Resenha + Promoção: Cemitérios de Dragões - Raphael Draccon


Saudações, caros leitores, como vocês estão?

Apesar de já ter ouvido falar desse autor, até então nunca havia lido nenhuma obra sua. Confesso que a capa de Cemitérios de Dragões foi um dos grandes chamativos para mim, e meu interesse aumentou ainda mais quando parti para a leitura da sinopse. A fantasia presente aqui foi bem empregada e trabalhada, além disso, temos uma grande variedade de fantásticos que acabam por dar vida ao contexto em que história se passa. Contudo, alguns aspectos deixaram a desejar.




Em diferentes pontos do planeta Terra, cinco pessoas com histórias e origens completamente distintas desaparecem por motivos variados e acordam numa outra realidade. Em meio a guerras envolvendo demônios, dragões, homens-leão, seres fantásticos e metal vivo, os cinco precisam compreender os motivos de estarem ali e combater um mal que talvez não possa ser impedido. Este é o mote de Cemitérios de dragões, o novo romance de Raphael Draccon, que marca a estreia do selo Fantástica. No livro, o autor de Dragões de Éter apresenta uma versão moderna e adulta de um universo inspirado por séries queridas por toda uma geração como Jaspion, Changeman, Flashman, Black Kamen Rider e Power Rangers.




Nesta trama passamos a conhecer cinco pessoas que acabam acordando em uma realidade diferente, cujo poder estava nas mãos de seres Dracônicos. Após acordar nesse mundo, Derek, um soldado de 27 anos e que não se lembrava de como chegara ali, viu-se escravizado e forçado a trabalhar em uma das minas draconianas que também abrigava anões, gigantes e outros seres que foram forçados a tal tipo de trabalho. Vivenciando as piores condições de vida, uma rebelião se inicia, momento este em que Derek conhece Amber, uma lutadora e garçonete irlandesa. Já em Taremu, a africana Ashanti está sendo treinada pelos soldados do príncipe Rogga Maru II, que acreditam na profecia de que alguém seria enviado para salvar aquele mundo. "Juntos" eles irão mostrar suas melhores habilidades e demonstrar que podem derrotar Asteroph, o demônio-rei, e Ravenna, a demônio-bruxa.

Séries clássicas de super-heróis Tokusatsu.
- Antigamente, quando cada raça possuía o próprio governo, essa dimensão possuía um propósito diferente. Falava-se em evolução onde hoje fala em guerra. Havia conflitos e caça, e havia contatos entre culturas, mas nenhuma raça buscou conquistar para si a hegemonia.
Pág.: 48

Um dos aspectos mais perspetiveis em Cemitérios de Dragões são as referências culturais às clássicas séries que marcaram a infância de muitos, até a minha, como por exemplo Jaspion e Power Ranger, da mesma maneira que podemos encontrar menções a Star Wars. Apesar de ter adorado essas referências, confesso que no começo da leitura me senti deslocado diante de tantos detalhes referentes aos aspectos físicos dos seres Dracônicos. Porém, é inegável dizer que Raphael apresenta uma forma diferente de narrar, uma vez que ele consegue nos surpreender a cada trecho, bem como a utilização de toda potencialidade em descrição dos confrontos, fugas e cenas bizarras, violentas e horrendas, que para alguns podem ser taxadas como algo grotesco/forçado, mas que para mim foi algo essencial ao contexto em que a história está inserida.

O enredo é narrado na terceira pessoa, possibilitando uma maior exploração dos espaços onde a trama está sendo construída. Alguns personagens são carismáticos e engraçados, como por exemplo a dupla Romain e Daniel, onde o primeiro faz toda e qualquer tipo de piada, sobretudo, envolvendo Daniel. Aliás, o ponto de vista dos cincos protagonistas, tal como o entendimento do mundo, foi bem aproveitado dentro da história, o que de certa forma aproxima ainda mais o leitor da obra. Ademais, Raphael foi esperto ao unir várias sagas em uma grandiosa fanfic.

Autor
[...] Venho de um lugar onde as pessoas acreditam na paz e no poder de um legado. Nossos anciões nos ensinam que devemos ser a mudança que queremos ver em prática. Preciso que compreenda os motivos pelos quais preciso fazer essa jornada, porque se de fato existem homens dispostos a lutar ou a morrer pelo que eu represento, ou pelo que acreditam que eu represento, então na prática eu não sou um homem, eu sou uma inspiração. Eu sou a luz de uma estrela para que eles se guiem. Sou uma mudança. E se tudo isso tiver um mínimo de fundamento, e de fato essa guerra não estiver já perdida, então eu serei capaz de inspirar outros povos a lutarem por Taremu.
Pág.: 132

O que não me agradou na obra foi que alguns fatos são apresentados ao leitor de forma muito rápida, fazendo com que eu ficasse um pouco perdido em alguns momentos. Fora isso, Cemitérios de Dragões foi uma ótima investida, que além de nos proporcionar bons momentos, nos fazem relembrar as velhas e clássicas séries, causando aquela sensação de nostalgia. Como o livro faz parte de uma trilogia, não contamos com um final definitivo. Sendo assim, fico no aguardo do segundo volume.

