Pipoca, Refri e Netflix #04 - Orange Is The New Black

Hey pessoal, tudo bem?

Semana passada não teve Pipoca, Refri & Netflix, pois eu e a Chrys acabamos adoecendo e em consequência disso a coluna acabou não indo ao ar. Na semana retrasada, resenhamos o filme Linha do Tempo - confira aqui - e o tema escolhido para votação foi Girl Power, tendo como vencedora Orange Is The New Black, uma série original da Netflix que atualmente está em hiato aguardando a exibição de sua 3ª temporada.



Já ouviram a expressão "pretinho básico"? Então, agora na vida da Piper, o Laranja é o novo preto. Condenada a passar alguns meses na cadeia por um crime - porte de drogas - que cometeu anos atrás, ela inicia sua jornada dando essa notícia à sua família e indo para um presídio exclusivo para mulheres.


Trailer

A série é cheia de personagens e cada uma das detentas possui uma história de vida diferente. Ao invés de se limitar a contar sobre a vida de Piper, os produtores resolveram contar os bastidores de uma prisão feminina, bem como o que as levaram até ali, o que torna impossível para o expectador não se identificar com pelo menos uma delas. 

Tais histórias, incluindo a da  personagem central, são contadas na forma de flashbacks. Piper estava perdida no período após a faculdade e assumiu um relacionamento lésbico com Alex, que era uma traficante internacional de drogas. Alex seduziu Piper e a convenceu de que entrar em outro país com drogas escondidas seria moleza, mas o que ela não contava era que uma das pessoas envolvidas nesse esquema iria testemunhar, fazendo com que anos após o ocorrido ambas fossem presas.


Nos primeiros episódios conhecemos um pouco da história de Alex, Piper, e Larry, atual noivo da protagonista, bem como seus primeiros dias na prisão. Sem conhecer as regras e sendo carne fresca no pedaço, ela acaba sofrendo retaliação por comentar com a cozinheira que acha a comida dali nojenta, momento este em que é ajudada/defendida pela detenta conhecida como "Olhos Doidos", que agora acha que é sua esposa. Mas como tudo ainda pode piorar, Piper descobre que Alex foi condenada à mesma prisão que ela, o que fará que com que seu passado seja revelado ainda mais.


Prós

  • As cenas de comédia e drama que mexem com o expectador. Essa série foge ao padrão estabelecido nas séries atuais com aquele humor batido e sem graça e com aquelas cenas de dramalhão adolescente, e apresenta algo diferente e inovador.
  • Os personagens da série são mega bem desenvolvidos, como dissemos acima, é quase impossível não se identificar e torcer por alguns deles, pois eles foram bem trabalhados e possuem uma história de "gente como a gente", exceto pela parte de serem criminosas, claro.
  • As atuações de cada uma das atrizes está impecável, principalmente de Red, Olho Doido e Burset, que conseguem balancear bem os núcleos de humor e drama da série.
  • Temporada curta. Estamos cansados de séries com temporadas enormes, com seus 24 episódios recheados de encheção de linguiça e fillers. Uma série com poucos episódios é mais objetiva e não precisa ficar enrolando só para cumprir meta. 

Contras

  • O excesso de nudez e cenas lésbicas podem não agradar a todos os públicos. Nós particularmente não tivemos um problema com isso, mas tal fator entra na lista de "contra" pois pode vir a afastar um publico mais conservador.
  • Apesar de achar que ela é uma boa atriz e tem uma história muito bem trabalhada, eu - Matheus - particularmente não gostei da personagem principal, o que faz com que prefira as cenas envolvendo as demais detentas em geral do que as dela. Lembrando que a opinião contida nesse post se refere apenas aos 3 primeiros episódios da primeira temporada. 
  • Temporada curta. Isso entra como pró e contra ao mesmo tempo, pois uma temporada muito curta, apesar de mais objetiva, possui poucos episódios, o que faz com que os expectadores fiquem esperando meses para o lançamento das próximas temporadas, como é o que está ocorrendo com quem está ansioso para a estréia da 3ª Temporada. 


Sim, a série é forte, recheada de cenas de nudez, sexo e palavrões, mas mostra uma realidade da qual não temos acesso, sobre o que realmente acontece nas prisões femininas. Baseada em fatos reais, OITNB tem muita comédia, muito drama e com certeza vai fazer você se perguntar porque ainda não tinha assistido a série. Afinal, temos aqui mulheres inteligentes, algumas maldosas, mas muitas que apenas deram azar ou cometeram crimes para sua própria sobrevivência ou de seus filhos. De longe, Red é a melhor personagem, mas temos muitas panelinhas (Negras, Evangélicas, Latinas), rivalidade e, com o tempo, alianças verdadeiras, o que apimenta a série ainda mais.

Então pessoal, ficaram com vontade de ver?  O tema escolhido para a postagem da próxima semana foi... Filmes/Séries Estrangeiras, ou seja, séries e filmes que tem produção, ou são ambientados, em países que não sejam exclusivamente os EUA ou Inglaterra.


Testa Para Mim?







Em busca de justiça, a unidade especial da Corte Penal Internacional se empenha em encontrar contraventores cujos crimes atravessam as fronteiras europeias.











Battousai Hitokiri ficou conhecido por ser um dos melhores assassinos do país. Seu apelido, o Retalhador, ecoou por todos os cantos do Japão. Cansado de tanta matança, Battousai abandona sua espada em plena batalha e faz um juramento: defenderá a justiça, mas não matará mais ninguém. Sua arma, porém, foi recolhida por um dos derrotados, Jin-e Udo. Vivendo como andarilho e usando um novo nome, Kenshin Himura, o ex- assassino vagueia pelos vilarejos até que, dez anos depois de sua decisão, ele chega a Tóquio. Lá, ele conhece Kaoru, uma jovem que herdou o dojo de seu pai, e teve o nome humilhado por um espadachim que usava o nome Battousai Hitokiri. Para provar que a suspeita de Kaoru está errada, Kenshin mostra a ela que ele não carrega espada alguma, apenas uma Sakabatou, uma arma de lâmina inversa. Ao mesmo tempo, alguns crimes acontecem na região e deixam a polícia em polvorosa, pensando que o lendário Retalhador está na cidade, Na verdade, Jin-e Udo está matando e deixando a culpa cair sobre Himura. Quando os dois samurais duelam, tudo fica claro. Ao lado do oficial da polícia, o rapaz passa a caçar Jin-e para descobrir quem está por trás de tudo isso e limpar seu nome. Quando Kaoru é sequestrada, é hora do real Battousai mostrar sua força.



