Resenha + Promoção: Quando Você a Viu pela Última Vez? - Lemony Snicket

Hey pessoal, tudo bem?

Como já havia comentado nas redes sociais, tenho uma relação de amor e ódio com a narrativa do Lemony Snicket. Ao passo em que durante a maior parte da história ele consegue demonstrar a mais complexa genialidade com seus jogos de palavras e tutoriais de como fazer as coisas de um jeito completamente inusitado, ele também, em alguns momentos, demostra uma maneira um tanto quanto infantil de expor algumas reações e atitudes dos personagens principais, mesmo que isso seja compreensível pelo fato de serem crianças/pré-adolescentes.

Essa resenha pode conter Spoilers do primeiro volume da série.

Ainda na cidade de Manchado-pelo-mar, o jovem aprendiz Lemony Snicket terá mais um caso para resolver junto com sua tutora, S. Theodora Markson. Desta vez eles foram contratados pelos Knight para encontrar Cleo, a filha desaparecida do casal. A primeira hipótese é a de que ela teria fugido com o circo - mas, ao contrário do que Theodora pensa, não se trata de uma resposta inteligente e adequada para esse mistério, já que Cleo era uma química brilhante (e não uma artista) e com certeza teria deixado um bilhete.
Será que ela havia sido sequestrada? As versões das duas principais testemunhas que viram Cleo no dia de seu desaparecimento são divergentes. Ela foi vista pela última vez no mercado Comidas Incompletas ou no restaurante Faminto’s? E foi embora de táxi ou em seu carro novinho em folha?
Lemony Snicket contará novamente com a ajuda da jornalista-mirim Moxie Mallahan e dos irmãos taxistas Juca e Chico. Mas será que ele desvendará esse mistério? Ou só fará as perguntas erradas mais uma vez?
O livro dá continuidade à serie Perguntas Erradas, que tem o pequeno Lemony como detetive e personagem principal. No primeiro volume tivemos o problema envolvendo o sumiço da famosa Fera Ressoante, mas agora quem desapareceu não foi um objeto, mas sim uma famosa química que pertencia a uma das mais ricas famílias de Manchado-Pelo-Mar, vilarejo que não será um vilarejo por muito tempo. Entre corridas de táxi malucas, indicações de livros escritos por autores que não escreveram o livro, busca por pessoas desaparecidas e a personalidade bipolar de sua tutora, Lemony precisa enfrentar o seu mais vil inimigo, Tiro Furado.

Uma das ilustrações presentes na obra. 
"Podem ensinar qualquer coisa a você. Não quer dizer você aprenda. Não quer dizer que você acredite."
Pág. 182
Como disse no começo da resenha, a narrativa em alguns pontos é um tanto quanto infantil, mas isso não retira seu brilho ou genialidade, muito pelo contrário, em alguns momento ela até ensina o leitor o significado de varias palavras - como "abstêmio" e "locupletar" - e expressões por meio de explicações bem engraçadas e inovadoras. Outro ponto positivo da narrativa é o fato dela ser fluida e de fácil entendimento, fazendo com que fiquemos imersos na investigação ao ponto de chegarmos ao famoso "vou ler só mais um capítulo" e acabar lendo o livro todo. Também temos referências a obras e autores famosos, como o próprio Lemony e sua série Desventuras em Série.

Os personagens são engraçados e vão sendo construídos aos poucos, afinal, em cada um dos volumes o autor vai nos contando/dando pistas sobre a real profissão do jovem Lemony, bem como a dos seus "confidentes". De todos, a minha personagem favorita é a Moxie, com sua maquina de datilografar e sua mente inundada em perguntas. A que menos gosto é a S. Theodora Markson - ainda não foi revelado o que o "S" significa -, que além de não ter competência alguma para ser uma detetive e desvendar crimes, só atrapalha o nosso protagonista e tira conclusões precipitadas, ficando no final com todo o crédito para si.

Para quem não sabe, esse é o Lemony Snicket (seu nome real é Daniel Handler). 
"Desculpem a bagunça. - Era a voz profunda de Dashiell Qwerty*, mas não consegui a vê-lo. Sua escrivaninha estava tomada por pilhas de livros, junto com algumas de suas eternas inimigas - uma expressão que, nesse contexto, significa "traças" -, rodopiando longe do alcance do seu lenço xadrez."
Pág. 108
A investigação em si não é nada tão elaborada como um episódio de CSI ou algo feito por Robert Galbraith, mas aos poucos percebemos que cada um dos casos pertencem a um quadro muito maior, envolvendo a tão temida Sociedade Desumana, Tiro Furado, a Fera Ressoante e o pai da Ellington,  sendo ela o personagem que "deu o calote" no Snicket no primeiro volume e fugiu com a Fera.

A edição segue o mesmo padrão da anterior, tendo sua capa muito bem elaborada e feita de um material meio emborrachado, tendo várias ilustrações ao longo da história, sendo que desta vez elas são feitas em roxo, branco e preto. A revisão está impecável e a diagramação está agradável aos olhos, com uma fonte mediana e um espaçamento entre linhas bacana, ao contrário de muitos livros de outras editoras que possuem um espaçamento tão pequeno que nosso cérebro dá nó na hora de mudar de linha. Não só recomendo a leitura da série como também indico-a como um ótimo livro para curar uma ressaca literária, afinal, mesmo sendo um pouco infantil, Lemony Snicket consegue fazer com que nos sintamos bem e descontraídos.

* Olhem a ordem das letras desse sobrenome no teclado do seu computador. Viu como é fácil criar nomes de personagens? Hahahaha

Promoção


Para concorrer, basta preencher as opções obrigatórias do formulário abaixo. Tão logos tais opções sejam preenchidas, as opções EXTRAS serão liberadas, ou seja, mais chances para vocês concorrerem. o/

A opção "tweet about the giveawey" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contado" no menu do blog.

a Rafflecopter giveaway

Uma das opções EXTRAS é responder as perguntas abaixo nos comentários:
"Quando você a(o) viu pela última vez? O que ela/ele estava fazendo?"


Importante
  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandaremos em até 48 horas. Caso não o faça o segundo colocado levará o prêmio.
  2. O livro será ENVIADO pela editora Seguinte em até 30 dias.
  3. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  4. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  5. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  6. Respostas ofensivas ou que violem a legislação nacional, bem como os sensos de cordialidade e convivência,  serão automaticamente desclassificadas e a referida pessoa será banida do Vida de Leitor.
  7. Serão válidos para os fins desta promoção somente os comentários feitos em postagens de 2013/2014.
"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"
 Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 8º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.