Viva Para Contar - Lisa Gardner

Resenha

Olá pessoal, tudo bem?

Perturbador e aterrorizante são as duas palavras que usaria para definir essa história. Fazia tempo que não pegava um livro que me deixasse com dificuldades para dormir a noite sem ter aquela sensação de que a qualquer momento alguém irá saltar em cima de você com uma faca. Foi assustador e ao mesmo tempo viciante, pois não conseguia largar a leitura.

Em uma noite quente de verão, em um bairro de classe média de Boston, um crime inimaginável foi cometido: quatro membros da mesma família foram brutalmente assassinados. O pai — e possível suspeito — agora está internado na UTI de um hospital, entre a vida e a morte. Seria um caso de assassinato seguido por tentativa de suicídio? Ou algo pior? D. D. Warren, investigadora veterana do departamento de polícia, tem certeza de uma coisa: há mais elementos neste caso do que indica o exame preliminar. Danielle Burton é uma sobrevivente, uma enfermeira dedicada cujo propósito na vida é ajudar crianças internadas na ala psiquiátrica de um hospital. Mas ela ainda é assombrada por uma tragédia familiar que destruiu sua vida no passado. Quase 25 anos depois do ocorrido, quando D. D. Warren e seu parceiro aparecem no hospital, Danielle imediatamente percebe: vai acontecer tudo de novo. Victoria Oliver, uma dedicada mãe de família, tem dificuldades para lembrar exatamente o que é ter uma vida normal. Mas fará qualquer coisa para garantir que seu filho consiga ter uma infância tranquila. Ela o amará, independentemente do que aconteça. Irá protegê-lo e lhe dar carinho. Mesmo que a ameaça venha de dentro da sua própria casa. Na obra de suspense mais emocionante de Lisa Gardner, autora best-seller do The New York Times, a vida dessa três mulheres se desdobra e se conecta de maneiras inesperadas. Pecados do passado são revelados e segredos assustadores mostram a força que os laços de família podem ter. Às vezes, os crimes mais devastadores são aqueles que acontecem mais perto de nós.

Pelo que andei lendo em outras resenhas, esse é o quarto volume de uma série de livros envolvendo a detetive D. D. Warren, sendo que os anteriores ainda não foram lançados no Brasil. Nesse novo caso a detetive Warren irá investigar o assassinato de uma família inteira onde o pai ( possível suspeito do crime) é o único sobrevivente, mas se encontra em estado grave internado na UTI com um bala alojada na cabeça.

Sem ter como interrogar o único suspeito, Warren e sua equipe passam a interrogar os vizinhos e amigos da família para tentar entender o que poderia tê-lo levado a cometer esse crime tão brutal. E é dessa forma que os investigadores descobrem sobre Ozzie, o menino de 9 anos, e filho adotivo do casal, que sofria de esquizofrenia e tinha um histórico de comportamentos violentos. A partir daí Warren inicia uma série de investigações a respeito do menino e dos locais por onde passou, entre eles a CAPB, Clínica de Avaliação Pediátrica de Boston, onde trabalha a enfermeira Danielle Burton.

Danielle foi a única sobrevivente de um assassinato, cometido por seu pai, que matou toda sua família. Crime que nunca deixou de assombrá-la mesmo depois de passados 25 anos do ocorrido. Ela busca esquecer a tragédia tentando ajudar crianças que sofrem de distúrbios mentais seja devido a abusos e maus tratos recebidos por seus pais ou tutores.

“A porta se abriu. Um retângulo de luz forte em meio à escuridão. A sombra do meu pai passando pelo limiar da porta.
Oh, Danielle – disse ele, cantando, com a voz mais clara. - Minha bela e pequena Dani. - Em seguida, ele encostou a arma contra a própria testa e puxou o gatilho.”
Pág. 5 e 6
Na trama também conheceremos Vitória Oliver, uma jovem mãe dedicada e disposta a cuidar de seu filho, Evan, da melhor maneira possível. Evan tem 8 anos e sofre de supersensibilidade, o que traz como consequência um comportamento hiperativo e muito violento além de um lado emocional dado a sentimentos extremos e sem qualquer controle. Mas Vitoria está disposta a tratar de seu filho em casa, mesmo pondo em risco sua própria vida.
“- Você trancou a gaveta das facas – cantarola ele. - você trancou a gaveta das facas. Mas será que escondeu todas as facas? Será, será, será?”
Pág. 26
Em meio a novos crimes e reviravoltas envolvendo crianças com problemas metais além de um xamã disposto a trazer essas crianças para a luz, a história dessas três mulheres irão se cruzar e nenhuma delas está preparada para o que virá a seguir. O assassino pode estar mais próximo do que se imagina. 

A detetive D.D. Warren me lembrou muito outra investigadora bastante conhecida na literatura, a personagem Eve Dallas da série Mortal (da autora Nora Roberts). Ela tem o mesmo temperamento forte, cético e sarcástico além de ser viciada no trabalho. Mas, diferente de Dallas, a detetive Warren carece de algo fundamental; um Roarke, ou melhor, um relacionamento amoroso, aliás, qualquer relacionamento em sua vida particular é inexistente o que a deixa desesperada por um pouco de sexo mesmo que seja com algum colega de trabalho. E o alvo de suas atenções nesse momento é o ex investigador e atual professor universitário Alex Wilson, que está ajudando nas investigações. Mas, apesar de algumas pequenas insinuações sexuais entre eles, em nenhum momento o livro se inclina para um lado mais romântico.

Apesar de ser o quarto livro da série não me senti perdida na leitura em nenhum momento. É possível conhecer bem aos personagens e nenhuma informação a mais foi necessária para meu entendimento. Só torço para que a editora Novo Conceito publique também os outros volumes da série, pois, com certeza, desejo continuar acompanhando os outros casos da personagens.

A leitura é um pouco forte então não recomendo a todos. Contudo, aqueles que curtem tramas policiais vão gostar bastante.

Abraços,
   Carol Mylius
CAROLINA MYLIUS
Colaboradora e Resenhista aqui no VDL e tem um BLOG com todos os seus trabalhos. É ilustradora por profissão e por paixão. Ama os livros desde criança e tem a sorte de trabalhar com eles buscando ajudar os autores a mostrar um pouco de sua obra através das capas que ilustra. Seus livros favoritos são: Tiger's Curse, PerdidaA Primeira Regra do Mago, Série Academia de Vampiros.
Twitter/Facebook/Skoob - carol@vidadeleitor.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.