Leitura Sonora #01

Música


Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Aqui é a Amanda, do blog Lendo & Comentando, e agora tenho uma coluna aqui no Vida de Leitor! A cada duas semanas escolherei um livro que eu já tenha lido e vou montar uma trilha sonora para o mesmo. 

Em vários momentos das minhas leituras eu me pego imaginando alguma música que se encaixaria perfeitamente naquele momento, então, será um prazer escrever essa coluna. Espero que gostem! ;)



Set List









Podem dois irmãos adotivos se apaixonarem um pelo outro?
Caroline e Leandro são dois adolescentes de uma bem resolvida família de classe média, ele adotado, ela filha biológica do casal Marco e Lúcia. Diante dos conflitos da adolescência, do colégio, do vestibular, ambos se vêem diante de mais um dilema: um amor impossível e todas as consequências da busca pela felicidade ao lado da pessoa amada. O desafio dos dois em entenderem o que passa consigo mesmo, em enfrentar os pais, a sociedade e sua própria consciência é exposta neste romance honesto, ágil e de final surpreendente.


Música tema do livro
P.D.A (We just don’t care) — John Legend


.

Let's go to the park.
I wanna kiss you underneath the stars.
Maybe we'll go too far.
We just don't care.
Vamos ao parque.
Eu quero te beijar sob as estrelas.
Talvez a gente vá além.
Simplesmente não nos importamos.

O livro aborda um tema polêmico e é ao mesmo tempo, romântico. Conta a história de dois irmãos — Carol e Leandro — que se apaixonam. Carol é filha biológica do casal e Leandro foi adotado. Quando duas pessoas se gostam deveria ser simples, não é? Devem ficar juntas, ponto. Mas não foi bem assim pra eles, aliás, acho que nunca é simples assim pra ninguém.

Música tema do casal (Carol e Lê)
Iris – Goo Goo Dolls

.

And I don't want the world to see me.
Cause I don't think that they'd understand.
E eu não quero que o mundo me veja.
Porque eu não acho que eles entenderiam.

Vistos por muitos como dois adolescentes inconsequentes que não entendem a loucura que estão cometendo, Carol e Lê sofrem por não poderem viver esse sentimento que nutrem um pelo outro. Tentam, a sua maneira, encontrar uma forma de não complicarem ainda mais as coisas... Evitar os olhares estranhos, os julgamentos e a culpa, que inevitavelmente surge, por sentirem um pelo outro, mais que amor de irmãos.



Música para cena especial
I Will Be – Avril Lavigne

.

I will be, all that you want.
And get myself together.
Cause you keep me from falling apart.
All my life, I'll be with you forever.
To get you through the day.
And make everything O.K.
Eu vou ser, tudo o que você quiser.
E me recompor.
Pois você faz com que eu não caia aos pedaços.
Toda a minha vida, eu vou estar com você eternamente.
Para fazer com que você siga com o dia
E fazer tudo estar bem.

CENA
“Seus olhos pareciam disputar o brilho com o sol daquela linda tarde, os dois sorriram, sem palavras. Caroline, então fez menção de dizer alguma coisa, pedir desculpas, como imaginou Leandro, que, com um discreto movimento pediu-lhe silêncio. Seus rostos, finalmente depois tanto tempo de espera, se aproximaram. E enquanto seus olhos enchiam-se de lágrimas, pois seus corpos já não comportavam tanta alegria, seus lábios tocaram-se terna e majestosamente, num beijo que refletia todo aquele sentimento contido, ignorado, reprimido por tanto tempo, mas que resistira a tudo e agora se libertava e vencia.”


A cena não precisa de muitos comentários. Simplesmente não podia deixar de citar aqui algum momento dos dois juntos. Quando se gosta de alguém, estar perto é primordial. E esse simples ato, “estar junto” eram momentos mais que especiais para os dois.



Música final
Fix you – Coldplay

.

When you lose something you can't replace.
When you love someone, but it goes to waste.
Could it be worse?
Quando você perde algo que não pode substituir.
Quando você ama alguém, mas é desperdiçado.
Pode ser pior?

Nada pior que ser privado de fazer algo que queira. Sentimentos são involuntários. Controla-los? De que maneira? Com um final surpreendente, esse livro me emocionou bastante. E com uma mensagem que vai soar clichê, Todas as estrelas do céu, nos mostra o quanto um sentimento pode ser forte e o como podemos ir para a direção oposta a nossa felicidade por impedimentos que outras pessoas insistem em colocar no nosso caminho.


“Nenhum amor é amaldiçoado, esta é justamente a face mais perfeita do imperfeito ser humano.” — Página 61

Abraços,
Amanda Azevedo
AMANDA ALMEIDA
Uma das administradoras do blog Lendo & Comentando. 18 anos, estudante de Direito. Não sabe muito bem o que esperar da vida nem o que a vida espera dela. Livros, séries e músicas são seus grandes vícios. Lê, assiste e ouve um pouco de tudo. Seus livros favoritos são: Os Miseráveis, Just Listen, Antes que eu vá, Jogos Vorazes.
Twitter/Facebook/Skoob
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.