Alex (Roman Duris), sua irmã Mélanie (Julie Ferrier) e o cunhado Marc (François Damiens) administram juntos um negócio inusitado: uma agência especializada em romper relacionamentos. Os altos custos para criar as farsas que possibilitam o fim dos relacionamentos e a vida que Alex leva, incompatível com sua renda, fazem com que eles devam um alta quantia. É quando o trio recebe um novo desafio: impedir que Juliette (Vanessa Paradis) e Jonathan (Andrew Lincoln) se casem. O problema é que eles aparentam ser o casal perfeito. Precisando desesperadamente do dinheiro, Alex passa por cima de seus princípios e aceita o trabalho. Ele aproveita os poucos dias que Juliette terá sozinha para se aproximar dela, fingindo ser um guarda-costas.







O ladrão de bancos Seth Gecko (D.J. Cotrona) e seu imprevisível e violento irmão, Richard (Zane Holtz), são procurados pelo FBI e pelos Texas Rangers, a força policial do estado do Texas. Em fuga para o México, eles encontram o ex-ministro Jacob Fuller (Robert Patrick) e sua família, e os fazem de reféns. Em posse do trailer dos Fuller, eles cruzam a fronteira e deparam com o caos quando entram em um clube de strip-tease que está cheio de vampiros. Agora eles são forçados a lutar até o amanhecer para poderem sair de lá vivos.









Rastros na Neblina - Benjamin Black

Saudações, caros leitores, como vocês estão?

Há bastante tempo que não leio um romance policial e confesso que, depois de várias histórias de Fantasia, senti saudades daquele clima investigativo. Desta maneira, fui atraído pela sinopse de Rastros na Neblina, um livro que não me decepcionou, pois conta com uma grande história. Sem falar que a forma como autor foi conduzindo e atribuindo propriedades a sua trama foi encantadora, superando todas as minhas expectativas.




O rastro de April Latimer parece ter sumido na névoa de Dublin. Quando Phoebe Griffin, filha de Quirke, não consegue saber notícias da amiga, pede ajuda ao patologista para descobrir o que aconteceu. A influente e tradicional família de April não dá a mínina para o desaparecimento dela, talvez motivada pelo temor de um escândalo: a jovem médica sempre teve fama de rebelde e morava sozinha num apartamento frequentado por muitos homens. Com o auxílio profissional do inspetor Hacket, presença habitual na série, a dupla de detetives amadores começa uma investigação quase sem evidências, mas cujo desenrolar terá uma conclusão trágica e chocante.






A obra conta a história de Phoebe Griffin, uma mulher angustiada pelo seu passado e que, após algum tempo, voltou a se relacionar com seu pai, Garret Quirke, um homem recém-saído de uma clínica de reabilitação e que a ajuda a desvendar o misterioso desaparecimento de sua amiga, April, uma garota sem limites, sem regras e que havia se desapegado de sua proeminente família. No meio dos acontecimentos, muitos mistérios e questionamentos acerca da jovem desaparecida irão surgir, levando Phoebe e Quirke a se aproximarem da família da moça para conseguir algumas respostas. 

"A certeza é fatal. O que me encanta é a incerteza. A neblina torna as coisas maravilhosas." - Oscar Wilde

[...] Imagens do passado pululavam em sua mente, bruxuleando como em um antigo cine-jornal. Um carro num promontório nevado e um jovem com uma faca. Um velho, mudo e furioso, deitado numa cama estreita entre duas janelas altas. Uma figura de cabelos prateados empalada, ainda se contorcendo, em grades pretas. Ela teria de se sentar, mas onde, no quê? Qualquer coisa em que recostasse seu peso podia se abrir e liberar horrores. Parecia-lhe que suas entranhas se liquefaziam e de repente teve uma dor de cabeça penetrante, parecia estar fitando uma névoa vermelha e impenetrável.
Pág.: 31

Aos que não sabem, Benjamin Black é o pseudônimo do romancista irlandês John Banville, e este livro é o terceiro da série Quirke. É inegável dizer que esta obra tem um grande potencial, visto que sua maior distinção não está somente na história, mas também na forma como ela foi escrita. As descrições de cenários feitas pelo autor conseguem reproduzir no imaginário do leitor a Dublin e o  rigoroso inverno em que a trama está inserida, sem mencionar que ele consegue desenvolver uma atmosfera pesada e sombria envolvendo o misterioso desaparecimento da jovem April. Além disso, os diálogos, e até mesmo a narração em terceira pessoa, são bem elaborados e conseguem reproduzir os sentimentos e sensações dos personagens ali envolvidos.

Confesso que achei a premissa da história bem simples, basicamente o que já vimos em outros livros do gênero, mas o que diferencia este dos demais são as características que Benjamin atribuiu a sua trama, que como já dito, está recheada de mistério e suspense. Os personagens tem personalidades próprias e diferentes, como por exemplo a família da April, os Latimer, na qual podemos perceber que sua mãe é descontrolada, e que seu irmão tem um passado misterioso, o que o deixa seco e "sem vida". Por sua vez, Quirke é um patologista que a meu ver sofre de dipsomania*, e o autor evidenciou isso no enredo, visto que ele fica dividido entre a sua vontade de ingerir bebidas alcoólicas ou ficar lúcido.

Benjamin Black/John Banville

Naturalmente seus pensamentos se voltaram para April, como sempre acontecia em horas insones como esta, embora Phoebe pensasse nela também durante o dia. Era estranha a sensação de impotência que tinha com relação à amiga. Na realidade, parecia estar num sonho, um sonho, em que havia algo de muita importância a ser feito - um aviso a ser dado, um segredo revelado - entretanto, todos os outros estavam relaxados e indiferentes, e não havia ninguém que se incomodasse em ouvir a notícia horrenda de que só Phoebe tinha posse.
Pág.: 156/157

A relação do título com o encerramento da obra foi simplesmente genial. Não irei contá-lo, mas posso afirmar que alguns pontos da trama não foram totalmente solucionados, mas acredito que esta era a real intenção do autor. Apesar do livro ser o terceiro volume de uma série, sua leitura na ordem de publicação não é obrigatória, pois este volume possui início, meio e fim. Leitura recomendada!

