O Amor é Outra Coisa - Edson Aran

Hey pessoal, tudo bem?


Você com certeza já viu no twitter a frase "isso não é amor, o amor é outra coisa", seja no perfil do próprio autor, seja no de algum amigo. Eis que essa é a premissa da obra, algo que surgiu com uma definição em uma agenda, hoje chega às livrarias como um livro cheio de imagens e definições que prometem induzir as mais profundas gargalhadas no leitor.

"O amor é outra coisa” se tornou o “meme” mais famoso do Twitter, ganhando milhares de seguidores, apesar do insistente apelo do seu autor, várias vezes tuitado e retuitado: “Não me siga, também estou perdido”. O “meme” (espécie de vírus cultural que se instala na cabeça das pessoas e começa a se reproduzir sozinho) virou febre e todo mundo começou a copiá-lo. Agora, o seu criador, Edson Aran, reúne neste livro toda a série “o amor é outra coisa” e também vários outros pensamentos igualmente inúteis sobre a dor da existência, o sentido da vida, os descaminhos da humanidade e a busca da felicidade, juntando o melhor do seu amor e do seu humor. Divirta-se com as tiradas nada sutis deste livro, que não ensina coisa alguma, mas nos faz rir de tudo. O humor, afinal, é algo que, uma vez dentro de você, faz o seu coração bater melhor. Ou melhor, não é não. O nome disso é marca-passo. O humor é outra coisa.

Como disse no começo do texto, o livro não possui uma história, mas sim, uma coletânea de imagens que remetem ao famoso meme "O amor é outra coisa". Contudo, não se limita a este tipo de premissa, apresentando também outros tipo de pensamentos que podem "ser considerados estúpidos", mas que prometem mudar sua vida. 

Não tem como fazer uma resenha propriamente dita de um livro que só possui imagens e gravuras, por isso separei algumas das imagens e pensamentos para que vocês mesmos possam conferir do que estou falando. Espero que gostem. 


A humanidade precisa parar de fazer testes com os animais. Eles não acertam uma pergunta.

A primeira amnésia a gente nunca esquece.

Contrate empregados com dupla personalidade. Você vai ter dois pelo preço de um.


O amor não é uma coisa que expõe o que há dentro de você. O nome disso é raio X. O amor é outra coisa.

Rir é o melhor remédio. Mas se você pegar lepra é melhor consultar um especialista.


A edição é muito bem feita. Na capa foi utilizado papel cartão e as páginas são feitas em uma espécie de papel fotográfico. A obra é cheia de imagens que ilustram os dizeres, sendo eles todos muito curtos, como pode ser visto acima, vez que possuem um padrão "Twitter" de qualidade (140 caracteres). Recomendo a leitura para quem quer se divertir e fujir um pouco dos temas que permeiam a literatura atual. Também recomendo para quem está de ressaca literária, se essa obra não fizer com que saia dela, não sei o que fará.