Bento - André Vianco

Olá aos leitores do blog Vida de Leitor! 
Seguindo os passos do Nicolas, que escreveu a resenha de "Os Sete", a minha resenha de hoje é sobre um outro livro do autor brasileiro André Vianco. Como já li alguns livros dele, acabei escolhendo aquele que mais me agradou, o livro “Bento”. 

A história se passa em um cenário pós-apocalíptico desencadeado após uma fatídica noite, onde a maior parte dos habitantes do planeta entra em um sono profundo. Os que continuam acordados são divididos em dois grupos, os vampiros e os seres humanos normais, e que agora precisam lutar para sobreviver em um mundo repleto de sugadores de sangue.
O livro não conta como foi a noite em que os humanos caíram no sono e nem o motivo do mesmo acontecer. A história em si ocorre alguns anos depois, quando Lucas, nosso personagem principal, desperta em uma cama de hospital, sem se lembrar de nada e nem por quanto tempo esteve dormindo.


Desde que surgiram os vampiros muita coisa mudou em nosso mundo. Já não há mais energia elétrica, água potável e esgoto tratado. Tudo que dependia de energia elétrica ou de tecnologia foi esquecido e está em ruínas. A única esperança de a raça humana prevalecer sobre os vampiros está depositada em humanos “especiais” conhecidos pelo nome de Bentos. Estes seres de enorme poder usam espadas de prata para derrotar hordas inteiras de vampiros assassinos.
A missão de Lucas, assim como sua história pessoal, vão sendo revelados no decorrer do livro, a medida que ele vai superando os desafios que aparecem.


Apesar de um enredo envolvente e cativante, o final do livro deixou um pouco a desejar, pelo menos para mim. Ao serem revelados, os segredos que te prendem durante todo o livro se tornam sem graça e até bobos.
Este único ponto negativo não estraga a ótima leitura que o livro traz e os incríveis momentos que te fazem ficar preso as quinhentas e vinte páginas do livro.
É um bom livro, e é nacional! Recomento a todos que leiam pois não irão se arrepender.
Abraços!
Victor