Na diagramação temos um tamanho de fonte agradável, uma ilustração de um dragão no começo de cada capítulo, bem como uma representação de uma flecha onde fica a numeração da página. Já na edição, contamos com uma bela ilustração de capa, papel amarelado e o título é feito em auto-relevo e com papel furta cor. Sobre a revisão, não encontrei erros de digitação. 

- Caso queira ler um trecho do livro, clique aqui


Para concorrer é simples, basta preencher a primeira entrada, que é LIVRE, e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que a referida entrada for preenchida, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todo dia, ou seja, muito mais chances para você!

A opção "tweet about the giveaway" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

a Rafflecopter giveaway

Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado.
  2. O livro será ENVIADO em até 30 dias úteis.
  3. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  4. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  5. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  6. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"
Abraços,
Gustavo Demétrio
GUSTAVO DEMÉTRIO
É Resenhista e CDC aqui no Vida De Leitor. Um ávido leitor que sonha um dia se tornar um Arquiteto de renome. Admirador do universo e grande fã do Stephen King. Seus livros favoritos são: Série Torre NegraTigana, Sherlock Holmes Sob a Redoma. 
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

Promoção Dia das Bruxas


Hey pessoal, tudo bem?

Com o mês de Outubro temos uma das festas mais sombrias do ano, o Dia das Bruxas. Como não podíamos ficar de fora das comemorações, decidimos nos juntar e fazer uma mega promoção na qual 2 sortudos levarão para casa vários livros com temática sobrenatural/fantasia. O primeiro ganhador poderá escolher 6 livros da lista, ficando o restante (4 livros) para o segundo colocado. Preparem suas fantasias e embarquem nessa aventura!

Para concorrer é simples, basta preencher a primeira entrada, que é LIVRE, e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que a referida entrada for preenchida, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todo dia, ou seja, muito mais chances para você!

A opção "tweet about the giveaway" é renovada a cada 24 horas, assim sendo, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário, basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

Livros e Blogs responsáveis pelo envio de cada um. 

a Rafflecopter giveaway

Importante

  1. Os participantes devem deixar um comentário na postagem com seu nome e endereço de e-mail para contato. 
  2. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandaremos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado.
  3. O livro será ENVIADO em até 30 dias úteis pelo blog responsável.
  4. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  5. Cada blog é responsável pelo envio do livro que cedeu para sorteio.
  6. Caso o livro retorne por endereço incorreto informado pelo ganhador ou impossibilidade de entrega, não será feito um novo envio e o sorteado perderá o direito ao prêmio.
  7. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  8. O ganhador que descumprir alguma das regras, ou for sorteado com uma entrada não obrigatória que não tenha sido cumprida, será desclassificado.
  9. Perfis promocionais não serão aceitos e, caso forem sorteados, serão desclassificados.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 9º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

Mentirosos - E Lockhart


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje vou falar um pouco a respeito de um recente lançamento da editora Seguinte: Mentirosos. Logo na primeira página li a opinião da editora Nathália Dimambro e ela diz que este é o tipo de livro que não adianta contar a história, ou seja, só lendo para absorver o impacto da obra. Apesar de concordar plenamente com ela, vou tentar passar uma breve ideia do que vocês encontrarão nesse novo lançamento de E. Lockhart, mesma autora de Histórico Infame de Frankie Landau-Banks.






Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu.







Altos, loiros, atléticos, lindos e ricos, essas são as principais características dos Sinclair, uma família aparentemente perfeita e inabalável. Após herdar uma fortuna e aumentá-la fazendo boas decisões, Harris Sinclair casou-se com Tipper e tiveram três filhas que eram tratadas como verdadeiras princesas, a cada uma foi dada uma bela mansão na ilha particular da família para que elas e seus filhos passassem os verões.

No verão em que Candence tinha oito anos, sua tia resolveu levar o novo namorado e Gat, sobrinho dele, para passarem férias na ilha particular dos Sinclair. Foi assim que os Mentirosos surgiram, e todo ano durante o verão Gat, Candance, Mirren e Johnny se encontravam na ilha e se divertiam juntos. Nas férias em que eles completariam quinze anos a realidade desse grupo de amigos acaba sendo um pouco abalada, novas revelações surgem e eles percebem que nem tudo é tão perfeito quanto imaginam e, em meio vários acontecimentos, um acidente faz com que Candence perca a memória e adoeça a ponto de não passar as férias do próximo ano na ilha. No verão de seus dezessete anos ela retorna e encontra o refúgio dos Sinclair um pouco diferente, e isso aumentará sua vontade de descobrir o que aconteceu na noite do acidente.
Autora
- Você entende Cady? O silencio é uma camada protetora sobre a dor.
Pág.: 43

A narrativa de E.Lockhart é simplesmente incrível, além de uma ambientação bem construída, uma evidente crítica social e uma intertextualidade com a história do Rei Lear (Shakespeare), ela também reúne drama, mistério e romance em um só livro, conseguindo equilibrar tudo isso com uma precisão impecável. O enredo se desenvolve em "tempo psicológico", ou seja, os fatos são apresentados ao leitor conforme a personagem vai recobrando a memória, portando, em um capítulo ela se recorda do verão de seus quatorze anos e em outro conta um pouco sobre o verão dos oito.