A diagramação está simples, com um ótimo espaçamento entre linhas e um tamanho de fonte agradável. Já na edição, temos páginas amareladas e uma bela capa. O livro é divido em duas partes principais, que se subdividem em vários capítulos. A tradução foi feita por Ryta Vinagre e a revisão está impecável.

*Propensão mórbida ao uso de bebidas alcoólicas

Confira mais novidades no Site, Twitter e Facebook da Editora Rocco.

Divulgações Maio - Alguns Anos e Antologias: Seres Amazônicos & Épicos Homéricos

Hey pessoal, tudo bem?

Passando para fazer duas super divulgações para vocês. A primeira delas é o novo livro da Julianna Costa, autora nacional por trás dos sucessos Idade do Sangue, 4 Semanas de Prazer e 23 Noites de Prazer, sendo os dois últimos publicados pela editora Universo dos Livros. Ela decidiu se aventurar no mundo das auto-publicações digitais e está com seu novo lançamento, Alguns Anos, disponível na Amazon por um preço mega camarada. Em menos de 12 horas a obra já atingiu o 1º Lugar na lista dos mais vendidos da livraria online na categoria Romance Erótico. Confira abaixo um pouco mais sobre a obra e, caso tenha interesse em adquiri-lo, basta clicar aqui.




Apaixonada pelo herdeiro de uma família rica, Dominique sabe que suas origens humildes não são bem vistas pelos parentes de Gregory. Mas quando o teste de gravidez anuncia que ela está esperando um filho, a última coisa que ela imaginaria era que a avó dele lhe ofereceria alguns milhões de euros para abortar e desaparecer.
Uma conversa errada, um engano e agora Dom precisa desaparecer para salvar a vida de seu filho até o momento do reencontro chegar. Mas será que alguns anos serão suficientes para apagar as mágoas do passado? Ou será que alguns anos é tudo que um amor precisa para acabar?
Não é uma continuação do meu livro já publicado "4 Semanas de Prazer", mas é uma complementação porque é uma história completamente separada, mas com o mesmo casal.




A segunda divulgação é sobre as Antologias Seres Amazônicos e Épicos Homéricos, organizadas por Maurício Coelho.  Abaixo vocês podem conferir um pouco mais sobre cada uma delas, e podem acessar seu edital clicando aqui. O envio de originais deve ser feito até o dia 31/07/2015 para o e-mail moccoelho@gmail.com.






Seres Amazônicos: O coração de uma floresta guarda mistérios que nenhum ser humano jamais seria capaz de imaginar. Longe da luz das cidades e do barulho dos carros, lendas sobre os mais diversos assuntos divertem e assustam os moradores desse mundo selvagem. Quais são os mistérios que cercam uma floresta intocada? Isso você descobre na antologia Seres Amazônicos
Contos Homéricos: A mitologia grega está presente em vários costumes da sociedade atual. Sua influência vai desde nossos esportes até nome de ossos humanos e nomes científicos de espécies. Seus conjuntos de mitos são inspirações para dezenas de filmes ao longo do tempo. No entanto, esse é um assunto insaciável e inesgotável. A mitologia grega abre espaço para a antologia Épicos Homéricos, em homenagem a um dos poetas da Antiguidade.




Lançamentos de Maio - Editora Gente/Única

Hey pessoal, tudo bem?

Esse mês a Editora Gente/Única preparou vários lançamentos para nós, ávidos leitores. De todas as novidades do mês, separei três que penso serem os que mais irão agradar os leitores aqui do blog, então espero que gostem. ;)





A vida muitas vezes é tão maluca que chegamos a nos questionar se o que vivemos é realidade ou ficção. Experimentamos momentos e construímos enredos com tanta frequência que não surpreende pensarmos que nossa vida dava um livro. E dava mesmo! Que tal, então, escrevê-lo aqui? Se você é louco por livros tanto quanto nós, se perde o ponto e dorme tarde porque simplesmente não consegue deixar de terminar pelo menos mais um capítulo ou se já não sabe mais quantos livros leu e quantas vezes teve a vida salva por uma história, aqui estão as páginas que o aceitam e compreendem. Transforme seus sonhos, citações, lembranças e, principalmente, palavras na narrativa mais empolgante e emocionante que existe: a sua vida! E, claro, não se esqueça de compartilhar. Acesse nossa página facebook.com/serieminhavida e faça parte do nosso clube. Acompanhe a #SerieMinhaVida e divida conosco sua história. Sua vida dava um livro, é só virar a primeira página. Comece.


Guilherme Cepeda e Larissa Azevedo são os criadores da página Burn Book, que tem mais de 70 mil seguidores nas redes sociais. Minha Vida Dava Um Livro é voltado para o mesmo público de Destrua Este Diário e 1 Página de Cada Vez, porém, com uma abordagem muito mais literária.




A coisa que Alanna mais quer no mundo é ser uma guerreira extraordinária, que vença batalhas e consiga ajudar as pessoas. Ela só tem um problema: no reino de Tortall, meninas não lutam, ou melhor, não fazem quase nada. Então, para realizar seu sonho, ela deve arriscar a própria vida tornando-se Alan de Trebond. Esta é sua primeira aventura, e pode ser a última caso ela não seja forte o bastante para superar as próprias limitações e controlar sua magia, que é mais poderosa do que a maioria das pessoas pode suportar. Para piorar, Alanna é a única capaz de combater o mal que se abateu sobre o reino de Tortall. Está em suas mãos salvar o herdeiro do trono e derrotar os seres milenares que habitam a terrível e amaldiçoada Cidade Negra. O fracasso não é uma opção. Sua grande batalha já começou. Ela pode morrer, ou pior: perder a própria alma para sempre! “Ela estava apavorada: seu rosto parecia quente, as mãos tremiam. Se fracassasse, teria de deixar a corte. Aquele era o dia. Ela nunca se sentira tão forte e tão preparada.”



