Celular - Stephen King


Onde você estava no dia 1º de Outubro?


Saudações novamente, leitores do Vida de leitor! 
Dessa vez optei por descrever o meu livro favorito de Stephen King: "Celular". Na verdade, não sei por que jã não havia escolhido esse para a minha primeira resenha, mas isto não vem ao caso.



No dia 1º de Outubro, Clay Riddel estava em Boston, e acabara de vender os direitos de sua primeira Graphic Novel, e ao comemorar comprando um sorvete, vê o inferno aparecer diante de seus olhos. Simultaneamente, todas as pessoas que falavam ao celular, naquele dia, ouvem O Pulso.


O Pulso é um sinal que foi enviado para todos os celulares do mundo, e transformou todos que o ouviram em zumbis - aqui chamados de fonáticos. No início, as pessoas que ouviram o pulso começaram a comer todas as pessoas que viam pela frente, mas depois foram tomadas por um instinto assassino irrefreável. No meio do caos, Clay salva a vida de Tom McCourt, e os dois empreendem uma viagem para casa. No caso de Clay, casa é onde estão seu filho e sua mulher, no estado do Maine.

É um livro fantástico, aterrorizante, envolvente e impossível de largar. A preocupação de Clay com o filho e a mulher, e o terror psicológico transmitido durante a trama são impressionantes. Celular tornou-se meu favorito, e estou certo que se tornará o seu também.

Desejando uma ótima semana a todos, EXCELSIOR!
Nicolas Luantes