Das Páginas ao Oscar

Coluna Affel

Olá galera! Tudo bem com vocês?

Como vocês já devem saber (e possivelmente, estarem ansiosos como eu) o Oscar 2012 está chegando. Eu ainda não consegui assistir todos os indicados à melhor filme, mas faltam poucos pra eu poder escolher o meu favorito com conhecimento de causa!

Bom, nós somos amantes literários irremediáveis e se existe algo melhor do que assistir um filme, é poder ler o livro que deu origem a ele (e sucessivamente palpitar, criticar, elogiar, comparar, odiar ou amar).

 Cavalo de Guerra (War Horse)


O livro foi escrito pelo inglês Michael Morpurgo, publicado no Reino Unido em 1982, tendo sua primeira edição aqui no Brasil, em 2011, pela editora Martins Fontes. A história se passa no ano de 1914, na Primeira Guerra Mundial, quando Joey, um cavalo de pelo avermelhado, é vendido às tropas militares inglesas e separado de seu dono Albert. O Interessante desse livro é a forma como a história é contada, do ponto de vista do próprio cavalo. Joey compartilha com o leitor tudo o que passou e viu em meio à guerra e descreve tudo o que sentiu, inclusive a saudade do seu dono.

Para chegar as telonas, o livro foi adaptado pelo eterno Steven Spielberg e já está em cartaz na maioria dos cinemas brasileiros, assim como o exemplar do livro à venda nas melhores livrarias.


A Invenção de Hugo Cabret (Hugo



Junto com “O Cavalo de Guerra” nós temos um dos meus favoritos, A Invenção de Hugo Cabret (Hugo), que é o mais cotado a favorito desta edição do Oscar. É baseado no livro de Brian Selznick, que foi lançado em 2007. O livro conta a história de um menino órfão que mora escondido na central de trem de Paris em 1930. Hugo, é responsável pelos relógios do lugar e se mantém no anonimato por guardar um incrível segredo que é posto em risco quando sua vida cruza com a do dono da loja de brinquedos da estação. Tenho o prazer de tê-lo em minhas mãos e sou completamente apaixonada, as ilustrações são fascinantes e dão um toque único à história. 

O Homem que Mudou o Jogo



Em seguida nós temos “O Homem que mudou o jogo”, filme baseado no livro Moneyball: The Art Of Winning Na Unfair Game. Lançado em 2003 pelo autor Michael Lewis, o livro que ainda não chegou ao Brasil, foca as tentativas de Beane, gerente geral do time de baseball, de criar um time competitivo para a temporada, ultrapassando dificuldades financeiras da equipe.

Tão Forte, Tão Perto




Já Jonathan Safran Froer lançou em 2005 o livro que deu origem ao filme “Tão forte, tão perto”, adaptado para o cinema por Eric Roth narra a vida do excepcional Oskar Schell que aos nove anos já é pacifista, admirador da cultura francesa e inventor.

A Resposta



Depois de 60 rejeições durante cinco anos, Kathryn Stockett conseguiu lançar o seu primeiro livro “A Resposta” que aposto que ninguém sonhava que ficaria por muito tempo na lista dos mais vendidos do New York Times e ganharia uma adaptação para o cinema por Tate Taylor, concorrendo ao Oscar com o nome “Histórias Cruzadas”, um romance cheio de otimismo protagonizado por uma jovem escritora à procura do tema certo para o primeiro projeto.

Os Descendentes




E por último, porém não menos importante, afinal foram cinco indicações, vem o livro que deu vida à “Os Descendentes”, escrito pela havaiana Kaui Hart Hemmings e apesar de ter sido lançado em 2007, só chegou ao Brasil agora em 2012. Um drama leve, que gira em torno da vida de Mathew um advogado muito rico e ensina a capacidade de mudança e renovação do ser humano.


E então? Gostaram? Já escolheram o seu favorito? Conte-nos!!

Beijos,
   Nathalia Affel
NATHALIA AFFEL
Uma News Poster hiperativa, estudante de teatro e comunicação social. Professora de inglês e cantora nas horas vagas (aquelas onde não tem ninguém por perto). Irremediavelmente viciada em livros, séries e filmes, tenta ler e ver tudo ao mesmo tempo. Fã de HP desde que recebeu sua carta de Hogwarts. Seus livros preferidos são aqueles que a fazem desligar do mundo real, os que dão medo e os que a fazem sorrir de satisfação. Então culpem Stephen King, J.K. Rowling, Agatha Christie e Mr. Poe pelo monstrinho que criaram.
Twitter/Facebook/Skoob - natffel@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.