Esse é o primeiro livro da série A Canção de Alanna, obra que fala com o mesmo público de séries como Harry Potter. Tamora Pierce recebeu em 2013 um prêmio da American Library Association, que anualmente reconhece um escritor por “uma contribuição significante e duradoura à literatura infanto juvenil”.





Os líderes têm diante de si um grande desafio, mas também uma grande oportunidade: usar o poder de decisão e as responsabilidades que tal posição oferece de modo que não percam a fé e a confiança de seus colaboradores, e exerçam influência em todos os níveis do meio organizacional. Para isso, John Baldoni, consultor e coach de liderança reconhecido internacionalmente, nos brinda com um roteiro para líderes corajosos, determinados e comprometidos a fazer de sua missão uma trajetória de sucesso. Com histórias reais, pesquisas e entrevistas com CEOs de empresas renomadas, a obra explora a fibra e os conceitos essenciais para líderes de espírito inovador que buscam crescimento contínuo. E mais, você entende como desenvolver: • Capacidade para realizar mudanças positivas ao seu redor. • Impulso para buscar oportunidades. • Alta performance a partir de suas habilidades únicas. • Coragem para assumir riscos. • Aptidão para engajar os talentos da organização. • Resiliência para não desviar de seus objetivos.


John Baldoni é consultor e coach de liderança reconhecido internacionalmente. Além de ser considerado um dos cinquenta maiores experts em liderança e gestão pela Inc.com, ele é o 11º expert global em liderança pela lista dos trinta mais da Global Gurus. A consultoria Deloitte, uma das maiores consultorias em negócios do mundo, apontou em pesquisa que 87% dos líderes empresariais entrevistados consideram a falta de engajamento e empenho nas tarefas da empresa o maior desafio para sua gestão. Por essa razão, a obra Audácia se faz tão necessária para os líderes de hoje.

E aí, pessoal, qual deles vocês mais querem?

Resenha + Promoção: 8 Segundos - Camila Moreira {+18}

Hey pessoal, tudo bem?

Quem me acompanha aqui no blog sabe que não gosto muito de livros hot e que trabalham relações sexuais explícitas - já li vários, mas não é meu estilo favorito -, afinal, sou um fã assumido das grandes fantasias épicas envolvendo magos e criaturas fantásticas. Contudo, a Suma de Letras lançou um livro nesse estilo, de uma autora nacional que teve reconhecimento no exterior em face à sua narrativa, e por isso decidi conferir a obra. Apesar de considerar um pouco desnecessário o linguajar usado pelos personagens nas cenas de sexo, achei a história e narrativa muito bem desenvolvidas e envolventes. Não consegui parar de ler até descobrir qual seria o destino dos protagonistas e quais as respostas para os mistérios envolvendo a morte dos pais de um deles. 




O que fazer, quando dois mundos totalmente diferentes se chocam em uma realidade não esperada? Pietra sempre teve tudo o que desejava, mas após ser obrigada a passar trinta dias isolada em uma das fazendas da família, ela vai descobrir que nem tudo está ao alcance de suas mãos. Um peão de olhos azuis está tirando o sono da princesa da cidade.Lucas Ranger é um homem ligado às coisas mais simples da vida. Suas maiores paixões são o rodeio, o campo e os animais. Lucas não se deixa levar pelos lindos olhos verdes de Pietra, ele sabe que ela significa problema. Mas será que o cowboy indomável, irá se deixar laçar por uma menina de cristal?Oito segundos... uma história de amor e paixão superando as diferenças.




A obra conta a história de Pietra, uma patricinha super mimada e irritante, que fez um acordo com seu pai no qual ele lhe daria uma apartamento em Paris se ela conseguisse sobreviver um mês na fazenda da família no interior. Eis que ao chegar lá ela se depara com Lucas, o veterinário da região, que ao ser confundido como empregado da fazenda é tratado como um escravo pela garota. Contudo, o que era inegável para ambos, era que mesmo tendo personalidades completamente opostas e sabendo que se odiavam, a atração entre eles era mútua, afinal, ela possuía uma corpo escultural capaz de despertar os desejos mais primitivos de Lucas; enquanto ele era o objeto de desejo de todas as mulheres da região. Após uma sucessão de acontecimentos cômicos e desastrosos, Pietra decide que iriá domar aquele peão, mas o que ela não sabia era que ele só precisaria de 8 Segundos para enlouquecê-la.

Lucas

Obrigada por acreditar em mim quando eu mesma não acreditava. Por gostar de mim, quando nem eu sabia quem eu era. Por simplesmente me fazer descobrir o que realmente é uma amizade. Eu levarei essa conquista para sempre em minha vida e em meu coração. 
Pág.: 232

A narrativa de Camila é algo único e bem trabalhado. Ao passo que vários dos livros NA e hot que li tinham um foco maior nas cenas de sexo e possuíam uma linguajar deplorável, até mesmo em diálogos cotidianos, em 8 Segundos encontrei uma narrativa mais leve e que conseguiu me envolver, pois seu foco não era apenas na libido dos personagens e em como eles desejavam sucumbir aos prazeres da carne, mas sim, no relacionamento entre duas pessoas de mundos completamente diferentes, e a forma como apresenta uma paixão tão forte que é capaz de fazer dois mundos se tornarem um só. Confesso que mesmo assim ainda achei o vocabulário usado nas cenas de sexo algo um tanto quanto grosseiro, como já fora dito, pois penso que em uma leitura, o sensual atrai mais que o sexual. Entretanto, sabia no que estava me metendo e já estava preparado para isso, afinal, meu gosto pessoal não é o mesmo de todos e um diálogo que não me agradou pode levar outros leitores ao delírio. 

