Julieta Imortal - Stacey Jay

Resenha


Olá pessoas, beleza?

Este foi um livro polêmico. Muita gente adorou o estilo de escrita da autora, bem como o mundo criado por ela. Contudo, muita gente também não aderiu a esta premissa de que Romeu e Julieta são uma farsa. Como não tinha grandes expectativas com esse livro, não posso afirmar que ele é ruim, já que li livros muito piores, mas também estaria sendo desonesto com meus leitores se dissesse que é um livro bom.







Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.

Antes de mais nada vamos a algumas definições. Os Embaixadores da Luz, representado por Julieta, que está dentro do corpo de Ariel, são "entidades" superiores que tem por função preservar o amor verdadeiro. O que é o oposto dos Mercenários do Apocalipse, representado por Romeu, que está no corpo de Dylan, cuja função é não somente acabar com tal amor como também fazer com que um dos amantes acabe com a vida de sua alma gêmea, conseguindo assim a vida eterna e se tornando um Mercenário. Toda vez que um amor verdadeiro surge, o que apesar do que muitos pensam, não ocorre toda hora, um Embaixador e um Mercenário são enviados à terra com o intuito de conseguir com que os "participantes" entrem para seu "time". 

O livro começa com Ariel/Julieta e Dylan/Romeu presos dentro de um carro que caiu no acostamento. Quando tal acidente ocorreu, Dylan morreu instantaneamente, dando lugar ao espirito de Romeu que como Mercenário, só pode ocupar um corpo sem vida. Ariel permaneceu viva mas Julieta já havia tomado seu corpo. Tal ocorrido assusta ambas as partes pois nunca Romeu e Julieta voltaram à terra tão próximos um do outro e, como de praxe, um tenta matar o outro para conseguir completar seu objetivo. Ao tentar escapar, Julieta corre e pede carona na estrada, entrando no primeiro carro que aparece, não sabendo ela que a pessoa que lhe deu tal carona terá um grande papel nessa luta. Essa foi a parte mais confusa do livro. Tive que ler 5 vezes para realmente entender quem era quem já que não fica explicito se quem está falando é a Julieta ou a Ariel.

Após tal ocorrido, Julieta começa a viver a vida de Ariel e ao sair com sua melhor amiga Gema e seu namorado, descobre que este é o casal pelo qual ela foi mandada de volta para a terra e que se quisesse garantir um amor verdadeiro para sua amiga, teria de enfrentar os fantasmas de seu passado. O que não é uma missão fácil já que ela se apaixona pelo namorado de Gema.

Infelizmente esse não foi um livro que me convenceu. Quando recebi pensei que seria uma remontagem do romance de Shakespeare para os dias atuais, mas a autora conseguiu, de uma forma única, distorcer um clássico ao ponto de eu ter que ler trechos da história original para me recuperar do trauma.

A capa é muito bonita. A diagramação e revisão estão perfeitas, mas o estilo de escrita da autora não foi algo que me cativou. Contudo, como eu disse no inicio deste texto, muitas pessoas gostaram do livro, por isso nada melhor do que adquiri-lo e tirar suas próprias conclusões. ^ ^

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do VDL. Cursa o 5º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, O Sussurro Mais Sombrio  e  Withe Cat.
Twitter/Facebook/Skoob - matheus@vidadeleitor.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.