Resenha Dupla: Branca de Neve e o Caçador - Lily Blake; Hossein Amini e Outros

Resenha

Hey pessoal, tudo bem com todo vocês?

Estão preparados para uma resenha dupla? Espero que sim. Nesta primeira parte faremos uma análise do livro, enquanto na segunda, teremos uma análise do filme. Espero que gostem.

Matheus

Não é de hoje que muitos dos sucessos cinematográficos ganham adaptações para as páginas, um sistema inverso ao de praxe, que muitas vezes supera expectativas, mas em outras, não. O problema está no fato de que muitas vezes é possível adaptar fielmente um livro e, infelizmente, nem sempre temos uma adaptação inversa satisfatória. E é isso que aconteceu comeste livro. Fui com muita sede ao pote achando que seria uma leitura incrível, mas não foi isso o que aconteceu.












Uma nova visão de tirar o fôlego de um conto lendário. Branca de Neve é a única pessoa na terra mais justa do que a Rainha má que pretende destruí-la. Mas o que a perversa Rainha nunca imaginou é que a jovem que ameaça seu reinado vem treinando na arte da guerra com um caçador que foi enviado para matá-la

Quando Ravenna/Rainha Má e seu irmão Finn/Capacho eram pequenos, o exercito do Rei Magnus invadiu sua aldeia e assassinou sua mãe, uma cigana muito poderosa que concedeu à sua filha o poder de roubar a juventude, beleza e vitalidade de outras mulheres e que, pelo resto de sua vida, estaria ligada a seu irmão, de maneira que quanto mais poderosa ficasse, mais poderoso Finn ficaria também. Após o ocorrido, Ravenna jurou que obteria sua vingança e que faria o Rei pagar. Anos depois, com seus planos em curso, Ravenna consegue casar-se com o Rei e assassina-o, bem como a todos que estavam no castelo, exceto Branca de Neve, na noite após o casamento, fazendo  com que o reino entrasse em uma era sombria durante uma década, até o dia em que a pergunta "Espelho, espelho meu, quem é a mais bela de todas?" não recebe a resposta desejada.

Branca de Neve ficou trancafiada durante dez anos em uma das masmorras do castelo, até o dia em que a Rainha demanda por seu coração em uma bandeja de prata. Eis que com a ajuda de duas aves, a menina com a pele tão branca quanto a neve e lábios mais vermelhos que o sangue (QUEM ESCOLHEU A KRISTEN STEWART PARA ESSE PAPEL????? O_O) consegue escapar das masmorras e foge para a Floresta Sombria.

"Pelo mais belo sangue está feito e somente pelo mais belo sangue pode ser desfeito."

Quando comecei a ler este livro, estava com a ideia de que seria uma adaptação bem mais sombria do conto original e, infelizmente, me enganei. Sim, a história é um pouco, pouquíssimo, mais sombria que a original, mas ainda sim temos um ar bem infantil na narrativa e a história de amor entre BdN e o Caçador é tão pífia que é quase inexistente. Como é uma adaptação do cinema, temos passagens de tempo e cenas que não se enquadram em um livro, pois faltam muitos detalhes. Para ilustrar o que acabei de dizer imaginem a seguinte cena no cinema: "Você entra em um quarto". Quando você está de frente para as telas, você sabe que é um quarto pois temos uma cama, um lustre e mesas de cabeceira. Agora imagine a mesma cena, descrita em um livro. Conseguiram? Creio que não, pois faltam os detalhes da narrativa como a cama e o resto da mobília, ou seja, quando não temos a informação completa da cena em um livro, imaginamos apenas um cômodo vazio e, mesmo que você saiba quais moveis compõem um quarto, sem esta informação detalhada durante a narrativa, ficamos vagando entre as páginas.

"Mas agora, depois de sofrer com seu próprio inferno, a Floresta Sombria não parecia tão ameaçadora. Ele estava sozinho. Não tinha ninguém esperando por ele. Tudo o que a Floresta Sombria poderia tomar dele já o tinha feito."