Todos os personagens presentes na obra desempenham um papel importante, ao mesmo tempo em que são bem desenvolvidos e dotados de personalidade, o que faz com que o leitor se identifique com eles. Pietra no começo do livro era uma perfeita e completa biscate mimada patricinha high society que achava que todos que estavam na fazenda eram seus servos e que deviam fazer tudo o que ela mandava sem questionar, afinal, ela era filha do patrão. Contudo, ao conhecer Lucas, um homem que não lhe dava bola nem cedia aos seus encantos, ela viu que nem tudo o dinheiro pode comprar, e é quando ela muda sua estratégia de sedução e decide se torna uma perfeita cowgirl

Só que o que aconteceu foi que, com a presença de Mariana, sua "dama de companhia", Pedro e demais pessoas com quem conviva diariamente, ela foi percebendo que nem tudo se resumia a festas e roupas de marca, e é nesse momento que ela, sem perceber, começa a mudar seu estilo de vida. A patricinha que se apaixona pelo peão, e que ao sucumbir à paixão muda de comportamento, é algo clichê? Sim. Contudo, a forma como o autor apresenta tal história e narra os acontecimentos é que torna a obra algo diferente. Vide Nicholas Sparks, que narra histórias com os maiores clichês do mundo, mas que são best-sellers pelo simples fato dele saber apresentar isso de uma forma única e diferente. E em face a isso, tiro meu chapéu para a Camila, pois ela conseguiu me envolver do começo ao fim com sua forma de escrever. 

Pietra

Um sentimento que eu desconhecia tomou conta do meu coração. Uma dor misturada com raiva, paixão e saudade, que causou uma explosão tão grande dentro de mim que tirou meu ar, meu chão, meu céu. Não ouvia mais nada. Só me lembrava da primeira vez que Pietra disse que eu a tinha salvado. Como alguém sem coração, sem capacidade de perdoar, de entender, pode salvar outra pessoa? 
Pág.: 244

O final não me surpreendeu, mas isso já era previsto, pois esse não é meu primeiro rodeio nesse estilo literário. Contudo, os acontecimentos que levaram ao final, a descoberta do passado dos pais dos protagonistas e os acontecimentos que levaram a um acidente envolvendo Lucas (não posso dar mais detalhes pois seria spoiler), bem como os posteriores a ele, foram o que me fizeram ficar acordado até as seis horas da manhã unicamente para finalizar a obra. A história é narrada tanto por Pietra, quanto por Lucas, o que a meu ver irá despertar o interesse de mais leitores, pois é meio tenso ler aqueles livros com as cenas de sexo onde só temos a narrativa pelo ponto de vista de uma pessoa só. 

A edição está muito bem feita. A capa possui uma imagem que representa bem os personagens e o local onde a história se passa, e é feita em tons metalizados de cobre, tanto a capa, quanto a contra capa e as orelhas. A diagramação está simples, mas caprichosa, contando com páginas amareladas, um efeito meio borrado nos nomes presentes nos inícios de capítulos, e a imagem de um Girassol, que é o nome da fazenda do pai de Pietra. Não encontrei erros de revisão ou digitação. Recomendo o livro para todos que adoram esse estilo literário ou que se identificaram com a história, principalmente para uma amiga minha que, assim como Lucas, é bruta, rústica e sistemática ;) HAHAHAHA. 

É quase crueldade falar tão bem de um livro e não sortear um exemplar entre vocês, não é mesmo? Para concorrer é simples, basta preencher a primeira entrada, que é LIVRE, e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que a referida entrada for preenchida, as EXTRAS serão liberadas e algumas delas podem ser usadas todo dia, ou seja, muito mais chances para você!

A opção "tweet about the giveaway/ tweetar uma mensagem" é renovada a cada 24 horas, ou seja, todo dia que você tweetar a frase e preencher essa entrada, seu nome será adicionado mais vezes.

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

OBS: O formulário do Rafflecopter sofreu alterações nas entradas EXTRAS para curtir a página no Facebook. Para que tal entrada seja validada, é necessário CURTIR as páginas, e não só visitá-las como manda o formulário.

a Rafflecopter giveaway

Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado.
  2. O livro será ENVIADO em até 30 dias úteis pela editora.
  3. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  4. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  5. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  6. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Promoção 5 Anos do Entrelinhas Casuais

Hey pessoal, tudo bem?

Fomos convidados a participar da comemoração do aniversário de 5 anos do blog Entrelinhas Casuais, da Ananda, mas quem vai levar para casa os presentes são vocês! 

Para concorrer é simples, basta preencher a primeira entrada, que é LIVRE, de cada formulário e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que as referidas entradas forem preenchidas, as EXTRAS serão liberadas, ou seja, muito mais chances para você! Chega mais que tem muuuuuuuuito livro bom!

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

OBS: O formulário do Rafflecopter sofreu alterações nas entradas para curtir a página no Facebook. Para que tal entrada seja validada, é necessário CURTIR as páginas, e não só visitá-las como manda o formulário.












Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado. 
  2. Cada ganhador poderá ganhar só um Kit, ou seja, caso seja sorteado em mais de um, ele ganhará apenas o primeiro que foi sorteado. 
  3. O livro será ENVIADO em até 45 dias úteis pelo blog que disponibilizou o livro do kit.
  4. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  5. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  6. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  7. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

O Coração Delator - Edgar Allan poe - HQ

Hey pessoal, tudo bem?

Hoje trago para vocês uma resenha de uma das HQs mais complexas que já li. Apesar de conter poucas páginas - 65 para ser exato - e uma mensagem que em uma primeira leitura aparenta ser uma história simples onde as divagações de um homem louco dão vida a um acontecimento, percebi que após terminá-la e ver algumas considerações sobre a obra, o que estava ali narrado de forma tão simples, apresentava uma complexidade que sinceramente ainda não tenho certeza se consegui compreender. Mas isso já era esperado, afinal, estamos falando do grande mestre do terror, Edgar Allan Poe.





O Coração Delator é um monólogo dramático sobre o que é real ou imaginário. Sobre a sanidade e a loucura. Loucura que parece acionada pela superstição do mau-olhado. A narrativa vai pontuando a trama até o despertar da maldade no personagem. O conto (publicado originalmente em 1843) foi baseado em um crime ocorrido em Massachusetts, nos Estados Unidos em 1830 e, em uma história de Charles Dickens de 1841. O título da história faz referência ao tique-taque do relógio, segundo a segundo e das batidas do coração.