Os personagens são bem construídos e passam a sensação de que a história poderia se encaixar perfeitamente no mundo real. Os Sinclair são competitivos, manipuladores e um pouco frios, mas passam a imagem de felizes e inabaláveis para qualquer pessoa que não pertença à família. Apesar de cada personagem possuir uma característica memorável, é impossível não se encantar pelo quarteto de Mentirosos, eles são muito unidos e cada um possui um jeito único de ser; é impossível não sofrer com as dores de Candence, se encantar com a personalidade meiga de Mirren, rir das brincadeiras de Jonhny ou discordar da forma como Gat enxerga o mundo.

Capas
BEM-VINDO Á BELA família Sinclair.
Ninguém é criminoso.
Ninguém é viciado.
Ninguém é um fracasso.
Pág.: 13

O final do livro é extremamente impactante, a autora consegue guardar o grande segredo até chegar o momento em que ele não pode ser mais guardado, fiquei impressionada quando enfim desvendei o mistério, já que sequer tinha ideia do que poderia ter acontecido. Pode parecer estranho, mas estou tão abismada com o segredo que cerca essa história que até o momento não consigo aceitar o fato de que o livro chegou ao fim. Sabe quando você quer mudar o final de uma obra e fazer com que exista um próximo livro só para não ter que dizer adeus para aqueles personagens? Estou me sentindo exatamente assim. Rsrsrs.

A versão que recebi é uma prova antecipada do livro, portanto não veio com a capa, revisão e diagramação final, mas pesquisei um pouco e encontrei a capa publicada no Brasil e nos EUA e, infelizmente, não gostei de nenhuma das duas. Apesar da revisão não ser a definitiva, praticamente não encontrei erros. As páginas do meu exemplar são brancas, as letras são de um tamanho agradável aos olhos e existe um bom espaçamento entre as linhas. Leitura mais do que recomendada!

Abraços,
  Tamires Souza
TAMIRES DE SOUZA
É Resenhista aqui no Vida De Leitor. Desenvolveu sua paixão pela leitura ainda criança através de revistas em quadrinhos e desde então não vive sem um livro dentro da bolsa. Recém formada e sonha um dia cursar uma faculdade de Direito. Seus livros favoritos são: Série Rangers Ordem dos Arqueiros, A Seleção e a Série A Mediadora
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

Quando eu era Joe - Keren David

Saudações, caros leitores, como vocês estão?

Quando eu era Joe, da Keren David, foi o pontapé para alavancar minha animação sobre livros que fogem ao tema sobrenatural. Um livro para mexer com nosso consciente, fazendo-nos refletir acerca dos sentimentos humanos. 


Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe... E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso... Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos.



O livro conta a vida do jovem Ty que tem 14 anos e vive com sua mãe em um pequeno apartamento em Londres. Porém, a vida dele muda completamente quando ele vivência um crime em um parque. Depois desse ocorrido, ele é conduzido para a delegacia acompanhado de sua mãe, onde prestará depoimento, algo que poderá custar a sua vida. Vendo que não é seguro deixá-los em Londres, devido à possível ameaça de morte de uma gangue perigosa, a policia abre um programa de proteção a testemunhas. Assim eles terão a suas vidas como Ty e Nicki praticamente jogadas ao ar, e a partir dali eles assumirão as identidades de Joe e Michelle.

Capa de uma das edições dos EUA mostrando as tonalidades dos olhos de Ty/Joe

Quando corro, não importa se sou Joe ou Ty. Correr não é simplesmente uma fuga, tem a ver com poder e força, espantar o medo do desconhecido, as pessoas que querem me silenciar. Quando eu tinha 8 anos, achava que seria um super-herói quando crescesse, e aqui estou eu, voando pela pista de corrida como o Super-Homem, tão poderoso quanto o Incrível Hulk!
Pág.: 31 

A temática dessa obra foi um dos propulsores para fazer a minha leitura literalmente decolar, já que ela aparentou mesclar vários gêneros de uma forma que, particularmente, achei sensacional e feita nas medidas certas. Com uma pitada de Thriller, Keren David adicionou um pouquinho de Crime e Drama de maneira moderada, já que o livro é cheio de altos e baixos emocionais.

Confesso que fiquei de boca aberta com a forma que a autora desenvolveu a narrativa do livro, já que ela é bem fluída. Porém, creio que isso seja uma consequência do linguajar presente no mesmo, já que ele apresenta palavras do nosso cotidiano e até mesmo uma linguagem retirada da internet, como as abreviações, mas estes se mostraram um pouco tímidos e só aparecem quando um dos personagens está mandando uma mensagem de texto. 

A autora em nenhum momento me convenceu que o Ty/Joe tem 13/14 anos, já que, tanto ele como os demais personagens tomam atitudes de um adulto e isso fica mais gritante quando as emoções afloram. Além disso, o livro tratou de assuntos bem recorrentes, como a gravidez na adolescência e as possíveis consequências. Esse ocorrido fica destacado quando Nicki conta ao seu filho que ela ficou em gestação aos 16 anos, já que ele sempre ficava assustado com a "juventude" dela, chegando até ser confundido como seu irmão. 

