MEME - Livros Doces

MEME

Olá pessoal, tudo bem?

O blog foi tageado, pela Flávia do blog Livros e Chocolate, para responder um MEME delicioso, também criado por ela, que associa os livros a docinhos. Achei super criativo e agradeço a Flávia pela indicação.



Como sempre, escolher um livro (ou série) por categoria é muito complicado, mas acho que consegui colocar os livros que, para mim, melhor se encaixavam em cada categoria. Eis as minhas respostas.


Brigadeiro
Apesar de comum e popular, é uma delícia e o maior vício! Todo mundo gosta, todo mundo quer e não pode faltar em nenhuma estante! É pra ler e ser relido sempre!




Esse acho que foi o mais difícil de escolher porque tenho muitos livros favoritos que as vezes gosto de reler, mas os livros da Carina Rissi, Perdida em especial, são um vicio e eu não consigo deixar de repetir a dose várias e várias vezes. Não sei se ele é tão popular, mas quem ainda não conhece não sabe o que está perdendo.


Beijinho
Muito conhecido entre a galera e na maioria das vezes deixado de lado por preconceito. É ótimo, mas tem um "cravo" horrível que serve de enfeite e não desce nem a pau. Seria perfeito se não fosse por ele.



Também acho que esse livro não é tão conhecido. Ele é o primeiro de uma série longa, chamada A Espada da Verdade, e já teve até série de TV baseada nele. Mas a série tem dois problemas (na verdade os problemas são da editora Rocco, que trouxe essa série para o Brasil); o preço alto do livro (72,00 reais em média) e o fato de apenas o primeiro da série ter sido publicado até hoje no Brasil (a série tem mais de 10 livros, todos já lançados lá fora). 

Uma pena porque a história é uma fantasia épica maravilhosa e com uma boa dose de romance, o que poucos livros desse gênero tem. Mas eu ainda tenho esperanças de ver os outros livros publicados no Brasil. Nem que seja por outra editora.


Cajuzinho
Muitos conhecem, mas não é do gosto de todos... A história ainda tem um elemento muito necessário e que faz toda a diferença, e se não fosse por ele, o livro não seria o mesmo.



Essa série me chamou a atenção, primeiramente, pelas capas e pelo fato de envolver a mitologia Hindu, o que eu vejo como o maior diferencial dela. É uma das minhas séries favoritas, apesar de a personagem principal ( Kelsey) ser uma das mais chatas e irritantes que eu já encontrei em livros jovem adulto.


olho de Sogra
Muito feio visualmente, mas pode surpreender se houver chance de ser apreciado, de forma positiva, ou não.


Acho essa capa horrível,  principalmente se for comparada com a original, mas essa é uma das melhores séries distópicas que já li e fico feliz de ter superado o preconceito inicial que tive com a capa. Isso vale para a capa do segundo volume da série também, cujo o título é A Missão.


Quindim
Te deixa arrependido, pensando se depois de lido valeu mesmo a pena, afinal, todas aquelas "calorias" são totalmente dispensáveis e fazem um mal danado pra saúde.



Não sei se é porque não curto muito vampiros mas essa série não me desceu. O enredo é zero, os vilões são ridículos e nem mesmo os romances que acontecem me convenceram muito. Não vou dizer que todos são ruins, eu até gostei bastante do segundo e do terceiro volume , mas no geral ela é uma série bem caça níquel e só é boa para quem busca livros eróticos sem muita história. A série já tem 10 volumes publicados no Brasil mas só coloquei as capas dos cinco primeiros livros que foi até onde eu li.


Rocambole
É meio enrolado, mas bom demais!


Essa é uma série que gera emoções intensas nos seus leitores; uns amam e outros odeiam. Pelo menos é assim entre as pessoas que eu conheço que já leram. Isso acontece, em parte, pela narrativa um tanto particular do autor, onde o narrador da história interfere e opina sobre os fatos que estão ocorrendo mesmo não fazendo parte deles e pelo fato de a história demorar um pouco a engrenar, sendo apresentados vários fatos isolados que apenas farão sentido do meio para o final de cada livro. Eu particularmente gostei muito dessa forma de narrativa e também gostei da forma como o autor explorou os contos de fadas, tão conhecidos por todos, de uma forma bastante original.


Casadinho
Difícil de aceitar, mas depois que se prova, é impossível de largar.


Essa foi a primeira série jovem adulto que eu li e foi um pouco difícil para mim acreditar que eu gostaria porque eu nunca curti vampiros, mas ela me foi recomendada por duas pessoas que eu conhecia cujo gosto literário era completamente diferentes e ambos acharam a história muito boa. Bom eu experimentei de curiosa e me tornei viciada na época que li. Hoje já encontrei histórias melhores mas gostei muito de ter conhecido e posso dizer que ela me influenciou a ler outros livros do gênero jovem adulto, além de ter contribuído para o meu aprendizado da língua inglesa.


indicados



Espero que tenham gostado do MEME.
Obrigada a Flávia novamente e se quiserem conferir as respostas dela é só clicarem AQUI.

Abraços,
   Carol Mylius
CAROLINA MYLIUS
Colaboradora e Resenhista aqui no VDL e tem um BLOG com todos os seus trabalhos. É ilustradora por profissão e por paixão. Ama os livros desde criança e tem a sorte de trabalhar com eles buscando ajudar os autores a mostrar um pouco de sua obra através das capas que ilustra. Seus livros favoritos são: Tiger's Curse, PerdidaA Primeira Regra do Mago, Série Academia de Vampiros.
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.