Caminhos Incertos - Elder Koldney

Hey pessoal, tudo bem?

Mesmo não realizando mais parcerias com autores, não poderíamos deixar de divulgar aqui o livro do meu amigo Elder koldney que, além de uma história que aparenta ser envolvente e bem estruturada, possui uma capa linda feita pela tão famosa Marina Avila. Abaixo vocês poderão conferir a capa, sinopse, degustação e a resenha antecipada da obra feita pelo blogueiro e amigo Nicholas Calábria, do blog Tudo Por Um Livro. O livro está com previsão de lançamento para Março de 2014 na Amazon.com.br e segundo informação obtida com o autor, o livro será lançado inicialmente somente na versão digital, mas há a possibilidade de uma versão física para o segundo semestre desse ano. 

Você pode ler a degustação do livro clicando aqui


Você sabe o que uma pessoa sente, ao ser humilhada? Marcos sabe, e é por isso que quando seus pais são transferidos de volta para Lagos - cidade onde sofreu dores no passado e que nunca mais pensou em retornar - seu mundo parece desmoronar. Mas hoje, ele é um adolescente decidido, forte, maduro e que vai poder contar com seus amigos para se readaptar, mesmo que seus desafetos do passado estejam mais cruéis do que nunca. E como se tudo isso não fosse o bastante, em meio a rivalidades antigas e aceitação quanto à sexualidade, um sentimento novo irá brotar em dois corações. Sentimento esse que mudará o rumo de duas vidas que estão ligadas desde sempre, mesmo que ambos ainda não tenham percebido.
"Antes de "Caminhos Incertos" estar finalizado, eu pude dar umas espiadinhas em algumas quotes, já que o Elder me mandava várias delas durante o tempo em que ele estava escrevendo o livro. E eu tenho certeza que o intuito disso era me deixar curioso... E ele conseguiu. Foi uma alegria muito grande ser o primeiro escolhido a resenhar o romance de estreia dele. Apesar da amizade que nós temos, não deixei isso interferir na leitura. Então, podem ler minha resenha sem medo, porque eu estou sendo o mais sincero possível.

"Este momento, de gargalhadas e confissões, é o que realmente faltava para me fazer perceber o quanto é bom estar de volta. Por mais que o ano seja difícil, terei os meus amigos ao meu lado. A verdade é que não importa o tempo que passe, se a amizade é verdadeira, ela vai seguir sempre forte e sincera.

Marcos é o nosso protagonista. Ele está voltando para sua cidade natal depois que seus pais foram transferidos de volta pra lá. Apesar de ter amigos em Lagos e sentir falta deles, estar de volta não trás boas lembranças. Isso porque Marcos sofria bullying no colégio e um grupo de pessoas não o deixava em paz de forma alguma. Mas depois de tanto tempo fora, ele poderia acreditar que tudo estava diferente, que essas pessoas que o perseguiam estavam amadurecidas e mudadas... Só que não. 

Prova disso, foi o encontro dele com o Felipe, que é a cabeça do grupinho mal amado. Marcos pôde ver nos olhos do seu "inimigo" todo aquele ódio que o perseguia desde sempre. E a partir dali, teve certeza que sua volta não seria motivo de alegria para todos. Em contrapartida, seus amigos estavam animadíssimos de estarem perto dele novamente. E é nessas amizades que ele vai se agarrar para superar os obstáculos que estavam por vir. O motivo do bullying gratuito é que Marcos é gay. E mesmo não tendo saído do armário naquela época, já era motivo de chacota por esse grupo comandado por Felipe. Agora que ele voltou, decidiu se abrir com seus amigos que aceitaram super bem a sua orientação e estão dispostos a tudo para que ele fique confortável, sem se sentir diferente.

Daí que o pior acontece. Marcos e Felipe vão ter que passar muito mais tempo juntos do que eles imaginavam. Graças à falta de sorte do Marcos, que voltou para o seu colégio antigo na fase em que mudaram as regras dentro da sala de aula, e graças ao Felipe que é péssimo em matemática. Tudo conspirando contra (ou a favor) dos rapazes. Temos duas pessoas que aparentemente se odeiam tendo suas vidas unidas sem ter muito que fazer, senão aceitar o que lhes foi proposto. Claro que essa aceitação não vai vir com um sorriso, e a parte que mais vai sofrer com essa aproximação é o Marcos. 

O livro trata de assuntos muito delicados: Homossexualidade e bullying. Na maioria das vezes um sempre está ligado ao outro, infelizmente. E nessa estória, que podia ser uma história, não é uma exceção. Uma pessoa que te odeia pelo simples fato de você ter uma orientação sexual diferente da dele. O quão insano é isso? Mas além dessa parte "pesada" do enredo, temos a amizade colocada como alicerce de tudo, a amizade como remédio, como salvação. Achei muito bonito o modo como o Koldney tratou desse assunto. 

Gostei bastante de acompanhar o andar da carruagem enquanto esse convívio mais que inusitado rolava. Apesar de eu não querer nunca passar por uma situação dessas, foi algo curioso e instigante. Mesmo ficando a todo o momento do lado mais fraco (vamos colocar assim), que é o do Marcos, eu tentava de alguma forma entender as atitudes do Felipe, e foi tudo em vão. Claro que tem uma explicação para esse hostilidade toda (sempre tem!), mas mesmo assim é impossível aceitar uma conduta como a dele. 

Talvez eu tenha me decepcionado com o final do livro. Não no sentido de achar que foi um final ruim. Mas não era algo que eu esperava e torcia para acontecer. Acho que teve tanto rancor, tanto ódio e tudo mais que no final das contas eu esperava um final feliz. Porém ele não veio. Não da forma que eu poderia chamar de final feliz, há. Mas o livro é super satisfatório. Fico extremamente contente de ser o primeiro "filho" do Koldney e já vir nesse nível. O livro vai ser lançado no mês de março pela Amazon, e se eu fosse vocês não perderia a chance e leria logo "Caminhos Incertos"!"

A capa, sinopse, degustação e resenha foram originalmente publicados nos blogs Tudo Por Um Livro, Lendo e Comentando, Um Leitor a Mais e novamente no Tudo Por Um Livro, respectivamente. Espero que tenham gostado e que adquiram a obra tão logo lançada. o/

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 8º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.