobre considerado o criminoso mais procurado do país. Quando o irmão de June é assassinado, os caminhos desses dois jovens de origens distantes se cruzam, dando início a uma trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.







O livro conta a história de June e Day na República - antigo EUA - e a relação de gato e rato entre os dois. Ele é um dos criminosos mais procurados do momento e é acusado de matar o irmão de June. Ela, por sua vez, é uma garota prodígio que sempre foi acostumada ao luxo e aos treinamentos militares da Academia, fazendo dela a pessoa mais indicada para capturar o assassino de seu irmão. Contudo, um segredo obscuro envolvendo a República é revelado, e June não sabe mais quem é o verdadeiro inimigo. A Praga infecta mais pessoas a cada dia. Que comece a corrida contra o tempo.

A menina prodígio.

Vou perseguir você até o inferno. Vou vasculhas as ruas de Los Angeles à sua procura. Se preciso, vou procurar em todas as ruas da República. Vou enganar você, usar de truques, mentir, fraudar, roubar para encontrar você, atraí-lo para que saia de seu esconderijo, e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir. Estou fazendo um juramento: sua vida é minha.
Pág.: 45


O cenário pós-apocalíptico criado por Marie Lu é sensacional, e a maneira como ela narra cada localidade foi capaz de me fazer sentir como se a história estivesse se passando ao meu redor. Confesso que esperava uma narração mais dinâmica da parte da caçada, esperava alguns acontecimentos mais estilo 007, afinal, quando ela fala que a menina é uma prodígio estrategista e que o cara é o mais procurado do país e que mesmo após vários crimes a polícia não sabe nem como ele se parece, nossas expectativas vão lá no teto. Contudo, mesmo não atendendo a todas as expectativas, a autora conseguiu narrar o que se propôs com maestria e habilidade. É sério, pessoal, quando um determinado personagem morria eu sentia como se fosse alguém que eu conheço pessoalmente senso assassinado na minha frente (que angustia hehehe).

Os personagens são conflitantes, uns são carismáticos e te fazem querer torcer por eles, outros já despertam seu mais profundo ódio. June, Tess e Day são os que mais me agradaram, cada um com suas qualidades e temperamentos, ao passo que Thomas me fez querer entrar na história e mergulhá-lo em ácido. Sério, esse cara conseguiu despertar minha raiva mais profunda. Eu gostei de Metias, pena que ele ficou pouco tempo na história, por isso acho que um spin off ou conto narrando a história dele e como ele descobriu o que descobriu seria algo bacana.

O criminoso mais procurado.

PROCURADO PELA REPÚBLICA

Arquivo Nº 462178-2333 "DAY"

--------------------------------------------
PROCURADO POR AGRESSÃO,
INCÊNDIO, ROUBO, DESTRUIÇÃO
DE PROPRIEDADES MILITARES E POR
PREJUDICAR O ESFORÇO DE GUERRA.
RECOMPENSA DE 200.000 NOTAS
DA REPÚBLICA POR INFORMAÇÕES
QUE LEVEM À PRISÃO DESSE ELEMENTO.

Pág.: 10

O final foi triste e sensacional ao mesmo tempo. A autora não tem medo de sair matando os personagens só para conseguir alcançar seu objetivo final, que eu não posso falar qual é sem estragar a surpresa para vocês. Mas posso afirmar que vale a pena, pois a leitura além de ser rápida - a obra possui apenas 243 páginas - possui um talento surpreendente, tanto nas partes de narração como nos diálogos. Recomendo a leitura e estou doido para ler a continuação.

A edição conseguiu me conquistar e ao mesmo tempo me deixar triste. Conquistar pelo fato de que a capa é simplesmente maravilhosa, a diagramação está linda, com as páginas manchadas e anúncios em fontes diferentes, como o quote acima. Triste pois a cola da lombada simplesmente soltou, aí tive que ler o livro pendurado de um lado e segurando com cuidado para não rasgar a outra parte que estava colada. A tradução foi feita por Ebréia Alves e a revisão está impecável. 

Confira mais novidades no Site, Twitter e Facebook da Editora Rocco.