Uma adolescência interrompida por uma gravidez.

Na hora do recreio, as vozes, as vozes que eu fingia não ouvir. Sua mãe é uma vadia. Sua mãe é uma prostituta. Sua mãe transaria comigo?
Pág.: 209 

O ponto negativo desse livro é exatamente a forma como o crime acontece. Inicialmente, achei um verdadeiro exagero da parte da autora em colocar um crime consideravelmente leve como algo grave que poderá resultar na morte do Ty e dos seus familiares. Quando li a sinopse e vi que a trama era sobre programa de proteção a testemunhas, pensei que teria um acontecimento em grandes proporções, envolvendo a máfia ou algo do tipo. Contudo, o livro faz parte de uma trilogia, por isso espero que nos próximos volumes a temática "crime" seja melhor abordada.

A diagramação está um pouco simples, porém a edição está digna, trazendo na capa um rosto caracterizando Joe, uma fonte mediana a ponto de ser legível e satisfatória, e papel pólen (aquele com uma tonalidade amarelada *--*). 

Abraços,
Gustavo Demétrio
GUSTAVO DEMÉTRIO
É Resenhista e CDC aqui no Vida De Leitor. Um ávido leitor que sonha um dia se tornar um Arquiteto de renome. Admirador do universo e grande fã do Stephen King. Seus livros favoritos são: Série Torre Negra, Sherlock Holmes Sob a Redoma. 
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página. 

Sorteio: Marcadores & Mimos


Hey pessoal, tudo bem?

Estava dando a geral aqui na minha estante e notei que estava com MUITOS marcadores repetidos, e como sei que vocês os adoram, decidi praticar o desapego e fazer uma big promo. Os itens do kit que será sorteado podem ser conferidos no banner acima OU na foto do próprio kit abaixo. Para participar é muito fácil, basta assinar nossa newsletter e deixar um comentário nessa postagem com seu nome e e-mail que cadastrou. Caso queira mais chances de ganhar, assim que as referidas entradas forem preenchidas, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todos os dias, ou seja, muito mais chances para você!

TODOS precisam assinar a newsletter, mesmo aqueles que já faziam parte do nosso Feed. O motivo é que migramos para outro provedor e ele demanda o recadastramento de todos os e-mails.

Lembrando que não basta só cadastrar o e-mail na lateral, é necessário confirmar o cadastro, ou seja, quando você assinar a newsletter, deve conferir na sua caixa de entrada/spam o e-mail que receberá do E-goi (provedor que estamos usando) e confirmar o cadastramento. Tal medida é feita para evitar que tentem burlar as regras e cadastrem e-mails falsos ou que não são da pessoa que está participando (é o famoso "vou cadastrar o e-mail do inimigo só lotar a caixa de entrada dele").

A opção "tweet about the giveaway" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.


Kit

a Rafflecopter giveaway

Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado.
  2. O kit será ENVIADO em até 30 dias úteis.
  3. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  4. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  5. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  6. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 9º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

Lançamentos e Divulgações #40


Saudações, caros leitores, como vocês estão?

Setembro já passou, mas mesmo assim não podemos nos esquecermos de alguns lançamentos deste mês que abriram a estação da primavera. Então, vamos conhecê-los?

Depois do sucesso de Will&Will, o mais recente lançamento do David Levithan, Garoto encontra Garoto, também trabalha a questão da homossexualidade e suas dificuldades. Confira capa e sinopse.





Nesta mais que uma comédia romântica, Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola... E, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah!






Escrito pelo Matt Burn e Doug Alexander, O Livro de Tyrael faz parte da série Diablo III, sendo que este é o quarto volume da mesma. Apesar de não ter lido nenhum dos livros anteriores, achei interessante a trama. Aos que acompanham a série, esta é uma ótima pedida. Confira capa e sinopse.





Tyrael, o ex-Arcanjo da Justiça, sacrificou seus poderes para entender os mortais. Pressentindo novas ameaças despontando no horizonte, o célebre personagem do jogo da Blizzard Entertainment, Diablo III, compila neste volume único escritos próprios e de outros personagens, como Deckard Cain, de Livro de Cain. Nestes tempos turbulentos que virão, o conhecimento contido neste tomo pode significar a diferença entre a salvação e a perdição da humanidade.






Escrito por Diana Peterfreund, mesma autora da série Sociedade Secreta (uma das favoritas do Matheus), Alma da Fera é o segundo volume da saga Ordem da Leoa. Confesso que não tinha nenhum conhecimento da mesma, e como não li o livro anterior, não sei quais são as questões levantadas e trabalhadas na trama.