Pág. 75

De todos os personagens o único que apresenta uma verdadeira personalidade e um passado coerente com o que ele é hoje é o Caçador. Fora ele, nenhum dos outros personagens são bem construídos e todos possuem "toques" de contos de fadas, o que não é a proposta do livro já que ele promete algo sombrio e vil. Alguns diálogos são bem elaborados, enquanto outros são manjados e "sem sal". 

A diagramação do livro é simplesmente perfeita. A cada capítulo temos páginas negras com um brasão em forma de escuto contendo um determinado número e logo em seguida somos surpreendidos por uma árvore negra bem desenhada onde temos em seus galhos uma única maçã. A revisão também foi bem meticulosa, achei apenas um erro digitação.

Pessoal, se vocês esperam algo ao estilo de Garota da Capa Vermelha, que apresenta o que realmente propôe-se a fazer, ou seja, uma história malévola envolta em mistério, recomendo que não leia este livro pois será uma grande decepção. Agora, se você não liga e está buscando apenas um remontagem do conto da Branca de Neve, este livro é uma boa pedida.


Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do VDL. Cursa o 5º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, O Sussurro Mais Sombrio  e  Withe Cat.
Twitter/Facebook/Skoob - matheus@vidadeleitor.com

Carol



Olá pessoal, tudo bem?

Bom, eu ainda não li o livro por isso vou comentar as minha impressões do filme. Andei lendo algumas resenhas sobre ele e a maioria considera as atuações dos atores ruins, principalmente da Kristen. Antes de ver o filme achava que podia ser preconceito do pessoal que não curte a atriz por causa do papel dela como Bella na série Crepúsculo. Eu particularmente não tenho nada contra a atriz e acho que como Bella ela até que atua bem afinal a personagem não exige grande interpretações. Mas sou obrigada a concordar com essas opiniões negativas em relação a atuação dela no filme, realmente não foi boa e ficava perceptível principalmente nos momentos onde a personagem Branca de Neve precisava mostrar força e atitude. Faltou carisma na atriz para interpretar aquela personagem. E claro, ela jamais poderia ser considerada mais bela que a Charlize Theron.

Já os outros atores não me incomodaram (principalmente o Caçador *___* aiai) e no geral eu curti bastante o filme. O único problema foi a total falta de química entre a Branca de Neve e o Caçador. No filme o romance é praticamente inexistente, então se estão esperando ver nem que seja alguns beijinhos, esqueçam.  Já a Charlise Theron estava incrível no papel de madrasta, gostei muito da atuação dela e do visual da personagem. Alíás o visual do filme no geral é fantástico. Os cenários e os efeitos são de tirar o fôlego e a trilha sonora é maravilhosa.

Algumas coisa que o Matheus comentou na resenha do livro não são tão perceptíveis no filme, como a motivação da rainha por exemplo. Aliás parece que a Ravenna está viva e destruindo reinos a muito tempo, mas essa história com o rei não fica claro em nenhum momento do filme. Outra coisa que achei ruim foi o fato de que os personagens são tão parcamente aprofundados. Não sei nem qual o nome verdadeiro do Caçador apesar de saber o nome de sua falecida esposa. Muitas coisas ficaram corridas e superficiais.

Enfim, o filme não ficou realmente tão sombrio como parecia ser a proposta, mas tem todos os elementos do conto de fadas original, a madrasta, o espelho mágico, os anões (eu não estava esperando ver os anões nessa versão e eles ficaram ótimos, uma das coisas mais interessantes do filme), e claro, a maçã envenenada.  Até mesmo os animais ajudavam a princesa sem parecer fantasioso e fora desse novo contexto.  No geral, ele é um ótimo entretenimento e vale a pena conferir.

Abraços,
   Carol Mylius
CAROLINA MYLIUS
Colaboradora e Resenhista aqui no VDL e tem um BLOG com todos os seus trabalhos. É ilustradora por profissão e por paixão. Ama os livros desde criança e tem a sorte de trabalhar com eles buscando ajudar os autores a mostrar um pouco de sua obra através das capas que ilustra. Seus livros favoritos são: Tiger's Curse, PerdidaA Primeira Regra do Mago, Série Academia de Vampiros.
Twitter/Facebook/Skoob - carol@vidadeleitor.com

Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.