Resenha+Promoção: Príncipe Mecânico - Cassandra Clare


Hey pessoal, tudo bem?

Quando o carteiro passou aqui em casa e eu vi que era meu pacote da Galera Record trazendo "O Príncipe Mecânico" eu simplesmente surtei. Já rasguei o pacote, deitei no sofá e comecei a ler as aventuras dos Caçadores de Sombras. E não é que a Cassandra Clare conseguiu se superar e fazer um final que fará muitos leitores se matarem para ter uma cópia de Princesa Mecânica - a continuação - em mãos?!








Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Príncipe Mecânico dá continuidade aos acontecimentos de Anjo Mecânico, ou seja, não há uma grande passagem de tempo como é comum em vários livros. O diferencial é que agora Tessa, Jem, Will e todos os membros do Instituto de Londres PRECISAM descobrir o paradeiro de Mortmain, pois, caso não o façam, eles correm o risco de perder o poder de direção do Instituto para o Benedict Lightwood, um homem vil e sem escrúpulos que não busca nada além de poder e vingança. Muitas reviravoltas estarão presentes nessa ventura alucinante e dentre eles temos: a revelação dos segredos mais obscuros de Will Herondale; a dúvida que cerca o coração de Tessa Grey; e o fato de que Jem Carstairs caminha a passos largos rumo a morte certa. O que acontece quando o verdadeiro inimigo é alguém que você confiaria sua vida? Os Caçadores de Sombras conseguem eliminar as sombras que rodeiam seus próprios corações?

Tessa Grey

"- Não, é mais do que isso. É difícil explicar, mas... ele odeia os Nephilim. É algo muito pessoal para ele. E tem a ver com aquele relógio. É... é como se ele quisesse ser ressarcido por algum erro ou falta cometidos contra eles. 
- Reparações - disse Jem, muito repentinamente, repousando a caneta que estava segurando.
Will o olhou confuso.
- Isto é um jogo? Soltamos qualquer palavra que vier à mente? Neste caso a minha é "genufobia". Quer dizer pavor irracional de joelhos."
Pág. 34

Sensacional e desesperador são palavras que definem esta obra. Além de envolver toda uma trama política que versa sobre a posse do Instituto, temos muitas aventuras, momentos em que o leitor sente o desespero dos personagens como se fossem seus - como aconteceu com o Will após ver quem morava na casa de Axel - e acima de tudo, temos batalhas épicas nas quais honra e paixão superam lâminas e feitiços na conquista da vitória prometida.

Os personagens estão mais bem desenvolvidos do que nunca. Finalmente entendemos o porquê de Will ser tão sarcástico e irritante com todos aqueles que o rodeiam e tal revelação só serviu para aproximar ainda mais o leitor do personagem, pois prova que ele é tão humano como qualquer outro, sendo Caçador de Sombras ou não. Jem também não fica para trás. Ele mostra que mesmo sofrendo desta doença demoníaca terrível, ele é capas de levantar e segurar uma lâmina por aqueles que ama, mesmo que isso coloque sua própria vida em risco. Tessa continua a mesma, aquela menina meio chata que as vezes toma algumas atitudes maduras mas que sempre está à sombra de algum dos dois amigos antes mencionados. 

Um fator, no que tange aos personagens, que me agradou muito foi a reviravolta envolvendo Jessamine e a transformação que Henry sofreu neste livro. Jess mostra que é realmente capaz de fazer QUALQUER coisa para perseguir seu tão sonhado futuro, ao passo que Henry se mostra não só aquele "zero à esquerda" que só se preocupa com suas máquinas e invenções. Ele é como se fosse o Homem de Lata, que finalmente provou ter um coração...Rsrsrs.

Will e Jem

Os diálogos conseguiram manter o mesmo nível de excelência de todos os romances da Tia Cassie, o que é um feito e tanto já que muitos autores meio que "perdem" um pouco da criatividade de escrever diálogos dinâmicos e envolventes quando lançam muitos livros. Eles começam a se repetir, entendem!? Não achei nenhum erro de revisão ou alguma palavra fora de contexto, o que evidenciaria um possível erro de tradução. A diagramação é simples e, como de praxe, temos sempre um quote de algum poema ou obra de renome no começo de cada capítulo.

Lembra quando disse que a palavra "desesperador" definia este livro. Então... eu quis dizer isso mesmo. A Tia Clare tem esse horrível habito de fazer finais que tiram o fôlego de seus leitores e eles ficam, ou nessa agonia até que a continuação seja lançada, ou eles sucumbem à tentação e compram a versão em inglês mesmo da obra. Sério pessoal, vocês não tem noção do quão chocante é o final desse livro e garanto que muita gente vai ficar com a boca aberta!

Vou para por aqui, antes que essa resenha vire um livro...Hahahaha. A capa utilizada na versão nacional é a mesma da versão internacional, mas, no lugar de ter um brilho metálico, ela possui  "pedaços" de papel furta cor que mudam de cor e brilham dependendo da incidência da luz. Como podem ver na foto do livro neste post AQUI.  Recomendo a leitura desse livro para ontem!


Promoção



PROMOÇÃO: COMPARTILHE E CONCORRA AO LIVRO “O PRÍNCIPE MECÂNICO”

Que tal concorrer a um exemplar do livro “O Príncipe Mecânico”, segundo volume da série “As Peças Infernais” da autora Cassandra Clare?

Parta participar é muito fácil:

1) Curta a página do Vida de Leitor: http://www.facebook.com/vidadeleitor

3) Compartilhe a FOTO da promoção em seu perfil (compartilhar no modo público)

4) Clique em “quero participar” no link: https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/181500

Observações importantes:
- Promoção válida até o dia 20/05/2013 às 23:59 horas
- O vencedor(a) vai levar para casa um exemplar do livro “O Príncipe Mecânico”, da autora Cassandra Clare
- O livro será enviado diretamente pela editora Galera Record
- Pode compartilhar a imagem quantas vezes quiser, só cuidado para não lotar a Timeline dos seus amigos.

                                                                                   "Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Abraços,
    Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 7º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Ask - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.