O livro é contato todo a partir de uma monólogo feito por um homem cujo nome não é revelado e que durante a vida toda esteve ao lado de um outro personagem identificado como "O Velho" e que ao longo da vida sempre ajudou o narrador da hist´poria. Contudo, o velho possuía um olho azul leitoso que sempre seguia o narrador, de maneira que mesmo quando estava de costas, conseguia sentir o olhar do velho em cima dele, seguindo cada passo e observando cada atitude, o que com o passar dos anos causando desespero no narrador, até que ele decide por um fim a este mal. O conto em si tem por objetivo demonstrar o poder do "mal olhado", que era representado pelo olho azul do velho que a cada ato do narrador, estava na espreita, fazendo com que ele ficasse completamente paranoico e enlouquecesse. 

Cena da adaptação de O Corvo

Pós vários acontecimentos e momentos de premeditação, o narrador decide dar cabo da vida do velho para se ver livre de seu olhar de uma maneira que ele julga ser o crime perfeito, contudo, coisas estranhas começam a acontecer e isso só contribui ainda mais para a loucura do narrador. 

O personagem principal foi deliciosamente construído, pois vemos claramente, até mesmo pela forma como fala, que ele é completamente perturbado. Ele conversa consigo mesmo e com o leitor de uma maneira paranoica e delirante, ao mesmo tempo que alega constante mente que não é louco e que suas ações são justificadas. 

HQ O Coração Delator

O final é surpreendente, mas levante mais questionamentos do que respostas. Será que o barulho era mesmo o coração do velho, ou era seu próprio coração batendo aceleradamente com medo de si mesmo e do que fez? O olho do velho era algo sobrenatural ou era realmente uma metáfora do mal olhado? São questionamentos que todo fã de Poe levanta, pois ele sempre consegue mexer com a mente do leitor.

A edição está linda, como podem ver na foto acima, podem a obra não possui orelha. Sei que isso é normal em HQs e Mangás, mas infelizmente com o tempo a capa - feita de papel cartão mais grosso - acaba empenando e não fica uma coisa legal. O papel utilizado no miolo lembra uma espécie de folha de revista, mas de alta gramatura e com um estilo meio de fotografia, o que só contribuiu para deixar as cores e efeitos sombrios ainda mais chamativos e bonitos. Leitura recomendada. 

Redenção de Um Cafajeste - Nana Pauvolih {+18}

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Para começar essa resenha vou citar uma frase de Martha Medeiros: “Quem está livre de cruzar com um cafajeste e, pior, se apaixonar por ele?”. Com esse pensamento em mente, gostaria de convidá-los a se aventurar pela obra da autora nacional, Nana Pauvolih.





Redenção de um cafajeste, o primeiro volume da série, conta a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e se envolve com um empresário sem escrúpulos. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.
Em Redenção de Um Cafajeste, a autora narra a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e que conhece um empresário, dono de uma das revistas masculinas mais escandalosas do país. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.





Maiana cresceu sendo aconselhada por sua mãe que a maneira mais fácil de conseguir uma vida estável era se aproveitando de sua beleza para fisgar um marido rico, porém, ela jamais seguiu esses ideais e se tornou uma jovem responsável, batalhadora e romântica. Já sua irmã, Juliane, virou tudo o que a mãe desejava: uma aproveitadora sem pudor de usar o próprio corpo para agarrar bons partidos, e foi dessa maneira que nossa protagonista acabou conhecendo Arthur e se metendo em uma verdadeira enrascada.

Arthur é um milionário acostumado a ter tudo e todos aos seus pés, arrogante e viciado em sexo, sempre teve as mulheres que queria a sua disposição para usar o quanto quisesse e depois descartar. Quando se deparou com Maiana à sua porta, irritada e procurando entender o que ele tinha feito com sua irmã, ele percebeu que precisava tê-la, não importando o preço. E assim começa a caçada: de um lado, uma moça que sempre sonhou em viver um grande amor; do outro, um cafajeste que só quer usá-la.

Autora

Prefiro perder a faculdade, o trabalho, o amor da minha mãe e da minha irmã, perder tudo, menos meus princípios e minha honra. Odiaria ser apenas uma boba sorridente, usando a beleza para abrir portas, me sujeitando a ser usada por homens e usá-los por benefícios materiais.
Pág.: 53

Logo nas primeiras páginas me vi fisgada e enfeitiçada pela escrita de Nana Pauvolih, desde a escolha do cenário, que tem o Rio como pano de fundo, ao desenvolvimento dos personagens. Ela consegue estabelecer uma ligação com o leitor que faz com que ele se sinta cativado a ponto de se sentir dentro da história, a intensidade como os fatos são narrados provocam uma mistura de sensações maravilhosas que vão de crises de ódio incontroláveis até momentos de melancolia, despertando também o fascínio, alegria e surpresa no leitor.

Confesso que odiei Arthur desde sua primeira aparição, ele é muito arrogante e usa as pessoas como se elas fossem descartáveis, contudo, o ódio que senti por ele foi abrandado quando vi como o relacionamento dele e de Maiana se desenvolvia, mas ainda assim a maior parte de suas atitudes são repulsivas, e acho que ele cumpriu perfeitamente o papel de cafajeste. Em contrapartida, seu par romântico é uma moça incrível, pois é romântica, sonhadora e decidida, e à medida que a história evoluía, me via cada vez mais encantada pelo seu jeito.

Imagem usada na contracapa e capa do livro.

Sorri lentamente, internamente vitorioso. A temporada de caça havia começado. Seria lenta, paciente. Mas ao final eu seria muito bem recompensado. Eu a seduziria até que ficasse completamente apaixonada e não visse mais nada á sua frente, somente a mim. E, quando a fizesse minha, estaria tão louca de paixão que não me negaria nada. E eu cobraria com juros cada vez que me obrigou a esperar.
Pág.: 122

Enquanto pesquisava um pouco a respeito da autora, descobri que ela escreve há vários anos, mas que só recentemente resolveu apresentar ao público seus livros. Em seu blog conheci um pouco a respeito de seus romances, e li um breve resumo sobre os próximos volumes da série Redenção, o que só me deixou ainda mais ansiosa para tê-los em mãos. O final de Redenção de Um Cafajeste não deixa nem um pouco a desejar e é muito bem trabalhado.

Na capa temos a imagem de um homem bastante parecido com a descrição de Arthur, e na contracapa está Maiana, como pode ser cisto pela imagem acima.  Próximo a cada um, contamos com um breve resumo de suas personalidades. O detalhe do qual eu mais gostei foi da borda cor de rosa das páginas, achei chamativo e muito charmoso, essa edição está entre as mais caprichadas que tenho em minha estante, pois não encontrei erros de revisão e a obra possui um belo acabamento. Leitura super recomendada!

