Bienal do Livro Minas 2014 - Dragões, Fadas e Mockingjays

Hey pessoal, tudo bem?

Hoje vou narrar para vocês a minha experiência em mais uma edição da Bienal do Livro Minas, por isso apertem os cintos e me acompanhe por esse dia maravilhoso com direito a Dragões, Fadas e Mockingjays

Visão interna da entrada. 

Assim que cheguei na Bienal tomei um grande susto, estava simplesmente lotada! A fila para entrar estava serpenteado dentro de toda extensão interna da Expominas e parte da externa, o que me deixou muito feliz por sinal, vez que é gratificante saber que a cada dia as pessoas estão lendo mais e que a equipe de organização da Bienal Minas está fazendo de tudo para manter o mesmo nível de excelência de outros grandes eventos literários espalhados pelo Brasil. 

Leitura

Assim que entrei, dei de cara com o estande da Leitura e agi igual uma criança de 5 anos em uma loja de doce normalmente. O que senti falta foram dos arranjos em forma de livros gigantes que são comuns na Bienal SP e RJ, mas tínhamos enormes painéis de vidro com as capas dos livros, como pode ser visto na imagem acima (eles eram maior que eu). Confesso que os preços estavam um pouco salgados para o evento, vez que se assimilavam muito aos preços das demais lojas da franquia. Digo isso, pois, assim que saí da Bienal dei uma passada no Shopping e os preços encontrados lá estavam quase iguais ao da exposição. 

Comix / Panini

Se acham que fiquei deslumbrado com a Leitura, imaginem minha reação ao ver o estande da Comix e da Panini. Me senti entrando nos portões adamantinos do reino celeste e acabei perdendo a noção do tempo lá dentro. Grandes títulos como Naruto, Fairy Tail, Bleach, Sandman e One Piece estavam em promoção (não era um desconto muito grande, mas para quem iria comprar grandes quantidades, afinal, mangas são muitos volumes, conseguiria uma diferença de preço enorme).  

Bienal dos Quadrinhos

Não parando por aí com as histórias em quadrinhos, visitei a Bienal dos Quadrinhos, um setor dentro da própria Bienal Minas dedicado à venda, ensino e discussão sobre tais obras. Lá você conseguia encontrar quadrinhos renomados e publicações autônomas, bem como sessão de autógrafos, desenhos especiais, quadrinhos feitos por fãs e aulas de desenho básico. 

Fila e painel informativo sobre o Bate Papo e a Sessão de Autógrafos

Feito este pequeno tour pelas mediações do evento, me dirigi à fila de senhas para garantir meu autógrafo do Raphael Draccon e da Carolina Munhóz. Quando cheguei, uma hora antes do inicio da distribuição das referidas senhas, já haviam inúmeras pessoas aguardando na fila. O que me deixou muito feliz foi que a equipe de organização do evento estava fazendo de tudo para manter tudo bem organizado para que os leitores pudessem aproveitar o máximo a Bienal. Inúmeros oficiais de apoio e segurança, bem como membros do Corpo de Bombeiros, estavam espalhados pelo evento dando instruções a todos presentes, principalmente para os fãs desesperados como eu  que estavam correndo para garantir um lugar na fila. 

DC Comics

Com a senha em mãos, eu, Gustavo e Tamires, integrantes da equipe Vida de Leitor, decidimos dar mais uma olhada em todos os estandes presentes para ver as ofertas até o começo do bate papo com os autores. Eis que vejo que a Panini dedicou um espaço separado para a DC Comics - sim, sou mega hyper fã do estilo - e foi nesse momento que meu salário foi embora! HAHAHAHAHA.

Conexão Jovem

Meio-dia, no espaço Conexão Jovem, teve início um bate-papo incrível com o Raphael e a Carol. Eles contaram como entraram no mundo dos escritores e o que os motivou a se tornarem os grande ícones da literatura nacional fantástica que são hoje. Ambos são muito talentosos e, pelo pouco que pude ver, são pessoas humildes e que tem um carinho especial com todos os fãs, principalmente a Carolina, que sempre que possível responde seus leitores nas redes sociais. Após o evento e antes de nos dirigirmos à sessão de autógrafos, os autores tiraram uma selfie com todos os leitores. 

Raphael / Eu e Raphael / Autógrafo Estiloso *__*

Já a sessão de autógrafo foi um sucesso. Pude fazer várias perguntas, inclusive se o Raphael tem algum plano de escrever um spin-off da série Dragões de Éter, e ele me contou que já pensou na possibilidade de contar a história da Caçada às Bruxas que ocorreu antes dos eventos da trilogia, mas que não sabe se realmente o fará ou se tal história será contata por meio de livro, filme, game ou outro meio midiático. 

Selfie com a autora / Autógrafo

A Carolina foi um amor de pessoa. Essa semana ela havia compartilhado em suas redes sociais um trecho da resenha do livro Reino das Vozes que Não se Calam - clique aqui - que a Mayra escreveu aqui para o blog e comentou comigo que não só amou a resenha como queria ter tido a oportunidade de conhecer resenhista, que não pode comparecer ao evento por compromissos familiares. Infelizmente não consegui fazer as perguntas que queria para a autora, pois nesse momento a equipe do MGTV entrou para fazer a filmagem da sessão de autógrafos - mãe, tô na Globo! - e conduzir uma entrevista com os autores. 

Luva cortesia da Laila Ribeiro do Sobre Livros e do amigo dela que era dono da luva.

Depois de pegarmos os autógrafos, demos mais uma volta pela Bienal, compramos alguns livros - obviamente - e decidimos ir para o Shopping pegar uma sessão de Esperança/Mockingjay Parte I e comer 1kg de batata frita com bacon e queijo nosso fígado agradece HAHAHAHAHA. Como não estávamos com fome durante o evento, acabamos não comendo nada por lá, mas pelo que pude ver, haviam várias opções que iam desde um almoço completo com direito a uma passada no Rei do Brigadeiro de sobremesa, até um lanchinho básico na lojinha de biscoitos. Confesso que a praça de alimentação dessa edição sofreu uma melhoria aparente comparada com a da última, o que é mais um ponto a favor para a equipe de organização do evento. 

Equipe Vida de Leitor / Credencial

Gostaria de finalizar esse post deixando o meu muito obrigado para a Duda Las Casas e a toda a equipe da ETC Comunicação pela oportunidade de fazer a cobertura do evento, bem como pelo ótimo tratamento que recebi de vocês lá. Todos são muito simpáticos e ótimos profissionais. Aguardo ansiosamente a próxima edição da Bienal do Livro Minas. Para quem mora em BH e região, ainda dá tempo de correr lá e aproveitar, vez que o evento vai até as 22h de hoje. 

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 10º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.