A Bruxa de Ferro - Karen Mahoney

Resenha

Hey galera, tudo bem?

Quando esse livro chegou aqui em casa eu já fiquei super ansioso pois as capas da Under são as mais bonitas do mercado (Pelo menos para mim XD). Pena que a história não correspondeu  minhas expectativas em... bom... NADA!!






Esquisita. Era assim que chamavam Donna Underwood, 17 anos, no colégio depois de um horrível ataque de encantados matar seu pai quando ela era criança. Seus ferimentos e a reabilitação resultaram em força aumentada pela magia, graças às tatuagens de ferro em seus braços e nas mãos. Como filha de alquimistas, ela é abençoada e amaldiçoada, ao mesmo tempo, por uma herança de magia que não deixa muito espaço para garotos, festas e lições de casa. Agora, depois de dez anos desejando uma vida normal, ela finalmente é forçada a aceitar seu papel na guerra de séculos contra os mais sombrios proscritos do povo encantado: Os Elfos das Trevas. Agora Donna vai ter que correr para salvar a vida do melhor amigo – mesmo que para isso tenha que trair um dos maiores segredos do mundo e enfrentar justamente aquilo que destruiu sua família.


Donna Underwood é uma adolescente normal, irritante e "sem noção", tirando o fato de que é filha de alquimistas muito poderosos e  que possui nos braços tatuagens de ferro que garantem a ela um poder incrível e força sobre-humana. Tais tatuagens foram concedidas a Donna após um acidente envolvendo elfos da floresta, que resultou na perda de seus dois braços. Muitos anos depois, tais elfos, banidos do mundo humano, começam a perseguir Donna e a atacar seus amigos em plena luz do dia. É ai que começa nossa aventura cheia de mistérios e decepções.

Donna é MUITO idiota chata (sério eu queria bater nela enquanto lia o livro). Mesmo que essa seja a personalidade de uma adolescente, após todos os problemas e provações que ela passou, era para pelo menos ter desenvolvido um pouco de maturidade. Mas não, ela é teimosa e expõe seus poderes em plena escola só porque uma patricinha começou a provoca-la. 

Outro ponto negativo no livro é a falta de revisão da editora, já esperava que esse livro seria assim pois a Under se preocupa mais em fazer uma capa bonita do que passar o livro por uma verdadeira edição. Erros gritantes como palavras faltando letras e frases sem nexo são comuns durante a leitura. Mas, acima de tudo, o que mais me chamou a atenção, é a falta de uma história continua. Em algumas partes você está com Donna em uma floresta, na seguinte você já está na sala da tia dela conversando sobre trivialidades, sem falar que o livro não dá explicações sobre os próprios personagens de maneira que se você não fizer uma pesquisa ou já tiver lido uma outra obra com tal explicação, você não terá contexto.

Bom pessoal, essa foi a impressão que a leitura me passou, não recomendo esse livro. Contudo, vocês devem  tirar suas próprias conclusões já que o que foi exposto acima não é a verdade absoluta, é apenas o que EU achei do livro. 

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do VDL. Cursa o 5º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, O Sussurro Mais Sombrio  e  Withe Cat.
Twitter/Facebook/Skoob - matheus@vidadeleitor.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.