Feios - Scott Westerfeld


Olá queridos amigos leitores! 

Hoje o livro que irei resenhar é um livro que me surpreendeu muito. Estou falando de Feios, de Scott Westerfeld. A história é uma bela metáfora de nossa sociedade, cada vez mais interessada na aparência do que na essência e traz uma boa discussão sobre a busca frenética pela perfeição do corpo que vem causando cada vez mais problemas para todos.

Em Feios, temos uma sociedade que já exige a perfeição de todos os seus habitantes. Cada um deles, ao completar 16 anos, é obrigado a passar por um tipo de operação onde todos os seus “defeitos” são consertados e assim ele pode se iniciar no convívio social. Nesse futuro distante vive Tally, uma garota que sonha desde os 12 anos com o dia em que fará a sua transformação. Os habitantes que ainda não passaram por esta transformação vivem isolados num local chamado Vila Feia e os que já passaram por ela vivem na Nova Perfeição. Contudo para todo sistema imposto, sempre há quem se rebele. Tally conhece Shay, uma garota que sonha,  não em ser perfeita, mas em fugir deste modelo imposto e partir em busca de  sua liberdade. Mas quem não gostaria de tornar-se eternamente belo? Os segredos e consequências da operação vão sendo revelados gradualmente, ao longo das decisões de Tally.

Em Feios, quem não se enquadra vive num local chamado Fumaça, onde ficam os feios fugitivos. Tally não consegue segurar a sua ansiedade para ir à Nova Perfeição, mas agora o seu sonho está comprometido, pois Os Especiais querem saber pra onde a sua amiga e os outros feios fugitivos foram,  embora Tally  tenha prometido não contar isso a ninguém. Mas se ela não contar corre o risco de  continuar feia para sempre. E agora? Só vocês lendo o livro para descobrirem.

Inicialmente eu não esperava muito deste livro. Comprei-o porque uma promoção na Saraiva por 9,90, mas a leitura é interessante e a temática também. A maneira como Scott escreve deixa a desejar em alguns pontos, pois a sua escrita não é dinâmica e tão clara como a história pede. Contudo, os personagens são fortes e crescem no decorrer da trama, fazendo com que a nossa imaginação voe solta. Os aspectos descritivos também são um bom alimento para a imaginação,  pois é como se fizéssemos uma viagem no tempo para visualizar os detalhes da futurista Vila de Feios. 

O livro é o primeiro de uma série, lançada nos EUA em 2005 e que inicialmente teria apenas três volumes: Uglies (Feios), Pretties (Perfeitos) e Specials (Especiais). Os três já foram publicados no Brasil.  No entanto, a saga foi expandida com a publicação de um quarto romance, Extras (2007). No Brasil ainda não há previsão para o título, mas em Portugal foi lançado com o título Excepcionais. Todos os livros entraram para a lista de best sellers do The New York Times, e conforme informações do IMDB (The Internet Movie Database) , a série Feios também vai virar filme. Os produtores são os mesmos de Eragorn, e o estúdio é o de Querido John. O filme trará um resumo de toda a série.

Feios é um livro despretensioso, mas interessante, pois aborda aspectos muito relevantes da nossa sociedade numa perspectiva de uma sociedade distópica. Além das metáforas sobre a beleza e as transformações da adolescência o livro também traz sub-temáticas importantes de toda história futurista como questões sore o meio ambiente e uso dos recursos naturais. Vale a pena ler!