O Segredo de Ella & Micha - Jessica Sorensen


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

O gênero New Adult vem conquistando uma legião de fãs com histórias que abordam a transição da adolescência para a vida adulta focando em dramas familiares, primeiras relações sexuais, amizades, dentre outros conflitos, de forma madura e suave para que se encaixe à realidade do leitor. O Segredo de Ella & Micha se encaixa nesse gênero, com uma narrativa envolvente e sensual que já sucesso de vendas no exterior. 



Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina.



O livro começa narrando um surto de Ella, assombrada pela morte da mãe, magoada pelo irmão e ignorada pelo pai, ela decide tomar uma pílula que faz com que ela tenha delírios. Pensando que pode voar, ela tenta se jogar de uma ponte, mas é salva por seu amigo de infância. No dia seguinte ela decide que não suporta mais viver aquela vida e sem avisar ninguém vai para uma faculdade em Nevada, onde muda seu estilo gótico, encrenqueiro e atrevido para "patricinha controlada".

Inconformado com o sumiço de Ella, Micha passa oito meses procurando por pistas que possam levá-lo a seu paradeiro, mas quando ela enfim retorna, ele decide que a nova personalidade adotada pela amiga não revela exatamente quem ela é, por isso não mede esforços para trazer de volta a jovem viciada em adrenalina por quem ele sempre foi apaixonado. Segredos, sentimentos enterrados no passado, novas descobertas, escolhas e perdas, se farão presentes no futuro dos dois. Mas a forma como irão lidar com cada desafio é sempre uma surpresa.

Apenas amigos?
Ele sabe o que vou dizer, sempre sabe. É meu melhor amigo, minha alma gêmea. Em um mundo perfeito, cheio de rosas e do brilho do sol, estaríamos juntos. Mas este mundo é cheio de lares destruídos, pais bêbados e mães que desistem facilmente.
Pág. 7

A autora foi genial ao abordar a narrativa sob o ponto de vista de ambos os personagens principais, pois, como o livro tem como foco o romance vivenciado entre dois jovens, bem como conflitos familiares, a narrativa não fica presa somente aos sentimentos da mocinha como acontece na maioria dos livros, nos permitindo vivenciar de forma mais ampla os diversos acontecimentos, e isso traz profundidade a obra.

Os personagens são muito bem construídos. Ella é uma mistura de personalidades, durante sua fase gótica era rebelde e durona, adorava desafios e vivia entre os rapazes, mas assim que passa a agir como uma patricinha ela assume um lado tranqüilo e delicado que encobre quem realmente é. O que gostei é que apesar de estar enfrentando muitas dificuldades, ela não fica se lamentando o tempo inteiro e se mostra madura e decidida. Micha é um bad boy, sexy, convencido e dedicado, além de fazer o possível para ajudar Ella a resolver seus problemas ele também consegue ser fofo e paciente quanto às indecisões dela.

Autora
Quanto mais tempo eu ficava em seus braços,mais o contentamento me invadia. Sentia-me segura, como se nada pudesse me machucar. No entanto, eu negava completamente que estava me apaixonando pelo meu melhor amigo.
Pág. 128
O que mais gostei nessa história é que ela mostra uma realidade pouco explorada, os personagens moram em um subúrbio onde existe tráfico de drogas, casas caindo aos pedaços, doenças que nem sempre terminam de forma comovente, arriscadas corridas em carros super velozes, além de uma trilha sonora voltada para os fãs de rock. As cenas de sexo não são muito descritivas e a sensualidade da obra fica por conta da forte atração existente entre os protagonistas. O final é interessante, mas não nos deixa ansiosos por uma continuação, o que torna a espera pelos próximos volumes da trilogia algo tolerável.

A capa é linda, mas infelizmente não consigo imaginar a garota presente nela como a Ella. O título possui verniz localizado, a diagramação está perfeita, a fonte é de um tamanho agradável, a revisão está impecável e as linhas possuem um bom espaçamento. Sempre que a história passa a ser narrada sob o ponto de vista de um personagem diferente o nome dele aparece em negrito para facilitar a identificação. Leitura mais do que recomendada. 

No final do livro existe uma playlist com a trilha sonora da obra, as letras das músicas dizem muito sobre os personagens. Selecionei três das quais mais gostei para que vocês deem uma conferida (basta clicar no nome da música).




Abraços,
  Tamires Souza
TAMIRES DE SOUZA
É Resenhista aqui no Vida De Leitor. Desenvolveu sua paixão pela leitura ainda criança através de revistas em quadrinhos e desde então não vive sem um livro dentro da bolsa. Recém formada e sonha um dia cursar uma faculdade de Direito. Seus livros favoritos são: Série Rangers Ordem dos Arqueiros, A Seleção e a Série A Mediadora
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.