Tudo o que ela sempre quis - Barbara Freethy

Resenha

 Olá pessoal, tudo bem?

Quando vi a capa desse livro pela primeira vez logo pensei se tratar de um romance adolescente no estilo dos livros da Sarah Dessen (Just Listen, A caminho do verão, O que aconteceu com o adeus),  mas a sinopse me lembrava um pouco a trama de Pretty Little Liars. Na real não é nem uma coisa nem outra. O livro poderia se encaixar melhor na categoria de romance adulto com uma pitada de suspense policial  e devo confessar que a história me surpreendeu bastante.



A busca por um terrível segredo pode não ser a melhor opção. Ela era a melhor amiga deles, ou assim eles pensavam — até anos mais tarde, quando seus segredos os levam a uma perigosa busca pela verdade sobre quem ela realmente fora... e por que morrera... Dez anos atrás, em uma festa louca, a linda e estonteante Emily caminhava para sua morte, deixando seus três melhores amigos e suas "irmãs" — Natalie, Laura e Madison — devastados. Nenhum deles esquecera aquela noite — ou o papel que cada um teve na morte de Emily, a culpa que os persegue e a perda que ainda sofrem. Agora, um escritor desconhecido entra na lista dos livros mais vendidos com um romance similar à história deles. Quem é ele? Como ele sabe os detalhes íntimos de suas vidas? E por que ele está acusando um deles como assassino? Quando eles começam a desvendar a verdade sobre a amiga em comum, irão redescobrir um amor que ela perdeu há muito tempo e descobrir segredos que vão mudar sua vida para sempre...

Dez anos após a fatídica noite em que Emily morreu, ao cair da sacada da casa onde estavam em uma festa, o trabalho de Natalie Bishop tornou-se sua vida. Ela agora é uma médica que trabalha na emergência do hospital St. Timothy's de São Francisco. Natalie buscou reconstruir sua vida após a morte da melhor amiga e superar o término do namoro com Cole Parish, irmão de Emily. Mas tudo começa a vir à tona novamente após a publicação de um livro que se tornou sucesso de vendas e tem uma história idêntica aquela vivida por elas naquela noite. Mas acontece que na versão do livro,  Emily não teria morrido em um acidente e sim foi assassinada e, de acordo com o livro, Natalie seria a assassina. E como se ainda não bastasse Cole também resolveu dar as caras novamente e está atrás do autor do livro para esclarecer os fatos. Tudo que Natalie não queria era reviver aquela noite pois existem fatos e atitudes suas que ela ainda não se perdoou, e pior, ela não quer ter que conviver com Cole novamente pois ainda se sente atraída por ele e essa aproximação só a fará sofrer ainda mais.
" Analisou depressa a vida passada com as amigas e Cole. Tinha fome daquela vida como se estivesse de dieta por muito tempo e, de repente, visse um suculento pedaço de bolo de chocolate. É só um pedacinho, disse para si, mais uma conversa ou outra, era tudo de que precisava."
                                                                                                                Pág. 174
Mas não é apenas Natalie que tem coisas que prefere manter para si, as outras duas amigas, Laura e Madison, além de Dylan, melhor amigo de Emily e Cole, e Drew, marido de Laura, também terão coisas a esclarecer e alguns fatos não poderão mais ser mantidos em segredos. Como o autor do livro teve acesso a informações tão pessoais das quatro amigas? E quem seria o amor misterioso de Emily? 

Não vou falar mais nada sobre a trama para não soltar algum segredo importante. Eu não esperava aquele desfecho, mas gostei da resolução do caso. Durante a leituras tive vários suspeitos apesar de ter levado fé que seria um deles por serem óbvios demais mas nunca dá para saber o que o autor pensou até terminar a leitura. Gostei bastante das personagens. As três amigas têm personalidades bem distintas, com suas qualidades e defeitos e parecem não ter nada em comum, mas elas parecem se fortalecer quando estão juntas e a vida de nenhuma delas será a mesma depois desse reencontro. Os rapazes também são personagens interessantes e bem construídos, gostei bastante, principalmente de Cole e Dylan.

Como se trata de um romance adulto, o livro contem cenas mais picantes, mas são poucas e bastante leves, nada que possa ser considerado para maiores de 18 anos. Recomendo a todos que gostam de um bom romance com um toque de mistério.


Abraços,
   Carol Mylius
CAROLINA MYLIUS
Colaboradora e Resenhista aqui no VDL e tem um BLOG com todos os seus trabalhos. É ilustradora por profissão e por paixão. Ama os livros desde criança e tem a sorte de trabalhar com eles buscando ajudar os autores a mostrar um pouco de sua obra através das capas que ilustra. Seus livros favoritos são: Tiger's Curse, PerdidaA Primeira Regra do Mago, Série Academia de Vampiros.
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.