Liberte meu Coração - Meg Cabot

Oi gente,

Depois de cinco dias corridos que passei em São Paulo, estou voltando à rotina normal e tenho várias resenhas atrasadas para escrever. Vou começar a lista com o último livro que li recentemente.

Este livro eu terminei de ler na viagem, durante o tempo de espera no aeroporto e no avião. Apesar de ser relativamente grande (o livro tem mais de 400 páginas), ele é uma leitura muito rápida e agradável.

O livro é uma brincadeira da Meg Cabot onde a autora seria, na verdade,  a princesa Mia Thermopolis, personagem do livro Diário de uma Princesa. Como Mia sempre quis ser escritora, essa seria a sua primeira obra, contando com a ajuda da diva Meg Cabot.

No livro acompanhamos a história de Finnula Crais, uma jovem rebelde e aventureira, filha caçula de seis irmãos e a preferida de seu irmão mais velho, Robert, o moleiro da comunidade e atual guardião da família. Finnula gostava de desafiar os costumes locais se vestindo com calças compridas e saindo para caçar, com seu arco, os animais considerados propriedades do conde local. Mesmo estando constantemente sob os olhares atentos do xerife De Brissac e de Reginald Laroche, atual guardião das propriedades do conde, Finnula sempre arrumava um jeito de distribuir a carne obtida nas caçadas entre os habitantes locais que estavam necessitados.

Um dia, para ajudar uma de suas irmãs, Finnula parte à caça de uma presa maior: um cavaleiro com posses que tenha condições de pagar um resgate por seu sequestro. Mas o que Finnula não esperava era que sua vítima seria nada mais nada menos que Hugo Fitzstephen, cavaleiro recém chegado das cruzadas e único filho e herdeiro do conde à qual sua família devia vassalagem.

Hugo, encantado por sua captora, acaba aceitando o sequestro fingindo ser outra pessoa. Finnula planejava levar seu cativo até sua casa para assim receber o dinheiro do resgate mas não consegue evitar se envolver com esse cavaleiro misterioso muito mais do que gostaria.

Confesso que esperava um pouco mais do livro, já que ouvi falar muito bem dele em vários blogs, mas ele é até bem previsível e quem já leu romances de banca, não vai encontrar nada de diferente.

Mas quem busca uma leitura leve, romântica e divertida esse livro é um prato cheio. Tanto Finnula quanto Hugo são personagens maravilhosos e com temperamentos semelhantes o que rende muita discussão entre os dois e muitas gargalhadas para nós, leitores. O final é bem previsível, assim como os vilões, mas nada que estrague a leitura.

Dou destaque para o cachorro de Finnula, Gros Louis (o nome é a tradução para o francês de Fat Louie, que é o nome do gato da princesa Mia). Ele é muito fofo!! ^ ^

Enfim, mais um ótimo livro da Meg Cabot. Estou começando a ficar fã dessa autora.

Abraços a todos.
Carol