Vaquinha literária. Aquela que deveria ser aprovada por Lei.

Coluna Affel

Olá Galera!

Vamos às novidades da semana:

Para começar, a Submarino, está com uma promoção de fazer qualquer bolso saltar das calças! Você já pensou em uma estante de 10 mil livros por 10 reais cada? MAS É ISSO MEU QUERIDO QUE OS LINDOS DA SUBMARINO ESTÃO FAZENDO! E como de praxe, eu sempre caio nas garras de promoções literárias, seja ela qual for.


Por isso, para aguçar a conta bancária de vocês, vou mostrar alguns deles aqui:













"Ela havia perdido todas as esperanças...
Até encontrar um homem que cumpre suas promessas...
Enquanto estiver lendo a minha história, há algo que quero que compreenda. Apesar de todo o sofrimento - passado, presente e o que ainda virá -, eu não teria feito nada diferente. Nem trocaria por nada o tempo que passei com ele - exceto pelo que, afinal, eu troquei."


Beth Cardall tem um segredo. Durante dezoito anos, Beth Cardall não teve escolha senão guardá-lo para si seu segredo, mas, na véspera do Natal de 2008, tudo isso está prestes a mudar. Para Beth, 1989 foi um ano marcado pela tragédia. Sua vida estava desmoronando: sua filha de seis anos, Charlotte, sofria de uma doença misteriosa; seu casamento transformou-se de uma relação aparentemente feliz e carinhosa em algo repleto de traição e sofrimento; seu trabalho estava por um fio e ela perdera totalmente a capacidade para confiar, ter esperanças e acreditar em si mesma. 

Até que, um dia extremamente frio, após atravessar uma nevasca até a loja de conveniência mais próxima, Beth encontra Matthew, um homem misterioso e encantador, que mudaria de uma só vez o curso de sua vida. Quem é esse homem, e como ele parece conhecê-la tão bem? Matthew a persegue incansavelmente, mas somente após se apaixonar perdidamente é que descobre seu incrível segredo, transformando sua forma de ver o mundo, assim como seu próprio destino nessa história de tirar o fôlego sobre como o amor é capaz de mudar todas as nossas perspectivas. 





Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo.
Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?




House M.D. É uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente e isso se deve ao seu protagonista, o Dr. House (interpretado por Hugh Laurie), um médico politicamente incorreto e bonitão que resolve casos que ninguém mais consegue enquanto detona seus pacientes, destila comentários sarcásticos a todos que estão à sua volta (especialmente seus subordinados) e se acha o dono da verdade.
Este livro faz um raio X da vida do Dr. House e dá lições práticas de como ser mais parecido com ele e utilizar suas filosofias no seu dia a dia. Você se surpreenderá em como muitas das coisas ditas aqui se encaixam em sua vida e verá que o médico rabugento pode ter razão. O autor não tem a pretensão de ser o dono da verdade (afinal, ele sabe bem que esse é o papel de House), por isso, logo nas primeiras páginas, ele explica:
"Este é um livro de autoajuda, mas será que vai mesmo ser útil? Quantos livros que prometiam a felicidade você comprou anteriormente e acabaram no lixo? Antes de perder tempo e dinheiro na aquisição e leitura deste guia que tem em mãos, responda algumas questões propostas aqui e verifique se precisa mesmo comprá-lo".

Como eu não pretendo parar por aqui nesse processo de enlouquecimento em massa, vou falar sobre um livro que eu estou doente para ter em mãos: Mathilda Savitch de Victor Lodato. 

Eu sei que eu não consigo esconder o meu gosto mórbido por histórias macabras, então, lidem com isso:






Mathilda Savitch tem conflitos que extrapolam as dores comuns da adolescência: sua irmã mais velha é brutalmente assassinada, jogada na frente de um trem por um desconhecido. Com a angústia de uma nação em guerra contra o terrorismo e os pais enlutados pela tragédia familiar, Mathilda decide usar a maldade para provocar alguma reação neles, que estão completamente catatônicos. Eleito o melhor livro de 2009 pelo The Christian Science Monitor, pela Booklist e pelo The Globe and Mail, o romance de estreia do poeta e dramaturgo Victor Lodato retrata, de maneira impressionante, a vulnerabilidade e a aparente ousadia adolescente. 

Legal, não é?

E para finalizar essa minha aparição a La Becky Bloom na versão consumista literária, é ano do Centenário de Nelson Rodrigues, e eu não sei vocês, mas ele é meu dramaturgo preferido e não vejo a hora de lançarem o volume único com todas as suas peças. Assim que isso acontecer, corro aqui para me descontrolar em espasmos de histeria.


Até já, bonitinhos!
   Nathalia Affel
NATHALIA AFFEL
Uma News Poster hiperativa, estudante de teatro e comunicação social. Professora de inglês e cantora nas horas vagas (aquelas onde não tem ninguém por perto). Irremediavelmente viciada em livros, séries e filmes, tenta ler e ver tudo ao mesmo tempo. Fã de HP desde que recebeu sua carta de Hogwarts. Seus livros preferidos são aqueles que a fazem desligar do mundo real, os que dão medo e os que a fazem sorrir de satisfação. Então culpem Stephen King, J.K. Rowling, Agatha Christie e Mr. Poe pelo monstrinho que criaram.
Twitter/Facebook/Skoob - natffel@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.