Astrid Llewelyn é agora uma caçadora de unicórnios treinada. Mas não pode resolver todos os problemas com magia de alicórnio. Ou um montante ancestral. Mesmo um com uma curiosa inscrição em latim. O namorado deixou Roma para fazer faculdade em Nova York, o Claustro passa por sérias dificuldades financeiras, as habilidades de suas companheiras caçadoras estão desaparecendo sem explicação, e o sonho de se tornar uma cientista parece cada vez mais distante. Sem contar a Igreja, que finalmente resolveu se envolver com a Ordem da Leoa. Aliás, de uma maneira nada fashion: hábitos camuflados! Sério? Então, quando surge a oportunidade de abandonar a casa capitular e seguir para o interior da França para usar o intelecto na procura pelo mítico Remédio, ela embarca de cabeça. No quartel-general da Gordian Phamaceuticals, Astrid questiona todas as suas decisões. O amor por Giovanni, a lealdade ao Claustro e, acima de tudo, seu dever como caçadora. O mundo precisa ser salvo dos unicórnios? Ou são os unicórnios as verdadeiras vítimas?


Onde Deixarei Meu Coração é um romance escrito por Sarra Manning. Um dos pontos que já gostei deste livro é a escolha da ambientação da trama, além disso, da arte presente na capa. Só lendo para saber se realmente é tão bom quanto o esperado. Confira capa e sinopse. 


Simples, careta e sem graça. É assim que Bea se vê. Então quando a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião, isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Pelo menos é assim que sempre acontece nos filmes... Mas o convite para passarem as férias em Málaga parece pra valer. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora.
No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa.
Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?


Confesso que achei engraçada a trama de Ai meus Deuses!, escrito pela Tera Lynn Childs. O enredo em si pareceu trabalhar diferentes assuntos e dificuldades com uma pitada de humor. Acredito que este livro seja daqueles em que podemos dar boas gargalhadas. 





A vida de Phoebe Castro vira do avesso quando sua mãe anuncia que irá se casar com um estranho misterioso. Para completar, as duas terão que se mudar para o outro lado do mundo: a Grécia! Phoebe terá que dizer adeus ao sonho de cursar a mesma universidade que suas melhores amigas... Como se tudo isso não bastasse, ela ainda terá que frequentar uma escola superexclusiva na qual seu padrasto é o diretor. E os alunos são tudo, menos comuns —são descendentes dos deuses gregos e com direito a superpoderes! Se Phoebe achava o ensino médio difícil, ela já sabe que a vida ali vai ser um sofrimento de matar.





De onde menos esperamos é que vem as oportunidades e momentos inesperados. É nesse pique que o livro Ser Feliz é Assim, escrito pela Jennifer E. Smith, vai sendo narrado ao leitor. 

A vida — assim como o amor — é cheia de conexões inesperadas e enganos oportunos. Uma ligeira mudança no curso pode gerar consequências surpreendentes. Afinal, às vezes, o desvio, o atalho é o verdadeiro caminho. A estrada que deveríamos ter escolhido desde sempre... Se pelo menos tivéssemos a coragem de fazer do coração nossa bússola.
Graham Larkin e Ellie O'Neill não poderiam ser mais diferentes. O rapaz é um ídolo adolescente, um astro das telas de cinema; uma vida calcada na imagem. O cotidiano constantemente sob o escrutínio dos refletores. Agentes, produtores, RPs, assessores... Já Ellie passou a vida escondida nas sombras, fugindo de um escândalo do passado enterrado em sua árvore genealógica.
Mas, mesmo sem aparentemente nada em comum, os dois acabam se conhecendo — ainda que virtualmente — quando Graham envia a Ellie, por engano, um e-mail falando sobre o porco de estimação Wilbur. Esse primeiro contato leva a uma correspondência virtual entre os dois, embora não saibam nem o nome um do outro. Os dois trocam detalhes sobre suas vidas, esperanças e medos.
Então Graham agarra a chance de passar tempo filmando na pequena cidade onde Ellie mora, e o relacionamento virtual ganha contornos reais. Mas será que duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas? Será que o amor é capaz de vencer — mesmo — qualquer obstáculo? E mais importante... é possível separar ilusão de realidade quando o coração está em jogo?

Apesar de citar uma realidade paralela, este não me pareceu ser o foco do livro Longe de você, escrito pela Emily Hainsworth, já que se trata de um drama que trabalha com questões de perdas e reencontros e, consequentemente, com as emoções. Além disso, a obra apresenta uma pitada de romance. 





Camden Pike tem uma surpresa ao retornar ao local do acidente que matou Viv, sua namorada: ele encontra uma garota exatamente igual a ela. Nina vem de uma realidade paralela onde Viv está viva – mas não é bem Viv. Mas Cam está disposto a mantê-la ao seu lado. Mas eles fizeram escolhas bastante distintas em suas vidas, e quando Nina revela um segredo perigoso, fica claro que a Viv que Cam amava não é a mesma pessoa que ele reencontra. Mas será que ele conseguirá escolher entre essas duas realidades?







Aos que gostam de livros que mesclam o místico com a ciência, como eu, acredito que irão gostar da trama presente em O Evangelho de Sangue, primeiro volume da série A Ordem dos Sanguíneos, escrita pelo James Rollins e pela Rebecca Cantrell. Confira capa e sinopse desse lançamento da Rocco.





