Em Tuas Mãos - Inês Pedrosa

Olá queridos amigos leitores!

O dia dos namorados já passou, mas o livro que trago hoje fala sobre o amor em todas as suas formas e medidas. Este livro é cheio de palavras lindas, que me conquistaram a cada minuto que li e que me fizeram transbordar de lágrimas. 

Em Tuas Mãos é um romance que narra as memórias de três mulheres, de três gerações diferentes, através de registros, como um diário, um álbum de fotografias e uma coleção de cartas. Cada história conta também um pouco da história de Portugal, numa mistura perfeita entre o romance e as mudanças sociais e políticas de cada época.

Jenny, a avó, escreve em seu diário as dificuldades e tormentas de seu amor não-correspondido por Antônio, seu marido, firmemente escamoteado num casamento de aparências. Camila, a mãe, retrata em seu álbum a amargura e o desencanto de quem sofreu na própria carne as brutalidades de uma ditadura. Camila é um retrato de solidão e de um amor que foi apagado pela rudeza da realidade. Natália, a filha, se expressa nas cartas em que escreve para a avó, onde expõe sua busca libertária pela felicidade e os seus desencontros com a mãe. 

São três histórias que mostram as lutas femininas e as diferentes formas e geometrias em que o amor se traduz. A força destas três mulheres está no forte sentimento que compartilham e que nutrem uma pela outra, apesar das distâncias construídas pelo tempo. O livro é um perfeito desenho de delicadeza e sensibilidade, e as palavras da autora são tão doces, que nos seduzem, nos levam para lugares distantes e nos emocionam de uma forma que eu não consigo encontrar palavras para descrever. É simplesmente encantador!

O amor, Camila, consiste na divina graça de parar o tempo. E nada mais se pode dizer sobre ele.  (p. 25)

Descobri cedo nas fotografias da minha mãe que a felicidade é uma coleção de instantes suspensos sobre o tempo que só depois de amarelecidos pela ausência se revelam”.  (p. 150)

Amor, amizade, o que é que isso quer dizer? São convenções, minha querida. As pessoas amam-se  ou não se amam. Depois há diversas formas de exprimir este afeto, que vão mudando ao longo do tempo. (p. 186)
Inês Pedrosa é jornalista e escritora.  Em Tuas Mãos é o seu segundo romance - seu terceiro livro - e foi publicado em 1997. Ganhou o prêmio Máxima de Literatura em Portugal. E é um dos meus livros favoritos. Recomendo!

Beijos a todos e boas leituras!
Ilmara