Os Mistérios da Coroa - Nancy Bilyeau



Olá pessoal, tudo bem?

Eu solicitei esse livro para resenha da editora Arqueiro principalmente por causa da sinopse que me lembrou muito o Código DaVinci do autor Dan Brown. Mas, tirando o fato de a personagem principal estar buscando um artefato com uma ligação bíblica, a história é completamente diferente.


Na Inglaterra dos anos 1530, os dissidentes religiosos e os condenados por traição eram brutalmente torturados e executados. Quis o destino que Lady Margaret Bulmer tivesse o mesmo fim. Uma das líderes das rebeliões do norte do país contra o rompimento do rei Henrique VIII com a Igreja Católica, a nobre foi queimada em praça pública.Ao saber que sua prima enfrentaria a morte na fogueira, a noviça Joanna Stafford desafia a rígida regra da clausura e foge do Priorado de Dartford para assistir à execução e reivindicar o corpo, a fim de lhe dar um enterro digno.Para sua surpresa, Joanna reencontra o pai, que tinha ido até lá no intuito de ver Margaret. Mas pai e filha são acusados de interferir na justiça do rei e acabam presos e levados à Torre de Londres, local notório por seus episódios sangrentos.Após dois meses sendo interrogada, a noviça recebe a visita do bispo de Winchester, que a chantageia. Para salvar o pai, ela aceita ser sua espiã e procurar no priorado por uma antiga relíquia – a poderosa coroa de um rei saxão.Em meio à dissolução dos mosteiros ordenada pelo rei, a busca de Joanna se transforma numa perigosa jornada, que leva a jovem a se questionar até onde estaria disposta a ir para defender os antigos costumes que tanto valoriza e que dão sentido à sua vida.Armada com determinação e coragem, Joanna confronta os traumas do próprio passado enquanto tenta concluir sua missão. Acompanhada do jovem frade Edmund, Joanna visita castelos suntuosos e locais sagrados, como Stonehenge e a Abadia de Malmesbury, em busca da relíquia e de salvação para si mesma, sua família e o modo de vida sagrado de sua ordem religiosa.


O livro se passa em 1537, período em que o rei inglês, Henrique VIII, iniciara a Reforma Protestante na Inglaterra, nomeando-se autoridade absoluta tanto de ordem política quanto de ordem religiosa e tirando completamente a força, riqueza e influência da Igreja Católica no país. Além disso algumas abadias  estavam sendo fechadas e os religiosos que lá viviam foram expulsos. É nesse cenário que conheceremos a jovem noviça Joanna Stafford, filha de uma importante família da nobreza inglesa cujo poder havia sido tomado anos atrás por terem ligação com a primeira mulher de Henrique VIII, a rainha Catarina de Aragão.

A história começa com Joanna fugindo do Priorado de Dartford, onde vivia, para assistir a execução de sua prima, Margaret Bulmer, acusada de alta traição contra a coroa. Joanna pretendia dar um pouco de alento a sua prima que sofreria uma morte horrível na fogueira, mas ela não contava com a presença de seu pai na praça de execução e nem com a confusão que se seguiu fazendo com que os dois fossem presos e levados para Torre de Londres. Após meses encarcerada e sabendo que seu pai estava sendo torturado na prisão, Joanna não tem escolha a não ser aceitar a proposta da bispo de Winchester; ela teria que voltar ao Priorado de Dartford, e, em segredo, procuraria por uma antiga coroa que pertencera a um dos primeiros reis britânicos e que muitos acreditavam ter algum tipo de poder. Joanna volta ao Priorado acompanhada de dois monges e uma vez lá se verá envolvida em vários mistérios que cercam tanto a história da coroa como a de muitos dos habitantes de Dartford.

Eu demorei um pouco para finalizar esse livro, não porque a história não fosse boa, bem pelo contrário, a trama é muito bem amarrada e o embasamento histórico parece estar perfeito fazendo com que realmente nos sentíssemos dentro daquela época histórica. Mas a história demora um pouco para engrenar e o fato de ter muitas informações para explicar o contexto faz com que a leitura precise de certas pausas para assimilar todo esse conteúdo.

A autora não menciona se essa tal coroa e o rei que a possuiu eram reais ou foram criados para a trama, não cheguei a pesquisar sobre isso, mas as informações passadas no livro e as ligações com personalidades históricas posteriores parecem bem convincentes. A noviça Joanna, também é muito rica como personagem, uma mulher inteligente, esperta e que aparenta ser frágil mas que possui uma grande determinação e nobreza interior. Me vi torcendo por ela em todos os momentos do livro e da metade para o final da história não conseguia mais larga-lo querendo saber o final que a autora havia reservado para ela.

O único ponto negativo do livro, para mim, foi a diagramação. Não existe divisão de capítulos e o espaçamento não é dos melhores fazendo com que a leitura aparente não sair do lugar. Não sei se a diagramação original da obra é nesses moldes mas isso me cansou um pouco na leitura. De qualquer forma recomendo muito para aqueles que curtem tramas mais elaboradas, bem escritas e cheias de mistério.


Abraços,
   Carol Mylius
CAROLINA MYLIUS
Colaboradora e Resenhista aqui no VDL e tem um BLOG com todos os seus trabalhos. É ilustradora por profissão e por paixão. Ama os livros desde criança e tem a sorte de trabalhar com eles buscando ajudar os autores a mostrar um pouco de sua obra através das capas que ilustra. Seus livros favoritos são: Tiger's Curse, PerdidaA Primeira Regra do Mago, Série Academia de Vampiros.
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.