Autores de vários bestsellers, James Rollins e Rebecca Cantrell combinam seus talentos – ele, a habilidade em misturar ciência e mistérios históricos; ela, a perícia em criar uma atmosfera de suspense e sensualidade – em mais uma parceria de sucesso. Primeiro volume da série A Ordem dos Sanguinistas, O evangelho de sangue é um thriller gótico sobre vampiros (e outros seres sobrenaturais), uma ordem ancestral e a busca por um livro milagroso, há muito perdido. Ação e mistério ditam o tom da trama, uma bem-sucedida mistura de Entrevista com o vampiro com O Código Da Vinci.





Mão de Ferro é o segundo volume da trilogia Coração de Pedra, escrita pelo Charlie Fletcher. Lançamento da Geração Editorial. 





Numa Londres de pesadelo, estátuas de gárgulas e outros monstros ganham vida e perseguem um casal de crianças em ações frenéticas sucessivas Edie e George, tendo como companheiro o Artilheiro, deparam-se com novas ameaças, como o Touro Matador e as armadilhas perversas do Caminhante. Seus poderes terão que ser usados de modo mais consciente e suas personalidades terão que amadurecer. Conseguirão os dois sobreviver a tantos desafios e provas?









Estes foram alguns dos lançamentos de setembro. Espero que algum tenha lhe chamado atenção. 

Abraços,
Gustavo Demétrio
GUSTAVO DEMÉTRIO
É Resenhista e CDC aqui no Vida De Leitor. Um ávido leitor que sonha um dia se tornar um Arquiteto de renome. Admirador do universo e grande fã do Stephen King. Seus livros favoritos são: Série Torre NegraTigana, Sherlock Holmes Sob a Redoma. 
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

Promoção - Kit A Promessa - M. Pattal

Hey pessoal, tudo bem?

Que tal levar para casa um Kit especial + um exemplar de A Promessa, resenha aqui, do autor nacional M. Pattal + um CD da obra? Para concorrer é simples, basta CURTIR a página do Vida de Leitor e do Autor no formulário abaixo e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que a referida entrada for preenchida, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todo dia, ou seja, muito mais chances para você!

A opção "tweet about the giveaway" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

Kit que acompanha o livro. Ele também inclui um CD que não aparece na foto.

Parabéns Larissa! O e-mail já foi enviado. 

a Rafflecopter giveaway

Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado.
  2. O livro será ENVIADO em até 30 dias úteis pelo autor.
  3. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  4. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  5. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  6. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 9º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

A Promessa - M. Pattal


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Hoje vou falar um pouco a respeito do livro A Promessa, do autor nacional M. Pattal. Essa história aborda um tema pouco trabalhado em romances adolescentes através de uma proposta que visa focar em vários aspectos do cotidiano jovem e adulto. Confesso que após ler algumas páginas me surpreendi com a proposta do autor, porém alguns problemas na narrativa acabaram ofuscando um pouco a obra.

Promessas são feitas para serem cumpridas. Pelo menos era assim que Polly pensava em sua adolescência quando fez uma promessa que não conseguiu manter, principalmente após ocorrer uma tragédia em sua família a qual ela culpa o pai de ser o responsável. E tudo piora quando ele decide abandonar o lar deixando-a para trás, o que faz surgir no coração de Polly um ódio mortal. Na companhia de sua mãe, Angela, Polly consegue uma virada em sua vida, tornando-se uma estrela pop, através de um sucesso repentino ao ser descoberta em um Reality Show musical. Mas apesar da fama e do sucesso, as coisas não vão bem em sua vida pessoal, discussões constantes com a mãe e seu namoro com Renan que parece estar perto do fim, ainda mais quando ela conhece Max, um jogador de futebol que começa a mexer com o seu coração. Conseguirá Polly perdoar o pai e se entender com sua mãe? Estará ela disposta a manter o seu namoro, mesmo parecendo estar por um fio? E o mais importante, será capaz de enfim cumprir A Promessa? Uma história de amor e redenção que nos fala sobre situações que enfrentamos, como culpa, medo, mágoa e nos mostra até que ponto somos capazes de perdoar, ser perdoados e cumprir as nossas promessas.

Polly é uma cantora de grande renome, antes de atingir a fama ela fez uma promessa que não conseguiu cumprir após a morte de seu irmão e o abandono do pai. Com uma agenda lotada e vários problemas pessoais com os quais lidar, nossa protagonista passou a se lembrar cada vez menos dessa promessa, porém à medida que sua carreira toma maiores proporções, ela passa a voltar com mais força aos seus pensamentos e agora essa estrela tem apenas duas opções: continuar ignorando sua promessa e vivenciando uma série de complicações, ou cumpri-la e ver os caminhos aos quais será direcionada.

Apesar de ter ido a um outro país para recomeçar a vida, Sidney não consegue esquecer seu passado, acompanhando a carreira da filha a distância, o arrependimento por seus erros e o problema com a bebida o atormentam constantemente. Iniciar um namoro com uma mulher famosa não foi uma tarefa muito difícil para Renan, ele consegue lidar com os horários dela e é completamente apaixonado por Polly, mas quando o relacionamento começa a esfriar, ele passa a se sentir ameaçado por um possível pretendente. Essas são apenas algumas das várias histórias que podemos encontrar em A Promessa.

