A Promessa - M. Pattal


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje vou falar um pouco a respeito do livro A Promessa, do autor nacional M. Pattal. Essa história aborda um tema pouco trabalhado em romances adolescentes através de uma proposta que visa focar em vários aspectos do cotidiano jovem e adulto. Confesso que após ler algumas páginas me surpreendi com a proposta do autor, porém alguns problemas na narrativa acabaram ofuscando um pouco a obra.

Promessas são feitas para serem cumpridas. Pelo menos era assim que Polly pensava em sua adolescência quando fez uma promessa que não conseguiu manter, principalmente após ocorrer uma tragédia em sua família a qual ela culpa o pai de ser o responsável. E tudo piora quando ele decide abandonar o lar deixando-a para trás, o que faz surgir no coração de Polly um ódio mortal. Na companhia de sua mãe, Angela, Polly consegue uma virada em sua vida, tornando-se uma estrela pop, através de um sucesso repentino ao ser descoberta em um Reality Show musical. Mas apesar da fama e do sucesso, as coisas não vão bem em sua vida pessoal, discussões constantes com a mãe e seu namoro com Renan que parece estar perto do fim, ainda mais quando ela conhece Max, um jogador de futebol que começa a mexer com o seu coração. Conseguirá Polly perdoar o pai e se entender com sua mãe? Estará ela disposta a manter o seu namoro, mesmo parecendo estar por um fio? E o mais importante, será capaz de enfim cumprir A Promessa? Uma história de amor e redenção que nos fala sobre situações que enfrentamos, como culpa, medo, mágoa e nos mostra até que ponto somos capazes de perdoar, ser perdoados e cumprir as nossas promessas.

Polly é uma cantora de grande renome, antes de atingir a fama ela fez uma promessa que não conseguiu cumprir após a morte de seu irmão e o abandono do pai. Com uma agenda lotada e vários problemas pessoais com os quais lidar, nossa protagonista passou a se lembrar cada vez menos dessa promessa, porém à medida que sua carreira toma maiores proporções, ela passa a voltar com mais força aos seus pensamentos e agora essa estrela tem apenas duas opções: continuar ignorando sua promessa e vivenciando uma série de complicações, ou cumpri-la e ver os caminhos aos quais será direcionada.

Apesar de ter ido a um outro país para recomeçar a vida, Sidney não consegue esquecer seu passado, acompanhando a carreira da filha a distância, o arrependimento por seus erros e o problema com a bebida o atormentam constantemente. Iniciar um namoro com uma mulher famosa não foi uma tarefa muito difícil para Renan, ele consegue lidar com os horários dela e é completamente apaixonado por Polly, mas quando o relacionamento começa a esfriar, ele passa a se sentir ameaçado por um possível pretendente. Essas são apenas algumas das várias histórias que podemos encontrar em A Promessa.

"Aquilo que você mais valoriza será perdido até que aquilo que você perdeu seja o mais valorizado"

Apesar de todo o sucesso que tinha alcançado, Polly não tirava de sua cabeça o assunto que a atormentava, em especial quando estava a minutos de subir ao palco: a promessa que ela havia feito a muitos anos atras. Uma promessa que ela deixou de cumprir e que já a perseguia por muito tempo. Por isso, preferia estar sozinha no camarim neste momento, mas logo percebeu que não tinha mais tempo para pensar sobre isso, pois seu atual namorado, Renan, acabara de bater à porta para chamá-la.
Pág.: 9

A história é narrada em terceira pessoa, creio que esta é uma das narrativas mais complicadas de se desenvolver com perfeição, já que algumas repetições são inevitáveis, infelizmente isso foi o que mais prejudicou a fluidez desse livro, em alguns parágrafos os nomes dos personagens são repetidos diversas vezes e isso me incomodou bastante. Além dos conflitos de Polly, o autor também apresenta outras histórias, acredito que cada uma delas será desenvolvida nos próximos volumes da série e este foi o ponto mais interessante da obra, já que raramente encontro histórias que abordem de forma ampla todos os principais conflitos do cenário jovem.

A protagonista é um verdadeiro enigma do começo ao fim, ela consegue ser bem chatinha em alguns momentos e em outros torna-se adorável, mostrando uma personalidade um pouco estável. Angela é exatamente como qualquer outra mãe, que apesar das brigas está sempre disposta a perdoar a filha. O único personagem do qual não gostei foi o pai de Polly, apesar de existir uma boa justificativa para o que ele fez, não consegui aceitar suas atitudes. O autor deixa um pouco a desejar ao desenvolver os personagens, ele foca muito nos problemas que cada um apresenta e trabalha pouco suas personalidades, infelizmente para mim foi um verdadeiro desafio me identificar com os protagonistas e desenvolver uma ligação com cada um.

Autor
Jesus.
Polly ficou por um tempo pensando nEle. Como ela tinha começado a cantar na igreja e os elogios que recebia quando criança e adolescente. Lembrou-se das pessoas que se emocionavam quando ela pegava o microfone e abria boca para louvar a Deus. No fundo, ela sabia que a sua voz era um dom dado por Jesus. Sabia que precisava honrá-lO de alguma forma, mas não sabia como.*
Pág.: 34

A Promessa é um livro voltado à religiosidade, além disso o autor também trabalha alguns conflitos comuns no cenário jovem, o mais interessante é que raramente vemos histórias com essas características. Confesso que não sou muito ligada a religião e afins, contudo, creio que este é o objetivo de M.Pattal, atingir esse público que por algum motivo se afastou de Deus. Como já citei, acredito que o autor pretende desenvolver melhor a história de alguns personagens e ao fazer isso ele deve englobar todos os principais conflitos pelos quais os jovens passam. Tive alguns problemas com a narrativa e a descrição, mas a mensagem passada nesta obra é realmente muito bonita.

A capa é lindíssima, simplesmente adorei a forma como ela consegue ser simples e harmônica, cada capítulo é iniciado com um desenho de notas musicais. A fonte é pequena e o espaçamento entre os parágrafos são muito grandes, este é o único aspecto na diagramação do qual não gostei. Encontrei alguns erros na revisão, mas boa parte deles pode ser relevada. Por envolver o assunto religião, este é o tipo de livro que pode causar uma série de divergentes opiniões entre os leitores, por isso recomendo que cada um leia e tire suas próprias conclusões, mas confesso que adorei a proposta do autor.

* - Os quotes são transcritos exatamente como está na obra, por isso existem letras maiúsculas no meio das palavras.

Abraços,
  Tamires Souza
TAMIRES DE SOUZA
É Resenhista aqui no Vida De Leitor. Desenvolveu sua paixão pela leitura ainda criança através de revistas em quadrinhos e desde então não vive sem um livro dentro da bolsa. Recém formada e sonha um dia cursar uma faculdade de Direito. Seus livros favoritos são: Série Rangers Ordem dos Arqueiros, A Seleção e a Série A Mediadora
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.