Promoção: 3 Anos do Fantastic Books

Hey pessoal, tudo bem?

Fomos convidados pelo Fantastic Books para comemorar o aniversário e 3 anos do blog e, embora nós que estejamos festejando, quem vai levar presente para casa é você! Entre na comemoração e participe!

Para concorrer é simples, basta preencher as primeiras entradas, que são OBRIGATÓRIAS, de cada formulário e você já está participando. Contudo, caso queira mais chances de ganhar, assim que as referidas entradas forem preenchidas, as EXTRAS serão liberadas, ou seja, muito mais chances para você! 

Qualquer dúvida quanto ao uso do formulário basta entrar em contato pelos comentários ou pela aba de "Contato" no menu do blog.

OBS: O formulário do Rafflecopter sofreu alterações nas entradas para curtir a página no Facebook. Para que tal entrada seja validada, é necessário CURTIR as páginas, e não só visitá-las como manda o formulário.

Então vamos aos prêmios:

Kit 1.

* Livro Uma Carta de Amor - Nicholas Sparks.
* Livro O Milagre - Nicholas Sparks.
* Livro Charlotte Street - Danny Wallace
* Kit de marcadores de páginas.

 
Kit 2.

* Livro A Lenda de Luno: O Torneio de Nyx - Michel Apsan.
* Livro O lado bom da vida - Matthew Quick.
* Livro Demi Lovato - 365 Dias do Ano.
* Livro Vai Sonhando! - Megan Maxwell.
* Kit de marcadores de páginas.


Kit 3.

* Livro A menina que semeava - Lou Aronica.
* Livro Somente Sua - Sylvia Day.
* Livro Eu te Vejo - Irene Cao
* Kit de marcadores de páginas.
 
Kit 4.

* Livro Magisterium: O Desafio de Ferro - Cassandra Clare e Holly Black.
* Crônicas e Absinto - Camila Gatti.
* O Silêncio das Montanhas - Khaled Hosseini
* Esposa 22 - Melanie Gideon.
* Kit de marcadores de páginas.

 
Kit 5.

* Livro A Outra Vida - Susanne Winnacker.
* Livro Nove Plantas do Desejo e a Flor de Estufa -
* Livro Terra dos Sonhos - Alyson Noel.
* Box Nicholas Sparks - Um Porto Seguro, Um Amor para Recordar e Querido John.
* Kit de marcadores de páginas.



Importante

  1. O ganhador deverá responder ao e-mail que mandarmos em até 48 horas. Caso não o faça um novo sorteio será realizado. 
  2. Cada ganhador poderá ganhar só um Kit, ou seja, caso seja sorteado em mais de um, ele ganhará apenas o primeiro que foi sorteado. 
  3. O livro será ENVIADO em até 60 dias úteis pelo blog que disponibilizou o livro do kit.
  4. O blog não se responsabiliza por danos ou extravios causados pelos Correios.
  5. Caso o ganhador forneça o endereço errado e o pacote retorne, o mesmo perderá o direito ao prêmio.
  6. O ganhador deve ser residente e domiciliado em território nacional.
  7. O ganhador que descumprir alguma das regras será desclassificado.

"Que a sorte esteja sempre a seu favor!!"

Pipoca, Refri e Netflix #02 - Sherlock

Hey pessoal, tudo bem? Prontos para mais uma indicação?

Na coluna da semana passada - confira aqui -, testamos para vocês a série A Mulher Biônica e deixamos 4 opções de séries e filmes das quais vocês votariam qual seria nosso próximo teste, e a mais votada foi... Sherlock. Trouxemos para vocês uma análise geral da primeira temporada, que conta com apenas 3 episódios de mais ou menos uma hora e meia cada um, então peguem sua pipoca, seu refri, e apertem o play. 


Sherlock é uma série britânica, transmitida pelo canal BBC One, que atualmente está em hiato, ou seja, estamos aguardando a 4ª temporada, que além dos 3 episódios usuais, contará também com um especial de Natal. Como já devem ter percebido - Capitão Óbvio mandou lembranças - a série é inspirada nos clássicos de Sir Arthur Conan Doyle, trazendo à vida um dos personagens mais consagrados da literatura mundial - e detetive mais famoso do mundo -, bem como seu fiel companheiro, Dr. Watson, em uma releitura atraente, inteligente e moderna.


Na série, Dr. John Watson servia o exército britânico como médico quando foi atingido na perna por uma bala. resultando em um mancar psicológico em sua perna direita e tremores nas mãos, momento em que foi diagnosticado com transtorno pós traumático e depressão. Por não conseguir um emprego, não pode pagar sozinho por um aluguel, sendo assim, um amigo o apresenta a Sherlock, que também estava procurando alguém com quem dividir o aluguel.

Mesmo sem conhecê-lo, Sherlock deduz corretamente varias características e fatos do passado de Watson com apenas um olhar, deixando-o intrigado. Nessa versão, nosso protagonista não é um detetive, mas sim, um consultor que a Scotland Yard - sede da Polícia Londrina - solicita ajuda quando não conseguem resolver um caso sozinhos. Por prestar serviços gratuitos, se divertir com a complexidade dos crimes não desvendados e deduzir diversos aspectos impensáveis sobre a vida particular das vítimas, o detetive é visto por vários membros da polícia como um psicopata, o que torna a série ainda mais interessante.

Sherlock e Dr. Watson em um dos endereços mais famosos de todo o mundo.

Holmes não é a pessoa mais fácil de se lidar por ser extremamente impulsivo, mas é exatamente por isso, e por seu brilhantismo, que Watson fica embasbacado e se vê completamente envolvido em suas aventuras, tão envolvido que em uma perseguição, ele esqueceu que "mancava" - afinal, era psicológico - e saiu correndo atrás de um Táxi.

Essa nova roupagem trazida pela BBC deixou a trama muito envolvente, apesar de eu ainda preferir Elementary, a adaptação americana das aventuras de SK, tendo a Lucy Liu no papel de Watson. Cada temporada possui um intervalo de mais ou menos 2 anos entre si, pois os produtores possuem projetos paralelos em andamento, fazendo com que os fãs fiquem arrancando os cabelos da cabeça de desespero para que lancem novos episódios.