"Aquilo que você mais valoriza será perdido até que aquilo que você perdeu seja o mais valorizado"

Apesar de todo o sucesso que tinha alcançado, Polly não tirava de sua cabeça o assunto que a atormentava, em especial quando estava a minutos de subir ao palco: a promessa que ela havia feito a muitos anos atras. Uma promessa que ela deixou de cumprir e que já a perseguia por muito tempo. Por isso, preferia estar sozinha no camarim neste momento, mas logo percebeu que não tinha mais tempo para pensar sobre isso, pois seu atual namorado, Renan, acabara de bater à porta para chamá-la.
Pág.: 9

A história é narrada em terceira pessoa, creio que esta é uma das narrativas mais complicadas de se desenvolver com perfeição, já que algumas repetições são inevitáveis, infelizmente isso foi o que mais prejudicou a fluidez desse livro, em alguns parágrafos os nomes dos personagens são repetidos diversas vezes e isso me incomodou bastante. Além dos conflitos de Polly, o autor também apresenta outras histórias, acredito que cada uma delas será desenvolvida nos próximos volumes da série e este foi o ponto mais interessante da obra, já que raramente encontro histórias que abordem de forma ampla todos os principais conflitos do cenário jovem.

A protagonista é um verdadeiro enigma do começo ao fim, ela consegue ser bem chatinha em alguns momentos e em outros torna-se adorável, mostrando uma personalidade um pouco estável. Angela é exatamente como qualquer outra mãe, que apesar das brigas está sempre disposta a perdoar a filha. O único personagem do qual não gostei foi o pai de Polly, apesar de existir uma boa justificativa para o que ele fez, não consegui aceitar suas atitudes. O autor deixa um pouco a desejar ao desenvolver os personagens, ele foca muito nos problemas que cada um apresenta e trabalha pouco suas personalidades, infelizmente para mim foi um verdadeiro desafio me identificar com os protagonistas e desenvolver uma ligação com cada um.

Autor
Jesus.
Polly ficou por um tempo pensando nEle. Como ela tinha começado a cantar na igreja e os elogios que recebia quando criança e adolescente. Lembrou-se das pessoas que se emocionavam quando ela pegava o microfone e abria boca para louvar a Deus. No fundo, ela sabia que a sua voz era um dom dado por Jesus. Sabia que precisava honrá-lO de alguma forma, mas não sabia como.*
Pág.: 34

A Promessa é um livro voltado à religiosidade, além disso o autor também trabalha alguns conflitos comuns no cenário jovem, o mais interessante é que raramente vemos histórias com essas características. Confesso que não sou muito ligada a religião e afins, contudo, creio que este é o objetivo de M.Pattal, atingir esse público que por algum motivo se afastou de Deus. Como já citei, acredito que o autor pretende desenvolver melhor a história de alguns personagens e ao fazer isso ele deve englobar todos os principais conflitos pelos quais os jovens passam. Tive alguns problemas com a narrativa e a descrição, mas a mensagem passada nesta obra é realmente muito bonita.

A capa é lindíssima, simplesmente adorei a forma como ela consegue ser simples e harmônica, cada capítulo é iniciado com um desenho de notas musicais. A fonte é pequena e o espaçamento entre os parágrafos são muito grandes, este é o único aspecto na diagramação do qual não gostei. Encontrei alguns erros na revisão, mas boa parte deles pode ser relevada. Por envolver o assunto religião, este é o tipo de livro que pode causar uma série de divergentes opiniões entre os leitores, por isso recomendo que cada um leia e tire suas próprias conclusões, mas confesso que adorei a proposta do autor.

* - Os quotes são transcritos exatamente como está na obra, por isso existem letras maiúsculas no meio das palavras.

Abraços,
  Tamires Souza
TAMIRES DE SOUZA
É Resenhista aqui no Vida De Leitor. Desenvolveu sua paixão pela leitura ainda criança através de revistas em quadrinhos e desde então não vive sem um livro dentro da bolsa. Recém formada e sonha um dia cursar uma faculdade de Direito. Seus livros favoritos são: Série Rangers Ordem dos Arqueiros, A Seleção e a Série A Mediadora
Twitter/Facebook/Skoob - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.

O Racismo Nosso de Cada Dia & A Literatura - Jana Lauxen


Hey pessoal, tudo bem?

São poucos os livros sobre temas que fogem à fantasia e ficção que são divulgados aqui no blog, menos ainda textos e artigos que retratam de temas do nosso dia-a-dia, vez que este não é o perfil do Vida de Leitor, que busca sempre trazer mundos onde dragões voam livremente pelos céus e você não precisa se preocupar em dar um par de sapatos para seu melhor amigo, pois ele é um centauro.

Contudo, fui procurado pela escritora Jana Lauxen, que é autora dos livros Uma Carta por Benjamin e O Túmulo do Ladrão, sobre a divulgação de um texto sobre o livro Contos de Amor e Crime: Um Romance Violento, que tem como objetivo retratar temas polêmicos como racismo, preconceito social e a vida levada nas vilas e aglomerados. Abaixo vocês podem conferir seu texto na íntegra: 




Amor, brutalidade, crime, drogas, esperança. Respeito. Discriminação social, racial. Estes são os ingredientes que norteiam a vida de Jozz, o protagonista deste romance violento. Negro, pobre, morador da favela, sem nenhuma estrutura familiar, Jozz é o anti-herói que até admiramos, que até compreendemos, mas que queremos longe de nossas casas e de nossas vidas. Você poderá amá-lo ou poderá odiá-lo. Tudo depende das situações que você viu, ouviu e viveu. Através de um texto cru, direto e impetuoso, o escritor Afobório não mede palavras, e nem teme os militantes do politicamente correto ao falar sobre preconceito e segregação social, perturbando e colocando o leitor a refletir sobre o seu papel em um país que ainda esconde seu racismo, enfeita sua miséria, e ignora esta bomba-relógio que ameaça explodir a qualquer instante. Neste contexto, Jozz é um perigo. Mas quem não é?


O Racismo Nosso de Cada Dia & A Literatura
Por Jana Lauxen

Ele escreve, usa uma balaclava na cabeça, e conversa sobre racismo, preconceito e violência com alunos de escolas públicas. Estou falando do escritor, editor e revisor Afobório, pseudônimo do gaúcho Alexandre Durigon, que recentemente lançou seu segundo livro, Contos de Amor e Crime: Um Romance Violento, pela Editora Os Dez Melhores.

A obra conta a história de Jozz, um homem negro, pobre, morador da favela, traficante e usuário de drogas, que desde criança sentiu na pele a violência que a maioria de nós assiste somente pela televisão. Filho de uma prostituta viciada, cresceu sem saber quem era seu pai. Apanhou de sua mãe, dos clientes de sua mãe, de seu padrasto, mas, principalmente, apanhou muito da vida. E foi em busca de respeito – e não somente de dinheiro – que entrou para o crime. Afinal, já que a sociedade recusava-se a lhe respeitar enquanto cidadão, Jozz resolveu impor-se na marra.

O livro Contos de Amor e Crime: Um Romance Violento fala de racismo, de preconceito social, e da vida dura e brutalizada em que estão mergulhadas nossas favelas, e seus milhares de moradores. Fala da engrenagem perversa que deixa o pobre cada vez mais pobre, e conserva na marginalidade quem já nasceu marginalizado. Fala da discriminação velada e taciturna que nos mantém cativos, nos fazendo acreditar que não somos racistas, e tampouco vivemos em um país preconceituoso e cruel.

Contudo, mais do que simplesmente romancear a discriminação social e racial que nos espreita, Afobório saiu a campo através do Projeto Balaclava: Literatura Sempre e Racismo, Nunca, transformando os principais pontos de seu livro em ações concretas. É através deste projeto autoral que Afobório visita escolas e instituições públicas de ensino, falando sobre violência e discriminação para quem conhece estes males de perto:

– Nestas atividades, ouço histórias de crianças e de adolescentes que já experimentaram o racismo, que já entenderam como o preconceito atua em nossa sociedade. E eu quero mostrar para eles que não é preciso retribuir a violência com mais violência; que isto é uma bola de neve sem fim, que terminará por enterrar todos nós no mesmo buraco: brancos e negros, ricos e pobres, homens e mulheres, moradores do subúrbio e do centro. Eles podem combater a discriminação que sofrem com literatura. Até por que, a melhor maneira de vencer o racismo é através da educação. Um livro na mão é mais perigoso do que uma arma, e tento sempre fazê-los compreender esta questão – conta o autor.

O lançamento do livro Contos de Amor e Crime: Um Romance Violento também fugiu dos protocolos. Ao invés de uma noite de autógrafos, Afobório optou por realizar, em parceria com a Biblioteca Pública Municipal Dr. Guilherme Schultz Filho, de Carazinho/RS, uma semana de palestras e oficinas literárias voltadas para alunos do sexto ao nono ano de escolas municipais e estaduais. As atividades foram um sucesso. Afobório ainda doou um exemplar de seu livro para cada escola participante, e também para o acervo da biblioteca municipal. Segundo os responsáveis, os exemplares não param muito tempo na estante.

A obra está disponível para venda por R$20,00 (vinte reais) na livraria virtual da Editora Os Dez Melhores, e você pode obter mais informações no blog do autor clicando aqui

Abraços,
  Matheus Braga
MATHEUS BRAGA
É Administrador e Resenhista do Vida de Leitor. Cursa o 9º período de Direito na UNIPEL e sonha em se tornar juiz um dia. É apaixonado por livros e possui em sua humilde coleção títulos que vão de Fiódor Dostoiévski a Cinda Willians Chima. Seus livros favoritos são: O Nome do VentoA Descoberta das BruxasThe Summoning, Hunger GamesWithe Cat e Contos de Meigan - A Fúria dos Cártagos
Twitter/Facebook/Skoob/Instagram - Blogvidadeleitor@gmail.com
Observação: Caso o formulário de comentário não esteja visível, atualize a página.