Prós

  • Sherlock é jovem, dinâmico e extremamente inteligente e perspicaz, fazendo com que cada dedução sua, seguida da explicação em como chegou a tal conclusão, deixe o seriador alucinado e se perguntando " como não percebi isso antes?"
  • Watson não é tão secundário como as demais adaptações gostam de apresentar. Mesmo com Sherlock no papel principal, ele desenvolve seu trabalho de forma brilhante e sempre ajuda nos casos. 
  • A contemporaneidade, ou seja, não temos aquelas longas descrições da Era Vitoriana, bem como sua ambientação. No lugar, nos é apresentado crimes atuais nos quais os vilões usam da tecnologia, química e física para cometer atrocidades em nível internacional. 
  • Ótima trilha sonora. 

Contras

  • Apenas 3 episódios por temporada.
  • Espaçamento muito grande entre uma temporada e outra, o que faz com que o seriador tenha que rever os episódios anteriores para lembrar o que aconteceu.
  • O personagem, ao dar as explicações de suas deduções, fala MUITO rápido, o que pode fazer com que quem não tenha o hábito da leitura tenha que ficar dando pause para conseguir ler tudo o que ele fala sem se perder. 


Então pessoal, ficaram com vontade de ver? Quem quer ver uma história com uma repaginada ainda maior também pode conferir Elementary, da CBS, pois lá os personagens foram completamente transformados, a começar por Watson, que é mulher. O tema escolhido para a postagem da próxima semana foi... Viagem no Tempo! #CoroDeAleluiaNerd

Testa Para Mim?





Um grupo de terroristas fanáticos escapa de sua execução no ano de 2077 e voltam no tempo até o ano de 2012. Cabe a dedicada policial Kiera Cameron a difícil tarefa de recapturá-los.
Kiera acaba presa no passado, sem conseguir voltar para seu marido e filho, e se concentra em caçar os criminosos antes que eles façam muitos estragos no nosso presente.
Ela recebe a ajuda inesperada de um jovem gênio da informática e se passa por uma policial local, onde acaba fazendo uma complicada aliança com seu novo parceiro, o detetive Carlos Fonnegra.





Na madrugada do dia 25 de outubro de 1985, Marty encontra seu amigo, o cientista Dr. Emmett Brown, no Twin Pines Mall às 1:15 a pedido do Doutor. Lá, ele revela ao rapaz um DeLorean DMC-12 modificado para tornar-se uma máquina do tempo; o deslocamento temporal do veículo, que é acionado quando a máquina atinge 88 milhas por hora de velocidade, é providenciado por um aparato chamado "Capacitor de Fluxo", que exige 1,21 Gigawatt providenciados por fissão nuclear. Para conseguir o plutónio que abastece o reator, o Doutor enganou um grupo de terroristas líbios que queriam que ele construísse uma bomba nuclear. Após um teste com seu cachorro, Dr. Brown se prepara para viajar para o futuro, quando os líbios aparecem e matam o cientista a tiros de metralhadora. Indefeso, Marty tenta escapar no DeLorean, porém, durante a fuga, acidentalmente aciona o capacitor de fluxo e, ao alcançar a velocidade de 88 milhas por hora, é transportado para 5 de novembro de 1955, uma data que o Doutor havia programado nos instrumentos de navegação do DeLorean como um exemplo. Sem força, o carro eventualmente se desliga sozinho e Marty agora encontra-se preso em 1955.



Juntamente com seus alunos e filho, o Prof. Johnston (Billy Connolly) está em meio a escavações em um sítio arqueológico na França. Desconfiando das intenções da patrocinadora da expedição, a International Techonology Corporation, o professor decide ir até a sede da empresa, para obter algumas respostas. Seus alunos continuam em meio às pesquisas, até que descobrem uma câmara mortuária que esteve fechada por mais de 600 anos. Ao abri-la eles têm uma grande surpresa: encontram em seu interior uma lente bifocal, objeto que sequer havia sido inventado quando a câmara foi lacrada, e uma carta do próprio professor pedindo ajuda. Decididos a desvendar o mistério, eles partem rumo à sede da ITC, onde descobrem que a empresa está trabalhando em uma máquina que pode transmitir objetos tridimensionais pelo espaço. Porém a máquina abriu uma fenda no tempo, queleva diretamente ao século XIV. Após saber da novidade, o professor decidiu experimentar a nova invenção e acabou preso em uma guerra feudal entre ingleses e franceses. Para resgatá-lo seus alunos e filho terão também que viajar no tempo.



O programa começa em 2149, uma época quando toda a vida na Terra está ameaçada de extinção por um colapso natural, substâncias tóxicas, ar poluído, chuvas ácidas, lixo e etc. Em um esforço para salvar a espécie humana, cientistas descobriram acidentalmente uma maneira de viajar no tempo permitindo que pessoas viajem para 85 milhões de anos no passado, para o meio do período Cretáceo da Terra pré-histórica. A família Shannon (o pai Jim, sua esposa Elisabeth e seus três filhos, Josh, Maddy e Zoe) se juntam a décima peregrinação de colonos para a Terra Nova, a primeira colônia humana. Entretanto, eles não sabiam que a colônia foi estabelecida em território hostil e com muitos inimigos a frente que querem ver a colônia desabar, arriscando suas vidas pela prosperidade da raça humana e mudança dos atos ocorridos, para que o mundo não seja o que era antes.
Em 2149, cada família pode ter apenas dois filhos por causa da lei "A Family is Four" (Uma Família São Quatro Pessoas, português), que tenta evitar que a raça humana venha à extinção. Violando essa lei, Jim Shannon vai à prisão porque foi descoberto que havia tido um terceiro filho e estava escondendo-o.
Opondo-se a colônia e seu líder, o Comandante Nathaniel Taylor, um grupo de separatistas conhecidos como os "Sextos", assim chamados porque chegaram na "Sexta Peregrinação", trabalham junto com empresários corporativos e com o filho alienado de Taylor, Lucas, em um esforço para retirar os recursos da antiga Terra e enviá-los para 2149.